A LIBERDADE É AMORAL

Local de discussão livre sobre todos os temas sociais.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Ago 24, 2010 5:48 pm

Sou casado mas amo a minha amante...

Caro Dr. Coração:

Não sei o que fazer. Sou casado há 10 anos, e durante a relação com a minha mulher, passei de repente a gostar de uma outra mulher com quem estou a namorar ha 7 anos. Numa discussão terminei a minha relação com a minha namorada e ficamos dois anos separados. Mais tarde reencontramo-nos e mesmo assim amo-a tanto que por vezes esqueço-me que estou casado. o que faço?

Anónimo, 28 anos


Caro Anónimo:

Parece-me óbvio que te falta algo no teu casamento, que tu procuras encontrar junto de outra pessoa. Tu tiveste uma amante durante vários anos e mesmo algum tempo depois de terem terminado, tu ainda sentes algo por ela. Talvez seja um sinal de que tenhas de repensar a tua vida e acabar com o teu casamento. Se tu estivesses completamente feliz com a tua mulher, não terias estes sentimentos pelo que talvez seja um sinal de que têm de separar-se por uns tempos para tu perceberes o que realmente sentes. Não é justo para a tua mulher que tu continues a pensar noutra pessoa e a enganá-la. Durante essa separação, aí terás uma oportunidade para dizeres à tua ex-amante que separaste-te da tua mulher e que querias uma nova oportunidade com ela e que agora tu lhe conseguirias dedicar todo o teu coração, ao contrário do que aconteceu no passado.

Tens de tomar uma decisão, mas parece-me claro que o teu casamento não está a correr bem e que o teu ponto de partida será tentar resolver essa situação antes de procurar a outra rapariga.

Dr. Coração


Última edição por Anarca em Seg Ago 30, 2010 4:32 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Ago 25, 2010 4:41 pm

Correio sentimental invulgar

Durante os últimos oito anos, os leitores da revista literária London Book Review colocavam anúncios na coluna Lonely Hearts, se queriam encontrar o par ideal. Eis que o livro They Call Me Naughty Lola, de David Rose, resolveu agora publicar os melhores e mais invulgares anúncios «amorosos», conta a televisão britânica Sky News.

O Portugal Diário deixa-lhe aqui algumas dessas mensagens:

«Gosto das mulheres como gosto de um kebab que encontrei depois de uma noite de copos, coberto com demasiada tahini. Sei que te vou abandonar no passeio da vida, mas até lá, és o final perfeito de uma noite perfeita. Homem, 32, raramente produz boas metáforas».

«Lá por me pagares o jantar não significa que vá fazer sexo contigo, embora provavelmente faça. Honestidade não é essencial. Homem oportunista, 38».

«Nem toda a gente que aparece nesta coluna é um travesti sociopata. Se vir um avise-me, que eu esgano-o com o meu soutien. Homem, 56».

«És a Kate Bush? Se sim, escreve a homem obsessivo, 36. Nota: quem não for a Kate Bush escusa de responder a este anúncio».

«Stroganoff. Boysenberry. Frangipani. Palavras que tiveram origem nos nomes de pessoas. Se o teu nome existe no Oxford English Dictionary, fazemos amor. Se não, provavelmente também vamos fazer, mas só te vou querer pelo corpo. Homem com poucas distracções, 32».

«Dezanove anúncios publicados. Apenas uma resposta. Foi a minha mãe a dizer-me para não me esquecer de comprar pão quando vinha da loja de bricolage. Homem, 51».

«Homem maduro, 62, envelheceu com graça, com cabelos brancos, mas sedutor. Bem constituído e activo. Procura senhora que. . . Raios, tenho que fazer chichi de novo».

«Louca na cozinha, chef na cama. Mulher com as prioridades trocadas (37 anos) procura homem que saiba mexer bem a salada».

«Homem, 53. Careca, baixo, gordo e feio procura mulher com miopia e grande apetite sexual».

«O romance está morto. A minha mãe também. Homem, 42, herdei todo o dinheiro».
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Ago 26, 2010 1:38 pm

Estou muito confusa entre dois rapazes...

Caro Dr. Coração:

Ajuda-me que estou muito confusa. Não sei quem eu realmente amo. acabei com o meu namorado com quem namorei há 4 anos,pois ele traiu-me com a minha propria cunhada.

Começei a namorar em casa com um ex amor de infancia, estava muito bem com ele, ele é super carinhoso, atencioso todas as qualidades que o meu ex não tem. Mas de repente não sei o que aconteceu que voltei para meu ex. Mas estou sentindo muita falta do outro. Não sei quem eu realmente amo. Ajuda-me a esclarecer minhas duvidas.

Flavia 20, anos


Cara Flávia:

Tu estás bastante confusa, pois estás presa entre dois rapazes. Por um lado, tu gostas do teu actual namorado, uma vez que aparentemente o perdoaste pelo que ele te fez. Por outro tu encontraste outra pessoa de quem sentes actualmente a falta. Parece-me que tu, estando a sentir a falta desse rapaz, gostas mesmo a sério dele, pois não estás satisfeita com a tua actual relação pois sentes a falta de algo. Algo que esse outro rapaz te consegue dar, e ao fazê-lo, consegue preencher a tua vida de outra forma.

Tu tens de tomar uma decisão. Não é fácil, mas às vezes estamos com alguém apenas por uma questão de hábito e comodismo, quando por vezes pode existir alguém mais perfeito para nós. Tu no teu íntimo sentes a falta de alguém que seja carinhoso contigo, que te trate bem e acima de tudo que seja também teu amigo. E às vezes temos de arriscar o que temos por algo que nos pode fazer ainda mais felizes. Mas a decisão é toda tua.

Dr. Coração


Última edição por Anarca em Seg Ago 30, 2010 4:33 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Ago 27, 2010 1:06 pm

Tenho dúvidas quanto à nossa relação...

Caro Dr. Coração:

As vezes acho que gosto do meu namorado e as vezes não mas quando ele se vai embora sinto uma imensa falta e não quero terminar uma relação de 2 anos e 9 meses. Como faço pra ter certeza? Ele diz que é normal e no começo era atracção agora é amor. O que devo fazer?

Anónima


Cara Anónima:

Não me parece que a tua relação tenha um grande futuro. Vocês já estão juntos há algum tempo, e apesar do que o teu namorado te diz, a evolução normal da relação não está a ser muito bem sucedida. Realmente, duas pessoas sentem-se normalmente atraídas no início da relação e com o tempo, a atracção desvanece-se. E nessa altura, o que sobra é a amizade, empatia e confiança que se criou entre ambas as partes. Não me parece que seja o que acontece, pois ainda tens dúvidas quanto ao vosso futuro. E nesta fase da relação, não é um bom sinal de que realmente o amas. E não é o facto de sentires a falta dele quando ele não está contigo que muda a situação. Se ele fosse a pessoa certa para ti, nesta altura tu já o saberias. Mas a decisão é toda tua.

Dr. Coração


Última edição por Anarca em Seg Ago 30, 2010 4:34 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Ago 30, 2010 11:56 am

Apaixonei-me pelo irmão do meu namorado quando ainda estávamos juntos...

Caro Dr. Coração:

Nunca tive muitos amigos por ser introvertida. Há um tempo atrás, conheci o meu primeiro namorado, um rapaz por quem tive uma paixão intensa. Acontece que esse rapaz acabou a nossa relação e isso deixou-me num estado depressivo durante vários meses.
Eu já não sinto nada por ele, nem ele interessa no caso concreto que me preocupa de momento; apenas o mencionei para que se percebesse em que circunstâncias eu me encontrava na altura em que conheci aquele que viria a ser o meu segundo namorado.

Passado cerca de um ano depois de ele acabar a relação, conheci o Miguel, que era o oposto dele: dedicado, simpático, gentil, carinhoso, e ainda por cima completamente apaixonado por mim.
Eu ainda gostava do outro, e propus-lhe que fossemos apenas amigos. Porém, ele disse me que o que sentia por mim era tao forte que se eu quisesse apenas amizade ele teria de se afastar por uns tempos para nao sofrer...
Encontrando-me naquele estado lastimável, não o deixei afastar-se de mim e acabei por aceitá-lo como namorado.

Com o passar do tempo, eu comecei a gostar a sério do Miguel que se tornou, para além de um namorado que me ama verdadeiramente, o meu melhor (senão único) amigo.
Conheci a sua família, que me adora, e tudo estava a correr muito bem.

Entretanto, comecei a sentir-me atraída pelo seu irmao, o Jorge, um rapaz 2 anos mais novo que nós.
No inicio, pensei que era bobagem minha e tentei esquecer, mas já passou mais de um ano e continuo fixada nele. Foi então que me apercebi que às tantas não estava realmente apaixonada pelo Miguel, embora goste muito dele.

Consegui aproximar-me do Jorge o suficiente para nos tornarmos amigos (embora não muito íntimos); chegamos até a curtir, mas ele diz que o que há entre nós é apenas sexual...porém ele um dia disse-me também que se não fosse o irmão, talvez pudesse haver um relacionamento entre nós. Isso aí ocupa a minha cabeça e atordoa-me so de pensar que as coisas poderiam ter-se passado de forma diferente...

Acabei o meu namoro com o Miguel, e o Jorge arranjou uma namorada. O Miguel ainda é o meu melhor amigo e ainda está a fim de namorar comigo de novo, e eu continuo a sentir-me atraida pelos dois, embora de formas diferentes. Dou-me bem com o Miguel e apetece-me enche-lo de beijos, sendo raro estar com ele sem acabarmos por curtir; francamente, não sei definir os meus sentimentos por ele.
No entanto, é com o Jorge que sonho em segredo…é para ele que me apetece olhar, é com ele que gosto de estar a sós na esperança de que algo aconteça, enfim, é por ele que sinto a inexplicável “química” da paixão.

Por favor, preciso de ajuda...esta situação é angustiante pois está muita coisa em jogo: uma familia, uma grande amizade, e pelo menos uma grande paixão…o que devo fazer em relação ao Miguel e ao Jorge?

Joana, 21 anos


Cara Joana:

Tu estás envolvida numa situação algo complicada. Parece-me que tu gostas verdadeiramente do Jorge e que apenas sentes pelo Miguel uma grande amizade. Ele é o teu grande confidente e alguém que te ajudou muito e que te apoiou nos momentos mais complicados na tua vida, até porque és uma pessoa muito introvertida e com medo de te abrir com outras pessoas, com medo de sofrer.

E acima de tudo, apenas estás com o Miguel, pois não queres ficar sozinha pois tens medo de dar uma definição ao que quer que vocês tenham, com medo de estragar a vossa amizade e com medo de abandonar a única pessoa que realmente quer passar o resto da tua vida contigo.

Mas tu tens de pensar no que tu sentes. Tu não gostas verdadeiramente dele, mas não queres perder a amizade e afastá-lo. Ele merece mais de ti e merece saber que tu não achas que terias um futuro com ele e que gostas de outra pessoa, pois caso contrário estará sempre com a ilusão de poder ficar contigo, quando é claro que não é isso que tu desejas. Também me parece que tu nunca terás um futuro com o Jorge, pois ele tem uma namorada e ele nunca iria fazer nada que magoasse o irmão.

Por isso, acho que tens apenas uma solução. Deves seguir em frente com a tua vida, e esclarecer com o Miguel que apenas queres ser amiga dele. E deves tentar esquecer o Miguel, pois é claro que enquanto tiveres esperança de ser feliz com ele, irás continuar a prolongar a indefinição na tua vida. Deves tentar encontrar alguém que goste realmente de ti e que queira estar contigo, e por quem tu sintas a mesma coisa. Eu sei que tens medo de perder o que tens... mas será que és verdadeiramente feliz? Tu mereces melhor e enquanto não seguires em frente, o teu coração nunca irá encontrar a felicidade.

Dr. Coração


Última edição por Anarca em Seg Ago 30, 2010 6:20 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Ago 30, 2010 4:36 pm

Envolvi-me com um homem casado...

Caro Dr. Coração:

Há um ano e meio atrás conheci um homem quase 10 anos mais velho do que eu. No começo não me interessei nem um pouco por ele mas depois de um tempo ele soube conquistar-me e as coisas mudaram da agua pro vinho, ele fazia-me sentir bem, era o homem que eu sonhava, riamos, brincavamos, depois de um tempinho ele começou a mudar e não me ligava... resolvi então não ligar pra ele, mesmo que isso me partisse o coração (...)

Mas as coisas não mudavam e resolvi então esquece-lo... passou quase 8 meses e quando o via fingia não o ver pra ver se eu o esquecia... eu queria esquece-lo e também estava magoada, até que o encontrei e ele veio falar comigo e parece que tudo voltou. Eu percebi que ele também ficou indeciso. A química foi muito forte e ele veio pra me dar um beijo e não consegui recusar, conversamos e ele disse que tinha mudado.

Descobri sem querer que ele era casado me senti uma idiota, me sinti um pouco culpada nunca fui de curtir com um homem comprometido(...) por conta disso afastei-me dele e ele não entende. Estou esperando o momento para conversar.

Estou muito confusa estou me sentindo culpada por ter-me apaixonado por esse homem, e por ele ter mentido e enganado-me pois odeio mentiras. Agora não sei o que faço? Se eu me afasto sem dizer nada ou converso com ele? É que eu sei que se eu o ver vou sofrer dizendo o que eu não queria dizer...

Anónima, 21 anos


Cara Anónima:

Tu mereces alguém que goste realmente de ti e para quem sejas a única mulher da sua vida. Ele é uma pessoa casada e pelo que já demonstrou no passado, não é uma pessoa em que possas confiar. Ele mentiu-te e anganou-te no passado. Tu mereces alguém melhor. Caso continues com eles, corres o risco de continuar a sofrer por alguém que não te dá o devido valor.

Um dia irás encontrar alguém que te ame a sério. Mas caso continues nesta relação sem futuro, irás estar a perder oportunidades de encontrar a pessoa certa para ti. Alguém que goste a sério de ti e queria passar todos os tempos livres contigo. Alguém em quem possas confiar totalmente de corpo e alma. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Ago 31, 2010 11:29 am

Ela é mais velha do que eu quatro meses...

Caro Dr. Coração:

Eu chamo-me Ricardo e tenho 13 anos. Gosto de uma rapariga que tem 14 anos e a diferença de idades é de 4 meses.
Será que essa relação daria certo?

Ricardo, 13 anos


Caro Ricardo:

Parece-me que apaixonaste-te por alguém que está num ano acima do teu e que por isso tens algumas dúvidas sobre se ela poderá gostar de ti. Esta não deverá ser uma das tuas preocupações, pois a diferença de idades é muito reduzida. O mais importante é saber se ela sente algo por ti. Parece-me que ela não sabe quem tu sejas pois não és da turma dela. Por isso, acho complicado que tenhas uma relação com ela, a não ser que tenham algum amigo em comum que te permitisse aproximar-te dela. Por isso, a tua principal preocupação deveria ser tentar encontrar algo em comum com ela. Espero que te tenha ajudado.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Ago 31, 2010 10:27 pm

A prima do meu namorado tenta conquistá-lo com os seus decotes...

Caro Dr. Coração:

Olá... Namoro há um ano com uma pessoa maravilhosa. mas há algo que está atrapalhando a nossa relacão que já não é de hj... A prima do meu namorado vive dando em cima dele, pedi pra ele se afastar dela, e ele se afastou. Mas ela anda atrás dele,e o pior é que ela coloca umas roupas decotada e dá beijinhos na cara dele e ela tem os peitos enorme, e eu me sinto um lixo quando acontece isso.

Ela confessou à minha melhor amiga que gosta dele e vai ficar dando em cima dele e usando decotes até conquista-lo. Eu no lugar dele a odiaria por ela ser vulgar, mas ele até me diz que sente falta de conversar com ela e diz que só a vê como prima. Estou muito mal,estou insegura e com muito medo de perde-lo para a priminha dele de 20 aninhos e que o meu namorado adora (principalmente os seios dela).

Aline, 16 anos


Cara Aline:

Tu estás muito insegura, pois estás com medo de perder o teu namorado para a prima dela. Tu tens de ter mais confiança em ti e acima de tudo mais confiança no teu namorado. Ele gosta de ti e apenas gosta da prima como a uma amiga. Não é pelo facto dela gostar dele que ele irá deixar-te para estar com ela e não será apenas pelo aspecto físico dela que isso irá acontecer.

Tu tens de ter alguma calma e ter alguma paciência e não tomar nenhuma atitude que possa causar alguma confusão na tua relação. Se o teu namorado eventualmente quiser algo com a prima por causa dos peitos dela, então estás melhor sem ele, pois ele acabou por revelar-se uma pessoa que se calhar não era a pessoa por quem te apaixonaste. Por isso, tens de continuar a com a tua vida e tentar que a tua relação seja o mais feliz possível e não te preocupares com aspectos exteriores.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Set 01, 2010 12:36 pm

Ele anda confuso...

Caro Dr. Coração:

A minha relacão dura há 9 anos. Só que entretanto apareceu outra na vida do meu companheiro. Desde aí que anda muito confuso. Diz que me ama mas gosta muito da outra. O que faço?

C.


Cara C.:

O teu namorado está a ser muito honesto contigo quando diz que gosta de outra rapariga. Com o tempo, as relações atravessam alguns problemas e o teu namorado está a sentir a falta de algo na vossa relação que espera encontrar com a outra rapariga. Tu não podes controlar o que ele sente. Apenas podes falar com ele e perguntar-lhe se ele quer continuar uma relação contigo. Não deves deixar que esta situação se prolonga e deves tentar esclarecer as coisas o mais rápido possível com ele. Caso ele ache que mesmo gostando e ti, não deixe a outra, deverás acabar com a relação, pois tu mereces alguém que goste a sério de ti e por quem ele queira lutar. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Set 02, 2010 11:46 am

Conheci um homem pela internet mas estou comprometida...

Caro Dr. Coração:

Estou namorando há um mes e algumas semanas...
mas nesse tempo conheci um homem pela internet... e eu gosto dele... e queria ficar com ele... mas nao quero enganar o meu namorado... nem terminar com ele pois tenho medo de que depois as coisas não resultem com o outro homem...
O que devo fazer?

Anónima


Cara Anónima:

Muitas vezes apaixonamo-nos por alguém com quem não sabemos se as coisas irão resultar. Foi o que aconteceu contigo. Tu encontraste alguém na internet, mas tens algum receio de que as coisas não resultem, pois não conheces verdadeiramente esse homem só pela net e que podes ter-te iludido de tal forma que a realidade pode não corresponder às expectativias que tinhas. Por isso, acho que devias tentar esquecer esse homem, pois se achasses realmente que poderias ter um futuro com ele, acabarias com o teu namoro, que não está a correr como tu gostarias. Deverás preocupar-te em tentar perceber o que te está a faltar na tua relação actual e tentar resolver eventuais problemas que existam. Nem sempre as relações com pessoas que conhecemos na net funcionam e deves ter em consideração essa situação.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Set 02, 2010 6:41 pm

Será que o meu marido ainda sente algo pela ex?...

Caro Dr. Coração:

De algum tempo para cá, o meu marido começou a teclar com a ex-namorada dele perguntando por exemplo qual o perfume que ela estava a usar... Eu queria saber se ele ainda sente algo por ela... Eles terminaram há 5 anos atrás.

Anónima


Cara Anónima:

Numa relação tem de existir confiança entre ambas as partes. Não me parece que seja isso que esteja a acontecer no teu casamento. Tu achas que o teu marido ainda sente algo pela ex dele, apesar de já estar há dois anos contigo. Tu estás muito insegura, pois achas que ele não está totalmente feliz contigo. Se tu gostas do teu marido, tens de lhe dizer o que sentes. Caso contrário, os teus cíumes poderão causar problemas no vosso casamento, mesmo que não exista uma razão de ser para esses ciúmes. As relações não são fáceis e passam por vezes por alturas mais complicadas e é nesses momentos que os dois parceiros terão de falar e resolver os problemas no início, em vez de deixar que a desconfiança acumule e um dia rebente. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Set 03, 2010 12:54 pm

Sou casada mas ainda sinto algo pelo meu primeiro amor...

Caro Dr. Coração:

Ha cinco anos atras tive o primeiro homem da minha vida. eu tinha dezoito anos e era completamente apaixonada por ele, mas ele tinha uma namorada mesmo assim tivemos um caso e eu acabei ficando gravida e a namorada dele tambem,ele logicamente casou-se com ela e eu sofri durante tres anos sozinha e com um filho nos bracos.
um belo dia ele diz-me que se separou, fiquei sem reacao com o coracao cheio de esperancas, feliz da vida pensei que ficaria com ele so pra mim com o grande amor da minha vida, mas ele disse que nao iria me assumir naquele momento e eu mais uma vez cai na desilusao.
Mesmo assim nao conseguia esquece-lo parecia uma doenca. Mas ele conseguia-me convencer a continuar aquele caso sem futuro sempre carinhoso,preocupado comigo,atendia meus telefonemas com carinho em fim parecia que apesar de tudo ele gostava de mim e assumiu seu filho.
Mas um dia cansei-me daquela situacao e resolvi terminar tudo e comecei um novo relacionamento e acabei me casando, mas com ele ainda no coracao apesar de estar apaixonada por meu companheiro. O tempo passou e perdemos o contacto por um ano e eu tentando contruir uma nova vida tive outro filho, mas ainda pensava nele. Agora o filho que tenho com ele esta com cinco anos e ele me procurou para ver o menino depois de um ano sem ve-lo. O meu coracao disparou e senti vontade de agarra-lo e beija-lo. Nao consegui esquece-lo apesar de ter casado com uma pessoa maravilhosa.
Nao conseguimos olhar nos olhos um do outro mas tenho vontade de dizer tudo que estou sentindo. O que eu faco?

Anónima, 23 anos


Cara Anónima:

Não me parece que consigas ser feliz enquanto continuares a pensar no passado e nos sentimentos que tiveste há uns anos atrás. Tu és feliz no teu casamento com uma pessoa que tu consideras maravilhosa e não deverás correr riscos em fazer algo que possa prejudicar o teu casamento. O passado é o passado e não me parece que as coisas tenham mudando muito com o tempo. O pai do teu primeiro filho continua a não te colocar em primeiro plano da sua vida. Se ele alguma vez tivesse gostado de ti como tu pensas que ele gosta, ele teria feito tudo para estar contigo e o vosso filho. Não foi isso o que aconteceu e alimentar esperanças por algo que nunca irá acontecer apenas te irá fazer infeliz e acima de tudo que te concentres na tua vida em comum com o teu marido. Não é fácil esquecer o passado, mas outra coisa é deixar que o passado influencia o teu futuro. Tu mereces melhor do que isso. A decisão é toda tua, mas só te peço que reflictas sobre as minhas palavras.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Set 06, 2010 6:42 pm


Ele voltou para a mulher, mas diz que ama-me...


Caro Dr. Coração:

Ha 3 anos atras ele correu muito atras de mim, mas casei-me com o meu noivo. Apos 2 anos de casamento separei-me, e quando ele soube foi à minha procura. Começamos a namorar, logo no inicio tratou de pedir sua separaçao da mulher com a qual ja estava separada de facto.
Ai começaram os problemas... ao fim dos 4 meses, nao aguentou a pressao da ex e resolveu dar uma tregua, tirando os documentos dos advogados para tentar dar um pouco de paz para seus 2 filhos. Mesmo assim diz que me ama e esperar qtos anos forem necessarios para estarmos juntos novamente... O que devo fazer?

M.Q.


Cara M.Q.:

Tu estás numa situação muito complicada. Se tu queres ser verdadeiramente feliz, deverás pensar se estás disposta a esperar para ser feliz. Eu sei que tu gostas imenso desse rapaz, mas o facto dele estar preso à mulher e aos seus filhos é um sinal de que ele mesmo gostando de ti, não gosta o suficiente para partilhar a sua vida contigo. Tu mereces melhor, pois parece-me complicado que ele alguma vez se separe da mulher, por causa dos filhos. Enquanto continuares a teres esperança de que ele deixe de vez a família por ti, tu nunca serás feliz. Deverás dizer isso a esse homem. Se ele não estiver disposto a passar o resto da vida dele contigo, então deverás deixá-lo e tenta encontrar alguém que queira todos os instantes estar contigo. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Set 10, 2010 4:39 pm

O meu namorado está preso...

Caro Dr. Coração:

Tenho um namorado que esta preso há 1 ano. vou-lhe visitar sempre mas agora ñ gosto dele como antes. O k devo fazer?

Anónima


Cara Anónima:

Parece-me que os teus sentimentos pelo teu namorado mudaram... quer o tempo, quer a distância podem causar isso. Mesmo estando com ele, tu sentes que não estás verdadeiramente com ele. Por isso, o mais justo para ti e para ele será acabar com a vossa relação e seguir em frente. Caso contrário, estarás presa a uma relação apenas porque achas que tens de estar com ele. Tu mereces estar numa relação com alguem que te faça feliz e com quem tu queiras estar. Mas a decisão é toda tua.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Set 16, 2010 5:42 pm

Como mantenho a minha namorada apaixonada por mim?

Caro Dr. Coração:

O que faço para manter a minha namorada apaixonada por mim?

Jamerson


Caro Jamerson:

Não me parece que o teu namoro tenha um grande futuro. Parece-me que apesar dos dois gostarem um do outro, com o tempo, a tua namorada tem-se afastado de ti. Nem todas as relações têm sucesso e às vezes, o tempo ajuda a perceber que a pessoa com quem estamos não são as pessoas certas para nós. No teu caso, parece-me que a tua namorada já não sente o mesmo por ti, pelo que deverás acabar tudo com ela e tentar encontrar alguém que esteja realmente apaixonada por ti.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Set 18, 2010 1:17 pm

O meu ex quer voltar...

Caro Dr. Coração:

Estou com uma dúvida grande... na verdade estou confusa... fui casada por 4 anos, separei-me há 8 meses, mas durante 5 meses mantivemos contacto directo até ele mudar de cidade. Nestes últimos 3 meses, perdemos todo o contacto, mas nesses tres meses eu relacionei-me com uma pessoa que está passando por uma situação muito delicada, mas mesmo assim acabamos por nos envolver...
Ai está a minha dúvida, gosto ainda do meu ex, mas tenho um sentimento muito forte por esse outro rapaz e agora eu não sei o que eu faço pois o meu ex quer voltar e eu não consigo me decidir.

Anónima

Cara Anónima:

Tu estás muito insegura sobre a escolha a fazer. Por um lado, encontraste um rapaz com quem te estás a envolver e de quem gostas muito. Por outro, tens o teu ex-marido que quer voltar para ti. A questão principal é saber se achas se os motivos que levaram ao fim do teu casamento se mantêm. Tens de reflectir profundamente sobre essa situação, pois mesmo tu ainda gostando dele, se ainda se mantiverem os motivos que levaram ao fim do teu casamento, então serão grandes as hipóteses, de a longo prazo, a tua relação com o teu ex voltar a não resultar. A decisão é toda tua. Se achas que será mais fácil ter um futuro com o teu actual namorado, então deverás esquecer o teu ex e concentrar-te na tua relação actual. A decisão é toda tua. Espero que tudo corra bem.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Dom Set 19, 2010 2:27 pm

Será que ele realmente gosta de mim?...

Caro Dr. Coração:

Sou divorciada e acho que o meu karma é viver sozinha... há 2 meses conheci uma pessoa de quem não estava nem um pouco afim, mas com a insistência dele e eu estando sem ninguém sério há anos, resolvi tentar... ele só me procura para sexo... nos fins de semana desde que o conheci, nunca estamos juntos, sei que ele não tem namorada, ele tem 30 anos...
Ontem tive então uma decepção, quando li num e-mail dele para uma outra pessoa que lhe perguntou se ele estava namorando e ele disse que continuava solteiro... Apesar de sempre dizer-me que é louco por mim...

Anónima, 45 anos


Cara Anónima:

Não me parece que esse homem queira ter uma relação séria contigo. Ele apenas te procura para dormirem juntos e não quer passar tempo contigo para te conhecer melhor e para saber se os dois seriam compatíveis. Ele não está a pensar em ter uma relação de longo prazo contigo e se tu ainda tens esperanças de que isso aconteça, estás muito iludida. Tu estás com algum receio de acabar com a relação pois tens algum medo de ficar sozinha, mas se o teu objectivo é encontrar outra pessoa com quem possas passar o resto da tua vida, tens de acabar com esta relação. Ele não está interessado em ti dessa forma e enquanto continuares com ele, irás estar a desperdiçar tempo que poderias estar a utilizar para encontrar outro homem que queira mesmo ter um futuro contigo. Tu tens de ter consciência disso quando tomares a tua decisão. Espero que te tenha ajudado.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Dom Set 19, 2010 9:49 pm

O meu ex-marido deixou-me por uma brasileira...

Caro Dr. Coração:

Sou uma mulher destruída pois ao fim de 25 anos de casamento, o meu ex-marido começou a atribuir-me defeitos, a inventar conflitos... Até que ao fim de 3 anos apareceu com uma brasileira e com ela casou. Hoje já vivo com um companheiro, mas não consigo esquecer meu marido e tenho horror à solidão. Sou tão infeliz! Que devo fazer?

Anónima


Cara Anónima:

Tu tens de continuar com a tua vida e deixar de pensar no passado que tiveste com o teu ex-marido. Ele já seguiu em frente com a sua vida e tu tens de fazer o mesmo sob o risco de continuares infeliz. Ele já encontrou alguém com quem viver o resto da sua vida e tu tens de seguir-lhe os passos. As relações mudam com o tempo, bem como os sentimentos e foi isso que aconteceu com o teu marido. Enquanto não te consciencializares disso, tu irás continuar sempre a pensar o que aconteceu de mal na relação anterior e não te irás dedicar de corpo e alma à tua relação actual. Para encontrares novamente a alegria, deverás pensar no futuro e não no passado. Mas a decisão é toda tua.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Set 20, 2010 12:47 pm

Ele fez-me abortar mas ainda o amo...

Caro Dr. Coração:

Estou desesperada pois vou ao Brasil e irei reencontrar o homem que nunca esqueci. Ele quer-me ver, porém ele nao quis o filho que eu esperava e fez com que eu abortasse.

Mesmo assim perdoei-o e amo-o mto. Nao sei o q fazer e o meu maior desejo era vê-lo. Estou desesperada e nao sei o q fazer.

Anónima


Cara Anónima:

Tu sofrreste no passado por ele, pelo que tens de ter algum cuidado quando falares com ele novamente. Mas tens te lembrar que o passado é o passado e que algum tempo já passou desde que estiveram juntos. Tens de estar preparada para ele não sentir por ti o mesmo que tu sentes por ele. Para além disso, mesmo tendo-o perdoado, tu nunca irás esquecer completamente o que ele te fe fazer no passado, pelo que isso irá afectar sempre uma eventual relação. Tens por isso de ter alguma calma, e se falares com ele, tens de perceber que ele pode querer apenas rever-te, e mais nada do que isso, pelo que não deves ter as expectativas muito altas. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Set 20, 2010 5:24 pm

Eu traí-o após ter ouvido que ele me tinha traído, mas ainda o amo...

Caro Dr. Coração:

Namoro um rapaz há dois meses. Só que de uns tempos pra cá, o nosso namoro não está a correr bem, e pra completar soube de uma historia pelo melhor amigo dele que ele estaria a trair-me, se bem que esse amigo gosta de mim...
Fiquei muito confusa, e um amigo dele me ligou dizendo que queria curtir comigo. Uma amiga minha fez a minha cabeça e trai o meu namorado.
Só que amo-o muito... algumas vezes ele é muito frio comigo, e por isso acabei por fazer o que fiz... O que faço??

Mayara


Cara Mayara:

Tu sabes que não procedeste da melhor forma ao traír o teu namorado com um amigo dele. Por mais que ele tivesse feito alguma coisa e tu não tens a certeza de que te tenha realmente traído, tu deverias ter falado com ele sobre a vossa relação e sobre os motivos que estariam a fazer com que as coisas não tivessem corrido bem. Parece-me que existe uma grande falta de confiança entre ambas as partes e isso é um sinal de que a vossa relação está condenada a acabar. Tu dizes que ainda o amas. Se isso é verdade, então deverás falar com ele e contar-lhe o que fizeste e os motivos pelos quais o fizeste. Nessa conversa deverás também tentar falar com ele sobre os vossos problemas e se ambos estão dispostos a fazer alguma coisa para alterar a situação. Caso não fales com ele, parece-me que mais cedo ou mais tarde, o vosso namoro vai acabar. Quando nenhuma das partes está disposta a fazer algo para mudar as coisas, o tempo acaba por conduzir ao fim da relação. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Set 21, 2010 12:23 pm

Estou só a curtir com ele, mas queria que tivéssemos uma relação...

Caro Dr. Coração:

Estou a curtir com um rapaz há mais ou menos um mês. Eu quero namorá-lo mas não tenho coragem de tocar no assunto. O que posso fazer para ele pedir-me em namoro?

Anónima, 16 anos


Cara Anónima:

A melhor forma dele definir o que espera da vossa relação, será falar com ele e perguntar-lhe o que ele acha do vosso futuro. Tu não o deves pressionar, pois tem de ser ele a tomar a decisão, mas tens de fazer-lhe ver que tu precisas algo mais de uma situação e que não te é suficiente estar a curtir com ele. Tens de ter coragem de dizer-lhe que gostarias de aprofundar a tua relação, até para perceber o que ele realmente sente por ti. Se quer-te apenas para curtir, ou se gosta também de ti e quer ter um futuro. Caso o não faças, corres o risco desta situação se prolongar e um dia chegares à conclusão que ele nunca teve intenções de ter algo mais do que curtir contigo. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Set 21, 2010 2:00 pm

Júlia : “Serei tarada?”

“Tenho 32 anos e há uns meses as minhas amigas levaram-me a assistir a um espectáculo de striptease masculino. Desde então não paro de pensar naqueles homens musculados e sensuais, e masturbo-me várias vezes ao dia a pensar neles. Serei tarada?”

Cara leitora, o seu comportamento é perfeitamente normal, por isso esteja descansada quanto às atitudes que tem vindo a ter. Ao contrário do que durante muito tempo se pensou, a masturbação não é um acto perverso, obsceno ou indecente. A masturbação é algo inerente à sexualidade humana e deve ser aceite com naturalidade, tal como as fantasias que a estimulam. Quanto ao facto de gostar de striptease, não há qualquer problema, pois a grande maioria das pessoas compartilha do mesmo gosto, caso contrário não haveria casas de striptease. Cada vez há mais mulheres a assumir que gostam deste tipo de espectáculo, o qual esteve muito tempo reservado somente aos homens, e como tal começa também a haver casas de striptease masculino, especialmente para um público feminino. A mente humana e as suas fantasias são o mais forte afrodisíaco alguma vez inventado, pois na nossa mente podemos realizar todas as nossas fantasias sem receios ou limites.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:10 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Set 21, 2010 11:30 pm

Joana : “Como posso estimular o meu namorado?”

“Uma amiga disse-me que também existe um ‘ponto G’ masculino. Adorava surpreender o meu namorado! Como devo estimulá-lo?”

Cara leitora, de facto, existe um ponto no corpo masculino que quando estimulado pode causar prazer. Este ponto é a próstata, que está localizada na entrada do ânus. A próstata pode ser estimulada através da introdução gentil de um dedo no ânus. Aconselho-a, por outro lado, a surpreender o seu namorado utilizando um lubrificante para ajudar a penetração.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:11 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Set 22, 2010 12:08 pm

O meu ex já arranjou outra namorada, mas ainda o amo...

Dr. Coração

Namorei 3 anos e terminei com meu ex. Agora quero voltar mas ele ta namorando uma mulher muito mais bonita que eu. Eu sei k ainda me ama. O que faço para reconquista-lo? Sera que ainda tenho hipóteses?por favor ajuda-me!

Yasmin


Cara Yasmin:

Parece-me que tu tens de tentar esquecer esse rapaz, pois ele já continuou com a sua vida depois de terem acabado, pelo que deverás fazer o mesmo. Eu sei que ainda deves ter sentimentos por ele, mas não te podes esquecer que tu acabaste com ele por um motivo. Para além disso, se ele sentisse o mesmo por ti, faria todos os possíveis para te reconquistar, em ves de procurar outra rapariga. Tu mereces alguém que lute por ti e que queira estar contigo, e é perfeitamente claro que o teu ex não é essa pessoa. Tens de seguir em frente e tentar encontrar alguém que te faça feliz. Caso ainda continues a pensar no passado, corres o risco de continuar a sofrer por alguém que não se preocupa contigo neste momento. A decisão é tua, mas espero que penses no que te disse.

Dr. Coração


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:11 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Set 22, 2010 12:19 pm

Lurdes : “Sinto dores quando me masturbo”

“Tenho 19 anos e costumo masturbar-me muitas vezes. Mas agora sinto dores, principalmente quando fricciono o clitóris. É normal?”

Cara leitora, os órgãos sexuais são bastante delicados e, quando tocados de forma excessiva ou incorrecta, podem causar dor. Por isso, o que o corpo lhe está a dizer é que deve mudar a forma, a frequência ou a intensidade com que se masturba. Comece da estaca zero e explore as zonas que são mais sensíveis ao toque e que lhe proporcionam a excitação e a produção de lubrificação necessárias para facilitar o acto sexual, quer seja através da masturbação ou não. Experimente utilizar um lubrificante durante a masturbação.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:12 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4 ... 9, 10, 11  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Joquebede mãe de Moisés e Maria mãe de Jesus
» Jardim santa maria - zona leste de são paulo - capital
» Revista CTA - Volume 2 - para todos
» Revista 103 dicas e macetes em eletrônica
» As irmãs já podem tocar na Orquestra da CCB Vitória das mulheres! Gloria Deus!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A LIBERDADE É AMORAL :: E O VERBO SE FEZ PALAVRA...-
Ir para: