A LIBERDADE É AMORAL

Local de discussão livre sobre todos os temas sociais.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Dez 23, 2010 1:12 pm

Vanessa : “Gostava de fazer sexo no elevador”

“Já por várias vezes disse ao meu namorado que tenho a fantasia de termos relações enquanto subimos num elevador, pelo risco de sermos apanhados. Mas ele não quer, por ter receio de ser surpreendido por alguém.”

Cara Leitora, a fantasia de fazer amor em locais que envolvam o risco de ser-se surpreendido é uma das mais populares, na qual se inclui o elevador. Por comportar um elevado grau de risco, é um dos locais mais procurados e fantasiados pelas pessoas. O espaço reduzido e a adrenalina resultante do facto de não saber se vão ser apanhados faz do elevador um local bastante procurado para obter prazer, pois proporciona os ingredientes necessários à promoção da intimidade desejada. Todavia, existem alguns cuidados básicos a ter em conta. Além de correrem o risco de serem apanhados, existem elevadores que são vigiados por câmaras, o que, obviamente, constitui uma contra-indicação para realizarem essa fantasia, a não ser que faça parte o serem filmados. Quanto a si, se não se sente à vontade para pôr em prática essa fantasia, converse com o seu namorado e explique-lhe as suas razões.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Dez 23, 2010 8:39 pm

Eu não sinto nada pelo meu marido...

Caro Dr. Coração:

Há 9 anos que sou casada com uma pessoa. Essa pessoa é muito honesta, um bom marido. Ama-me muito. Vive para satisfazer os meus desejos. O problema é que eu nunca o amei, e sofro por isso. Nunca tive prazer de verdade nas relações sexuais, é tudo muito artificial. Eu finjo estar gostando para não magoá-lo. Mas eu não suporto mais esta situação, pois peguei nojo dele. Não suporto nem o toque dele. (...). Eu coloquei a situação pra ele, mas ele ignora. Diz que eu gosto dele, sim, e o que eu preciso é de tratamento, pois eu devo ter alguma disfunção sexual. Mas eu sei que não é isso. Sou normal, não tenho tesão por ele, porque eu não gosto dele. Me sinto um lixo quando tenho relação sexual com ele. E ele diz que é minha obrigação como esposa (...)
E há dois anos estou apaixonada por uma pessoa que também é casada. Sei que não tenho chance nenhuma com essa pessoa, pois ela valoriza muito a família, e acha que estaríamos destruindo as nossas famílias, mas sei que ele me ama também. Eu concordo com ela, que devemos preservar a nossa família, mas, e quando isso causa sofrimento? Como eu fico? Apesar disso nunca tive relações sexuais com outro homem. Apesar de amar outro, eu nunca dormi com ele. Mas eu morro de vontade, você me entende? Gostaria de dormir com uma pessoa, onde houvesse sentimento, com alguém que eu amasse, mas por causa dos valores morais, eu não faço. Acho que não seria prudente.
Eu falo em separação às vezes, mas a minha família não aceita. Falam que eu não vou encontrar pessoa melhor na vida. Mas eles não sabem e nem querem saber do que eu passo, do meu sofrimento. Eles não me entendem, e sempre ficam do lado dele. Preciso muito da sua ajuda. Pois eu sei que você me entende. Nunca tive o prazer de ficar com alguém que eu gostasse. Por causa deste casamento eu deixei de viver alguns amores, e agora que eu estou amando novamente, gostaria da sua opinião.

Claudete, 35 anos


Cara Claudete:

Acho que tu nunca irás ser feliz, enquanto não acabares com o teu casamento. É perfeitamente claro que tu não sentes nada pelo teu marido, nem a nível emocional, nem a nível físico. Por mais que o teu marido te ame, tu nunca irás sentir o mesmo por ele. Tu tens de ser forte e tomar a decisão, contra tudo e contra todos, de deixar o teu marido. Caso o não faças, irás passar muitos anos numa prisão, onde a tua vontade de viver irá cada ves ser menor. Tu mereces melhor.
Por isso, deves separar-te. Com o tempo, tu irás encontrar alguém que te faça sentir feliz. ALguém que te faça bater o coração mais depressa. Alguém que te ame tanto como o teu marido. Quem sabe se o homem por quem estás apaixonada, também se separe quando souber que estás disponível? Tu nunca o saberás se não tiveres a coragem de fazer a única coisa que te pode devolver a felicidade.
A decisão não é fácil, mas se tu reflectires sobre o teu futuro, só existe uma decisão a tomar. Mas a decisão cabe apenas a ti. Só espero que tome a decisão correcta.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Dez 24, 2010 4:16 pm

Paulo“Penso na minha ex quando faço amor...”

“Sei que não é correcto, mas não consigo evitar pensar na minha ex-namorada quando estou a fazer amor com a minha actual companheira. O que devo fazer?”

Caro Leitor, procure não se sentir culpado, pois nem sempre é fácil controlar os nossos sentimentos. Contudo, o leitor deve fazer uma análise profunda de modo a verificar a razão pela qual não consegue tirar a sua ex-namorada do pensamento. Porém, se verificar que não se consegue concentrar totalmente na relação que mantém actualmente, aí a questão já se torna mais complexa e, nesse caso, deve ponderar os seus verdadeiros sentimentos em relação à sua actual companheira. Desta forma, deve fazer uma avaliação clara e consciente sobre a sua vida afectiva e sobre tudo aquilo que deseja daqui para a frente para que seja feliz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Dez 27, 2010 8:21 pm

Ele apenas me quer como amante...

Caro Dr. Coração:

Conheci um homem e apaixonei-me mas ele simplesmente quer que eu seja a outra....
Decidi que não mas estou sempre a refletir sobre a minha decisão...

Anónima


Cara Anónima:

Fizeste bem em não aceitar os termos da relação que ele estava a sugerir. Parece claro que ele não está realmente interessado em ti, nem quer ter um futuro contigo. Tu mereces melhor do que isso. Mereces alguém que goste a sério de ti e para quem tu sejas a única mulher da sua vida. Tens por isso de deixar de pensar na tua decisão e no passado. Tens de pensar no teu futuro e na tua felicidade. Não é fácil, mas o tempo irá ajudar a esquece-lo. E um dia, quando menos esperares, irás encontrar a pessoa certa para ti.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Dez 28, 2010 1:00 am

Carla : “Pode descobrir que já não sou virgem?”

“Tenho 17 anos e perdi a virgindade há pouco tempo. Desde que comecei a ter a menstruação, aos 14 anos, que vou pelo menos uma vez por ano ao ginecologista. Tenho uma consulta em breve e alguma vergonha em dizer que já não sou virgem...”

Cara Leitora, não tenha receio em ir à consulta de ginecologia, pois existe uma convenção associada ao sigilo médico. Assim, o seu ginecologista não deve divulgar nenhum tipo de informação sem o seu consentimento. Também não vejo qualquer razão para que sinta vergonha em não ser virgem. A perda da virgindade é um processo natural, por isso esteja tranquila e vá à sua consulta normalmente. Nada receie, pois é tudo para o seu bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Dez 28, 2010 7:07 pm

Eu não sinto a intensidade que tinha com o meu ex...

Caro Dr. Coração:

Namorei há 3 anos com um rapaz e não resultou. Ele deixou-me após 1 ano maravilhoso de relação, assim que foi estudar para o estrangeiro. Independentemente das razões dele para querer terminar a relação, sofri muito e fui incapaz de me "curar" por dentro durante os dois anos seguintes, eu amava-o verdadeiramente apesar de todas as dificuldades que tínhamos (quando namorávamos vivíamos em cidades diferentes com razoável distância, e ele não era propriamente o tipo de rapaz "com cabecinha" que uma mulher deseja, mas a verdade é que o amava, e a sua visão louca de viver a vida, de certa forma eu também compreendia, porque apesar de sempre ter mais objectivos e disciplina que ele, eu também era - e sou - um pouco assim.)
Enfim, apesar de tudo, apesar das minhas próprias dúvidas e interrogações, e provavelmente devido à intensidade de momentos que tínhamos devido ao facto de vivermos em cidades diferentes e por isso cada momento ser tão intenso, com ele senti algo enorme. Ele foi também a minha primeira vez sexual, e ele era excelente a esse nível, além do romantismo, espontaneidade, sensibilidade e cumplicidade que tinha comigo.
Durante dois anos e tal fui incapaz de me ver com qualquer outro homem, até porque após ele acabar comigo é que me apercebi o quão importante era para mim a ideia de ser só de um homem para o resto da minha vida (e, ainda por cima, um homem que me satisfazia plenamente!)
Agora namoro já há uns meses com um homem maravilhoso, maduro, temos juntos uma excelente capacidade para o diálogo (coisa que com o outro era, muitas vezes, difícil, sobretudo se se tratasse de momentos meus de desabafo). Com este, posso abrir-me, ele tem imensa paciência, é uma pessoa muito lúcida e equilibrada, e pelas acções dele parece que me ama verdadeiramente.
Caro Dr.Coração, o meu problema é que o meu sentimento não é tão forte como era com o outro, baseia-se mais em carinho,atracção, amizade, poderei até arriscar, amor, mas...não sei, já não tem aquela intensidade, se passa uma semana sem nos vermos, tenho algumas saudades, mas nada de arrebatador, ou, nem consigo descrever. Ainda ontem ele me mimou imenso, fazer-me o jantar, ouvir-me interessadamente, partilhar o íntimo dele comigo, enfim, ele pode fazer "o diabo a quatro" e, dentro de mim, o sentimento parece que é algo semi-quente, percebe? Ele, para mim, é um sim, se eu pensar em tudo o que ele é (1000 vezes mais virtuoso de personalidade que o outro), e sobretudo, para comigo, aproxima-se daquilo que seria "perfeito", mas dentro de mim...é um assim-assim. Como deve imaginar, isto angustia-me muito, pois ele parece-me ser o homem certo para eu partilhar a minha vida.
Não é por não ter resolvido a história com o outro, porque mais tarde acabei por resolvê-la dentro de mim, embora ainda sinta indignação. Já sei daquela história "não há amor como o primeiro", mas, bolas, será que nunca mais me será possível sentir plenitude total com alguém?
Este rapaz com quem agora namoro merece estabilidade da minha parte.
O que é que será que ainda tenho que "curar" ou transformar dentro de mim, ou será que o problema é este rapaz ainda não ser o que eu amo?

Sara, 27 anos


Cara Sara:

Tu estás muito insegura acerca da tua relação, pois sentes que aquilo que sentes pelo teu actual namorada é diferente do que sentias pelo teu ex. Isso é uma situação perfeitamente normal, pois cmo tu própria o dizes, tu passaste por um grande turbilhão emocional com o teu ex, pois foi o teu primeiro verdadeiro amor. Ainda por cima, foi a pessoa com que tu perdeste a tua virgindade. Porém, essa relação já faz parte do teu passado. E tu tens de ter consciência dessa situação.
Tu tens de concentrar-te no teu futuro. E parece-me que encontraste a pessoa certa com quem construir um novo caminho. Tu também estás mais madura e a emoção que tanto tu sentias no passado transformou-se em intimidade e carinho. As pessoas mudam com o tempo e tu não podes continuar a viver no passado. Não percas tempo demais a pensar no que sentes por ele. Se tu ouvires o teu coração, tu aperceberás de que não precisas de encontrar a tua alma gémea, pois ela já está ao teu lado. Não deixes que a tua insegurança te faça perder esta oportunidade que surgiu para encontrares a felicidade.
Espero que te tenha ajudado.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Jan 03, 2011 12:16 am

Ainda sou virgem, pois encontro sempre defeitos em quem se interessa por mim...

Caro Dr. Coração:

Tenho 22 anos e nunca namorei ninguem. Ja tive oportunidade mas encontro sempre algo de errado nas pessoas que estão interessadas. Mas tb nunca ninguem gostou de mim a sério... No começo, mostram-se interessados mas depois descubro que realmente estavam interessados no meu corpo. Ainda sou virgem, mas os rapazes nunca acreditam... não que isso tenha importancia para mim, ja estou farta sair com alguem e ele querer dormir comigo...
Mas o que quero é AMOR sentimento, carinho, amizade, companheirismo. De momento nao gosto de ninguem pois jurei p mim mesmo que so ia gostar de quem gostasse de mim. Quando gosto de alguem eu gosto mesmo. A última pessoa que amei quase 6 anos e nunca me correspondeu. Outro problema meu é amar as pessoas erradas, nunca nenhum deles me correspondeu e isso me magoou muito e sei q vai ser muito dificil eu encontrar alguem... (...)
O que devo fazer? Já estou cansada de esperar e acho que para mim o amor CORRESPONDIDO nao existe. Acho que o meu Karma é ficar sozinha. Se me disserem que um dia ele aparece, eu não acredito.

Anónima, 22 anos


Cara Anónima:

Tu sentes-te muito desiludida pelo facto de nunca teres conseguido encontrar alguém que tu aches que seja a pessoa certa para ti. Tu sentes-te muito receosa, pois tens medo de saires magoada, pelo que tentas encontrar motivos para não te aproximar de ninguém, como medo de sofrer.

Mas não te podes sentir pressionada para fazer algo que não queiras. Tens de ter paciência, pois por mais que não acredites, um dia irás encontrar a pessoa certa para ti. É complicado no meio de muitos homens encontrar um que goste realmente de ti, e que não esteja apenas interessado no teu corpo. Mas se não o procurares, nunca o irás encontrar. Mas não podes desanimar. Tens de ter mais confiança em ti e sentir que alguém também pode gostar a sério de ti. E continuar a tentar. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Jan 04, 2011 11:00 pm

Fernando : “Mulheres mais atraentes”

“Estou casado há dez anos, e com o tempo a minha mulher, que era bonita e atraente, foi-se desleixando. As mulheres dos meus amigos andam sempre maquilhadas e arranjadas. Gostava que ela fosse diferente.”

Caro Leitor, já pensou em falar com ela sobre isso? Talvez ela esteja a precisar de um incentivo para melhorar a sua imagem… Por vezes, com o passar do tempo a chama da paixão tende a diminuir e o hábito faz com que as pessoas deixem de ter a preocupação inicial com a imagem. Assim sendo, procure conversar com a sua esposa, mas não faça referência à imagem das esposas dos seus amigos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Jan 05, 2011 8:37 pm

Digo sim ou digo não?

Caro Dr. Coração:

Eu namoro com um rapaz há 3 meses e meio e ja acabamos mais k uma vez mas ao outro dia ele pede-me logo desculpa e diz k ñ consegue viver sem mim.
Na semana passada acabamos e ele disse k desta era de vez... e sem me dar uma explicaçao de ter acabado foi-se embora. Pois como disse ele depois diz k esta arrependido, e aconteceu o mesmo depois de tudo o k ele me disse.
Eu pedi-lhe tempo pa pensar pk tou mt confusa ñ sei o k hei-de responder.
Eu keria mt ir lg a correr pos braços dele e dizer-lhe k sim mas antes preciso de uma opiniao! O k hei-de responder? Pf ajudem-me... gostava k me dessem uma resposta o mais rapido possivel.
Ah e o mais important é k eu não sei se ele gosta mesmo de mim...
Espero k me dês uma ajuda.

Desesperada, 13 anos


Cara Desesperada:

Parece-me que a tua relação nunca irá ter qualquer sucesso, pois é fácil de perceber que o teu namorado não gosta a sério de ti. A vossa relação tem passado por muitos problemas que acho que nunca irão ser resolvidos. Tu tens de ser forte e resisitir ao pedido dele, pois caso voltem a estar juntos, mais cedo ou mais tarde, vocês irão acabar novamente.
Se ele fosse a pessoa certa para ti, não seria tão difícil serem felizes em conjunto. E se ele gostasse a sério de ti, ele nunca te teria deixado mais do que uma vez. EU sei que é difícil, pois tu sentes algo por ele, mas acho que tu vais sair muito magoada da situção se correres para os braços dele. Tu mereces melhor do que isso. Mas a decisão é toda tua. Só te peço que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Jan 06, 2011 10:55 pm

Inês : “Quer dar a volta ao Kamasutra”

“O meu marido teve desde sempre o espírito muito aberto para novas experiências sexuais. No nosso aniversário de casamento, ofereci-lhe o Kamasutra, e ele agora quer experimentar todas as posições. Estou cansada disso, mas não quero que ele fique aborrecido.”

Cara Leitora, à primeira vista esta iniciativa do seu marido poderia ter sido uma forma positiva para melhorar a vossa sexualidade e quebrar a rotina do dia-a-dia, mas, ao que parece, ele não soube dosear esta vontade, e agora parece algo obsessivo. Com a correria do dia-a-dia, muitos são os casais que procuram novas formas para contrariar a monotonia instalada nas relações. Experimentar as posições do Kamasutra até pode ser uma experiência inovadora e divertida, mas também é preciso ter em conta que nem todas as posições são fáceis de executar, o que pode causar um certo desconforto e mal-estar. No que toca ao seu desconforto em executar essas posições estranhas e ao facto de não suportar essa tendência sistemática para as executar, tente falar com o seu marido e mostrar-lhe que podem continuar a inovar a vossa sexualidade, mas explorando situações que tragam prazer a ambos. Lembre-o de que tudo o que é demais cansa!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Jan 08, 2011 3:55 pm

Apaixonei-me por outra rapariga, mas amo a minha namorada...

Caro Dr. Coração:

Namoro há 5 anos com uma menina linda e maravilhosa, mas faz um ano q conheci uma menina na faculdade e no entanto ela tambem namora há cinco anos, mas mesmo assim acabamos por apaixonar de verdade. Nao consigo mais para de pensar nela e quero sempre ficar com ela, estou muito confuso é uma situaçäo inedita na minha vida. Náo forçei nada e náo queria q isso acontecesse pois amo minha namorada ou pelo menos axu q amo, nao sei mais?

Carlos, 22 anos


Caro Carlos:

Tu tens de tomar uma decisão, sob pena de alguém sair muito magoado desta situação. O facto de tu gostares de outra rapariga é um sinal de que nem tudo está bem com o teu actual namoro. E as tuas incertezas sobre os teus sentimentos para com a tua namorada são um sinal de que os sentimentos que antes tinham, mudaram. Se tu gostas tanto da outra rapariga e achas que serás correspondido, tens apenas uma coisa a fazer. Tens de acabar o teu namoro e dizer à outra rapariga o que sentes. Será algo difícil, mas continuar uma relação com alguém sem amor, apenas causará sofrimento a todos. Mais cedo ou mais tarde, a verdade aparecerá ao de cima e a tua namorada irá sofrer ainda mais do que poderia sofrer agora se acabasses com ela. Deves seguir o teu coração. Quem sabe se os teus sonhos não se concretizam e acabes por ficar com essa rapariga para o resto da vida? A decisão cabe apenas a ti, pelo que apenas te peço que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Jan 11, 2011 1:16 pm

Sara : “Sou lésbica”

“Tenho 20 anos e descobri recentemente que sou lésbica. Iniciei um relacionamento com uma mulher mais velha e experiente e, embora tudo esteja a correr bem entre nós, não sei como contar aos meus pais.”

Cara Leitora, apesar de existir socialmente uma maior abertura, a questão da homossexualidade continua a ser um assunto tabu e rejeitado por muitas famílias. Neste sentido, é natural o seu receio de abordar esta questão com os seus pais. A maior expectativa dos pais é quase sempre que os filhos se casem e lhes dêem netos de modo a alargar a família. Por isso, muitas vezes, falar de relacionamentos entre pessoas do mesmo sexo revela-se bastante complicado. Tente compreender a posição dos seus pais, não é fácil aceitar e lidar com uma situação que em nada tem a ver com aquela que idealizaram. Procure mostrar-lhes que a sua felicidade está junto da pessoa que ama.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Jan 12, 2011 1:28 pm

O meu ex está prestes a casar...

Caro Dr. Coração:

Fui procurada pelo meu ex e ele está prestes a casar.
Tive um relacionamento bom com o meu ex, namoramos durante um ano e meio, eu sempre lembrava dele com carinho, mas nunca iria imaginar que ainda o encontraria.
Tenho um relação de sete anos e sou muito feliz, mas há um ano reencontrei meu ex pela internet e descobri que ele lembrava de muitos detalhes da nossa relação, percebi que ele não tinha me esquecido completamente apesar de está noivo e prestes a casar. Encontramo-nos meses depois e matamos a saudade, não senti culpa mas sei que o que fiz não é correto, só que acabamos nos encontrando mais algumas vezes.
Sei que ele ama a noiva dele assim como amo meu namorado, mas agora não consigo parar de pensar em meu ex, até lhe pedi para não me procurar mais na tentativa de esquecê-lo. Ele vai casar semana que vem e eu estou muito triste...Não sei o que fazer.

Anonima


Cara Anónima:

Tu sabes que nunca irás ter um futuro com o teu ex. Vocês já passaram por muitos bons momentos, mas chegou a altura de acabres tudo com ele. Ele vai casar e por mais que te custe, ele nunca te viu como sendo a pessoa por quem ele estaria disposto a deixar a noiva para ser feliz.

Tens de seguir em frente e continuar com a tua vida. Não é fácil, mas continuar a pensar nele apenas te fará ficar ainda mais infeliz. O passado é o passado. Tu tens de pensar no futuro. Tu mereces alguém que goste a sério de ti e que queira passar o resto da vida contigo. Se continuares a pensar no teu ex, poderás por em risco a tua relação actual, por algo que nunca terá futuro. Tens por isso concentrar-te em resolver os problemas que tens na tua relação, motivo pelo qual tentaste encontrar algo que te faltava junto do teu ex. A decisão é tua, mas continuar a viver no passado poderá prejudicar o teu futuro.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Jan 12, 2011 8:50 pm

Mónica : “Erecção todas as manhãs”

“O meu namorado acorda com uma erecção todas as manhãs mesmo depois de termos tido relações na noite anterior. O que significa?”

Cara Leitora, muitos homens e mulheres acreditam que só porque o homem tem uma erecção significa que ele está excitado e tem de ter relações, mas a realidade não é bem assim. O homem pode ter uma erecção mesmo sem estar sujeito a qualquer tipo de estímulo sexual e sem o intuito de ter relações. Muitos homens têm erecção matinal devido ao contacto com os cobertores ou devido à pressão na área genital resultante de terem a bexiga cheia. O facto de o seu namorado acordar todos os dias com uma erecção não significa, obrigatoriamente, que ele queira ter relações, mas sim que ele precisa de urinar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Jan 13, 2011 4:55 pm

Eu perdi a virgindade com ele, mas ele deixou-me logo a seguir...

Caro Dr. Coração

Tive um namorado por cinco meses e este infelizmente tirou minha virgindade. Depois que terminamos, menos de dois dias ele arranjou outra...

Anónima


Cara Anónima:

Imagino que devas estar a passar por uma fase complicada. Tu achavas que o teu namorado era o homem da tua vida, mas acabaste por perceber que ele não era a pessoa certa para ti e que ele afinal apenas andava contigo para poder dormir contigo. Tu estás muito magoado, pois sentes-te enganada. Mas infelizmente, não existe nada que possas fazer. Tu pensavas que estavas a fazer algo especial com uma pessoa muito especial para ti, mas tudo acabou por ser uma ilusão. Só te resta seguir em frente e continuar com a vida. Tens de pensar que nem todos os homens são como o teu ex... Um dia, irás encontrar alguém que te ame realmente. Mas tens de abrir um pouco as tuas defesas, pois imagino que estejas agora muto na defensiva, pois não queres sair magoada novamente e será mais difícil confiar noutro homem. Mas a vida continua e quando encontrares a pessoa certa, tu o saberás. Espero que tudo te corra pelo melhor...

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Jan 15, 2011 12:21 am

Teresa : “Tenho orgasmos enquanto durmo”

“Tenho sonhado com sexo e acho que tenho orgasmos enquanto durmo, principalmente depois de beber álcool. Será que isso é possível?”

Cara Leitora, as sensações que sentimos no sono podem parecer tão reais que por isso é comum que tanto homens como mulheres tenham orgasmos quando sonham com sexo. A leitora diz experimentar orgasmos durante o sono, principalmente depois de consumir álcool, e a explicação é simples. Primeiro, o sono é um período em que estamos descontraídos e temos menos defesas, por isso é frequente que aconteçam coisas durante o sono que normalmente não deixaríamos acontecer enquanto acordados. Em segundo lugar, o álcool é uma substância que faz com que as pessoas se sintam mais relaxadas. Se juntarmos isto ao facto de a leitora se sentir excitada antes de adormecer e sonhar com sexo é fácil de compreender o sucedido. Assim, não se deve preocupar com o que acontece enquanto está a dormir mas sim com aquilo que não acontece quando está acordada!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Jan 15, 2011 10:00 pm

Ele só me procura quando a namorada não está cá...

Caro Dr. Coração:

Conheci um homem bonito interessante, inteligente em uma festa, saimos também na noite seguinte,ficamos só nos beijos. Nem uma semana depois ele liga perguntando se eu ia numa festa eu disse que sim, ai fui, mas fui com outro homem ele me viu e ficou bravo comigo, ele me ligou no dia seguinte muito bravo eu pedi desculpas e ele desculpou e saimos na noite seguinte,e ele me contou que tinha namorada, mas eles estavam brigados, e ele morava em outra cidade.
Fiquei meio chateada, mas não liguei porque eles não estavam juntos, ai saimos novamente na semana seguinte, na outra e na outra, ai uma noite ele me ligou dizendo que a namorada estava vindo naquele final de semana ficar la com ele, e ele não poderia me atender nem me ligar ai falei para ele para deixarmos assim daquele jeito, que eu não queria ficar no meio dos dois, ele concordou, no fim do final de semana ele ligou e perguntou se eu não queria nem ser amiga dele e eu disse que poderiamos ser amigos (...) Aí começamos a sair uma vez por semana, até duas vezes numa semana e ele sempre muito carinhoso,agora neste fim de semana, ele liga e diz que ia se comportar e eu perguntei porque, mas que realmente tava na hora de ele se comportar, ele disse adivinha porque...e eu falei...ela vem né?...
Falei pra ele que agora sim iamos ser só amigos porque eu gostava um pouco mais do que deveria ou poderia gostar dele, que não queria perder a amizade dele, porque ele era muito legal e ele disse que tambem me acha bem legal e não consegue ficar perto de mim e ser só amigo, mas se eu prefiria assim tudo bem(...)
Eu gosto muito dele, fico na dúvida quanto esse namoro dele, ele realmente ama ela? Ele sente só carinho ou amizade por mim? Será que algum dia vou conseguir fazer com que ele goste mais de mim?

Anónima


Cara Anónima:

Acho que esse rapaz não gosta verdadeiramente de ti. Na minha opinião, ele está apenas a aproveitar-se de ti, enquanto a namorada dele não está por aí. Se ele te amasse de verdade, já teria acabado tudo com a namorada e a deixado por ti. Mas ele não quer fazer isso. Isso é um sinal de que ele não é o homem certo para ti.
Tu mereces melhor... Alguém que te ame de verdade e para quem tu sejas a única mulher do mundo. Acho que deverias deixar de ter esperanças de que ele mude de opinião e seguir em frente com a tua vida. Talvez o melhor seja afastá-lo por completo da tua vida e deixarem de ser amigos, pois parece-me que ele não quer ser mesmo teu amigo. De início será complicado para ti, mas se tu abrires o teu coração, tenho a sensação de que irás encontrar a pessoa certa para ti, e talvez mais cedo do que esperas. Tens de ter a consciência de que tu nunca serias feliz com esse rapaz e que talvez seja mais fácil agora tentar esquecê-lo do que daqui a alguns meses. A decisão cabe apenas a ti, mas peço-te que reflictas sobre o que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Dom Jan 16, 2011 4:19 pm

Maria : “Nunca tive namorado”

“Tenho 26 anos e, ao contrário de todas as amigas, nunca tive um namorado. E embora nunca tenha tido uma relação sexual com ninguém, também não sinto qualquer vontade! Tenho vergonha de falar sobre isto, pois não sei se serei normal!”

Cara Leitora, a intimidade é uma experiência que nos enriquece, que nos traz felicidade e nos faz evoluir como pessoas; mas pode ser vivida em relações de amizade, familiares ou outras – não tem obrigatoriamente de passar por namorar ou viver uma relação sexual. Analise se não quer mesmo entrar numa relação íntima ou se as evita por medo de se dar a conhecer ou de arriscar descobrir esta nova dimensão da sua vida.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Jan 18, 2011 12:14 am

Não sinto ciúmes de mulher dele...

Caro Dr. Coração:

Como posso amar e não sentir ciumes dele... ele fala-me da esposa e eu digo-lhe que deve leva-la ao hotel e enviar flores e mandar-lhe mensagens... e ele fica calado.
So falo o que sinto... sei que está com ela mas (...) não tenho medo. Será que sou maluca ou não o amo?...

Anónima


Cara Anónima:

Parece-me que tu gostas tanto desse homem que estás disposta a partilhá-lo com a mulher dele. O facto de tu saberes que ele nunca irá separar-se da mulher, faz com que tu não tenhas expectativas muito altas e por isso fazes o que é preciso para mantê-lo perto de ti e para que ele possa sempre contar comigo.
Mas tu sabes que isto não é saudável. Tu só irás encontrar novamente a felicidade se esta situação acabar. QUer ele deixe a mulher por ti, ou tu acabes com ele. De outra forma nunca irás sair desta angústia permanente. Se tu gostas dele, então tens de fazer-lhe um ultimato. Se ele não estiver disposto a deixar a mulher e não tiver medo de te perder, então o melhor é seguires em frente na tua vida e acabar com ele. Se ele te amar de verdade, então ele fará de tudo para continuares na vida dele. Mas a decisão não é fácil. Mas tenho a certeza de que tu nunca voltarás a sorrir enquanto não fizeres o que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Jan 20, 2011 1:06 pm

Manuel : “Sou muito rápido”

“Quando tenho relações sexuais ejaculo muito rapidamente e não tenho a mesma reacção sexual que tinha dantes. Tenho apenas 28 anos, o que me deixa assustado.”

Caro Leitor, seja realista na apreciação do tempo de ejaculação: estudo recente refere que uma relação sexual ideal dura entre 3 e 13 minutos. Experimente um produto retardante em pomada, à venda em sex-shops. Pode também colocar um preservativo e tentar a masturbação com ele antes de o colocar na relação sexual (assim tem tempo de treinar sozinho até se sentir à vontade). Apesar destas sugestões, deve consultar um especialista.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Jan 21, 2011 3:31 pm

Agora somos apenas amigos coloridos…

Caro Dr. Coração:

Tive uma relação de 11 meses que terminou. estava tudo bem, mas eu tive de ir trabalhar um mês pra fora e quando voltei tudo tava acabado. Ele disse que sentia preso, e a realidade é que a nossa relação era uma bocado maluca. Ele esta sem trabalhar faz tres anos (oficialmente), mas trabalhou na noite mt tempo.por isso conhece mts miudas que estão sempre a dar em cima dele. Eu nunca fui ciumenta, mas nesta relação tornei-me assim, pq o amo mt. Vivemos juntos 10 meses! Ele chegou a deixar-me em casa doente pra sair com a ex de há 7anos... mas isso passou e eu continuo a amá-lo. Agora somos amigos coloridos. Mas continuo a pressiona-lo, pq ele diz q só precisa de tempo pra descobrir se pode viver sem mim... O q faço???

Anónima


Cara Anónima:

Parece-me que a tua relação chegou mesmo ao fim. Tu ainda gostas muito dele, mas parece-me que os sentimentos dele mudaram durante o tempo em que estiveste for a. Outro sinal é o facto da vossa relação nunca ter sido muito saudável e as coisas nunca coram perfeitas. Ele aproveitou o facto de teres estado fora para ter uma desculpa para acabar contigo. Não me parece que ele volte para ti, pois tudo indica que ele acha que nunca será feliz contigo. Tu mereces melhor. Alguém que te ame de verdade e que queria estar contigo. Isso nunca acontecerá enquanto tiveres esperança de voltarem a estar juntos. Tu tens de fazer um esforço para esquecê-lo e seguir com a tua vida. Se o não fizeres, tenho a certeza de que irás sofrer um desgosto amoroso muito grande, pois ele nunca irá voltar para ti. Não é fácil ouvir isto, mas todos os actos dele indicam isso. Mas cabe a ti decidir o teu futuro. Sò te peço que consideres o que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Jan 21, 2011 8:53 pm

Mário : “Atrapalho-me a pôr o preservativo”

“Tenho 22 anos e uma vida sexual activa, com parceiras diferentes. O problema é que tenho dificuldades em colocar o preservativo, atrapalho-me e perco a erecção, e tenho medo de apanhar alguma coisa”

Caro Leitor, é normal atrapalhar-se com a colocação do preservativo. E como tem várias parceiras sexuais, é conveniente, para a sua própria saúde e a delas, protegerem-se das infecções sexualmente transmissíveis e de gravidezes indesejadas. Experimente sozinho colocar o preservativo e masturbar-se com ele – assim ganhará confiança em si e irá habituar-se melhor à sensibilidade diferente. Leia sobre a correcta colocação. Verifique antes do encontro o estado da embalagem, a data de validade e se tem certificado de qualidade de Comunidade Europeia. Quando tiver uma erecção satisfatória e antes de contacto genital, abra a embalagem do preservativo, sem utilizar dentes ou algo afiado. Com três dedos (polegar, indicador e médio) agarre a ponta/recipiente do preservativo, para haver espaço para onde o esperma sair. Após ejacular, retire o preservativo a partir da base do pénis, para que não saia sémen, dê um nó, embrulhe em papel e deite no lixo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Jan 22, 2011 2:42 pm

O meu namorado é muito mulherengo…

Caro Dr. Coração:

Estou namorando um rapaz que é muito mulherengo, ja namorou 65% das mulheres da minha cidade, ja teve um relacionamento de 4 anos com uma garota, e terminaram pq segundo ele, o seu sentimento acabou! Ja estamos juntos há 3 meses, e ate agora que eu saiba, ele não fez nada!! E o pessoal que o queimavam para mim, ja estão mudando de ideia, dizendo que ele esta mudado, e uma das ex conquistas dele ate disse, que eu coloquei uma coleira no pescoço dele, pois ele so sai comigo.
Mas sou muito ciumenta, e tento não demonstrar!! pois muitas mulheres ainda ligam para ele, ate quando estamos juntos. Mas eu sou louca por ele, ele diz que gosta muito de mim, que sou especial para ele. Eu quero me casar..e tenho medo dele não querer o mesmo. Um dia desses toquei nesse assunto...ele falou que não devemos apressar o futuro e que devemos dar tempo ao tempo...so que enquanto isso tenho medo dele me abusar....pois ja temos relações.......e ele quer que eu faça tudo com ele!!!! De-me um conselho...fico com ele ou acabo enquanto é cedo… É não estou muito envolvida? tenho 18 anos e ele 27.

Anónima, 18 anos


Cara Anónima:

Parece-me que o teu principal problema é a falta de confiança que tens nele, devido ao seu passado. As pessoas mudam, e tudo o que te têm dito leva a crer que ele está mesmo mudado. Mas o facto dele não pensar a sério no vosso futuro causa-te muita insegurança, pois o facto dele dizer para dar tempo ao tempo faz-te sentir com medo de que tu não passes de uma conquista temporária e que passado algum tempo ele te troque por outra pessoa. Se tu gostas dele, e achas que ele também gosta de ti, então deves levar as coisas com calma. Vocês ainda namoram há pouco tempo, e o tempo que estiverem juntos irá permitir que os dois se conheçam melhor. São assim as relações. Tu estás a precipitar-te um pouco, pois o teu medo de perder faz com quem tu andes muito nervosa e com pressa. Tens de ter paciência e ver como o namoro corre. Não deverás acabar com o namoro, só porque tens medo de sofrer se as coisas não correrem bem. O amor não é fácil, e muitas vezes as coisas não correm como planeado. E muitas vezes sofremos. Mas é um risco que tens de decidir se estás disposta a correr para encontrar a felicidade com ele. Pensa bem no que te disse e ouve o teu coração.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Dom Jan 23, 2011 3:18 pm

Joana : “Acho que ele me trai”

“Sou casada há 23 anos e sempre tivemos uma boa relação. Mas ultimamente estou preocupada porque o meu marido parece mais distante e já comecei a pensar que deve ter outra mulher.”

Cara leitora, a comunicação no casal é essencial, mesmo que descubram partes de vocês mesmos difíceis de aceitar. Não alimente os seus medos apenas com base na distância dele: pode dever-se a problemas no trabalho, problemas financeiros, alguma preocupação que lhe quer poupar... Talvez precise da sua ajuda e tenha também medo de a pedir, ou de assumir que tem alguma dificuldade. Fale com ele sem o pressionar a exprimir qualquer coisa (que até pode não existir!), mostre-se disponível e aberta a ouvi-lo e mostre que gostava de o poder apoiar e compreender, sem vergonha de lhe mostrar que se sente insegura e com medo da sua distância.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Jan 28, 2011 11:03 pm

A minha namorada dormiu com muitos homens antes de me conhecer…

Caro Dr. Coração:

Vivo uma questão muito dificil. Namoro ha meses com uma rapariga. Nosso namoro tem sido marcado por intrigas. Ela tinha uma vida muito farrista e boemia antes de comecarmos. Tenho varias pessoas, inclusive da minha familia que sao contra nosso namoro dizendo que ela não vai me respeitar. Agora, estou descobrindo as coisas que ela fazia. Ela já deve ter dormido, nos seus 20 anos, com pelo menos uns 15 homens. Acho isso absurdo, pois sempre gostei de coisas mais reservadas. Agora, tem uns tipos que estao dizendo por aí que já sairam com ela, contando até detalhes do que fizeram, e o pior é que eu não posso fazer nada para apagar isso. As vezes penso que se ela tivesse um pingo sequer de decencia, eu nao estaria ouvindo estas coisas. Meu nome ta rodando e eu to ficando aborrecido com isso. No fundo eu a amo, mas fico com o coração partido por estar vivendo isso. Pensei até em mudar de cidade, mas eu fico na duvida se novos problemas assim vao continuar surgindo. Eu preciso de ajuda, pois não sei o que devo fazer…

Anónimo


Caro Anónimo.

A única coisa que interessa é que tu amas a tua namorada. Tu não podes fugir dos problemas e tens de enfrentá-los. Se tu queres ser feliz com ela, tens de deixar de ligar ao passado dela. Ela fez muitas coisas questionáveis, mas foi tudo antes dela te conhecer. As pessoas mudam com o tempo. Tenho a certeza de que ela se sente muito arrependidada da vida que teve, mas ela não pode fazer nada para apagar o passado. Cabe a ti decidir se o teu amor por ela será suficiente para superar os comentários sobre o passado dela e ultrapassar essa situação. Se achas que ela não mudou e que não queres mais ouvir comentários sobre ela que te afectam muito, então mais vale acabar as coisas agora. Mas se não consegues viver sem ela, terás de fazer um esforço para confiar mais nela e ignorar o que os outros dizem, e concentrar-te apenas em ser feliz com ela. È uma decisão difícil, mas que só tu poderás tomar. Ouve o teu coração e segue o que ele te diz.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 9 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 8, 9, 10, 11  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Joquebede mãe de Moisés e Maria mãe de Jesus
» Jardim santa maria - zona leste de são paulo - capital
» Revista CTA - Volume 2 - para todos
» Revista 103 dicas e macetes em eletrônica
» As irmãs já podem tocar na Orquestra da CCB Vitória das mulheres! Gloria Deus!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A LIBERDADE É AMORAL :: E O VERBO SE FEZ PALAVRA...-
Ir para: