A LIBERDADE É AMORAL

Local de discussão livre sobre todos os temas sociais.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 9, 10, 11  Seguinte
AutorMensagem
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Set 22, 2010 8:36 pm

Eu traí o meu namorado...

Caro Dr. Coração:

O meu namorado descobriu que o trai. O que faço para demonstrar com gestos palavras que estou arrependida e para reconquistar a confiança dele novamente?

Anónima


Cara Anónima:

Tu sabes que comesteste um erro ao trair o teu namorado. Infelizmente, não será muito fácil ele recuperar a confiança em ti novamente, por mais que ele goste de ti. A única coisa que podes fazer é mostrar-lhe dia a dia que estás arrependida e o tempo ajudará a que ele se sinta cada vez mais à vontade contigo. Não importa muito o que lhe digas. O mais importante é fazer com que ele perceba que estás realmente arrependida. E terás de esperar o tempo que for necessário até que ele te perdoe. Mas isso é algo com que terás de viver, devido ao erro que cometeste.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Set 23, 2010 11:54 am

Carlos : “Ela não larga o vibrador”

“Eu e a minha mulher procurámos sempre animar a nossa vida sexual. Há uns meses comprámos um vibrador, mas agora eu já estou farto de o usar e ela continua a insistir.”

Caro leitor, o uso de objectos que proporcionem maior diversão é sempre saudável. Todavia, não tem de consentir no uso de objectos ou em brincadeiras com as quais não está de acordo. Não é legítimo que a sua companheira exija a sua participação. Converse com ela e mostre-lhe que a sexualidade apenas resulta se ambos concordarem e tiverem motivação.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:12 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Set 23, 2010 4:42 pm

Como faço com que ela deixe o namorado?...

Caro Dr. Coração:

Ja curti com ela tres vezes mas ela tem namorado. Como lhe devo pedir para q ela termine com o namorado e namore comigo?

Anónimo


Caro Anónimo:

Parece-me que essa rapariga não procura ter uma relação séria contigo, mas apenas em curtir. Se não fosse esse o caso, ela já teria deixado o namorado por ti. Por isso, acho que não deverias alimentar esperanças dela deixar o namorado por ti. Se gostas mesmo dela, então deverás falar com ela e dizer-lhe o que sentes. Mas deves estar preparado para ela não querer deixar o namorado e manter as coisas como estão agora.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Set 24, 2010 11:59 am

Anónima : "Fico excitada quando o vejo nu"

"Amo o meu marido, e já somos casados há dez anos, mas ainda continuo a sentir-me muito excitada quando o vejo nu. As minhas amigas queixam-se de sentirem menos desejo pelos maridos, por isso penso se será normal eu sentir-me assim tão excitada…"

Cara leitora, a reacção que tem ao ver o seu marido sem roupa não deve deixá-la preocupada e com a sensação de estar a fazer algo imoral. Pelo contrário, é muito positivo que, ainda hoje, fique com o coração acelerado e que o seu corpo manifeste impulsos com a nudez do seu marido. Alie o útil ao agradável, uma vez que se sente excitada aprenda a usar a imaginação e a desenvolver o seu poder de sedução, para que juntos possam embarcar num jogo envolvente rumo ao auge do prazer, desenvolvido pela cumplicidade conjugal. A sua desenvoltura sexual não pode nem deve ser encarada por si como algo anormal ou vergonhoso. Aproveite ao máximo os momentos da vossa intimidade conjugal.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:13 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Set 24, 2010 8:09 pm

Não sei de quem gosto mais...

Caro Dr. Coração:

Eu namorei 4 anos com um rapaz, mas ele traiu-me e nos separamos. Nesse tempo que estivemos separados, começei a curtir com um amor antigo que amei muito no passado. Mas eu e o meu ex voltamos, mas sinto falta do outro. Por favor ajuda-me a decidir quem eu amo mais.

Flavia, 20 anos


Cara Flávia:

Tu tens de decidir com quem tu achas que conseguirás ter um futuro, sob o risco de alguém ficar magoado. Tu reataste com o teu namorado, mas nem tudo está perfeito pois sentes falta do outro rapaz. Se tu queres mesmo ser feliz, deverás pensar nos motivos pelos quais tu estás a pensar noutra pessoa. E mais importante, saber se tu, em conjunto com o teu namorado, conseguirão recuperar a confiança que tinham antes e resolver os vossos problemas de forma definitiva. Se achas que os problemas que têm nunca serão resolvidos, por mais que tentem, então mais vale acabar com a relação e tentar um futuro com o outro rapaz. Seja qual for a tua decisão, alguém irá sofrer. Mas quanto mais tempo adiares a decisão, mais tempo demorarás a encontrar a felicidade.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Set 25, 2010 12:53 pm

Pedro : “As minhas colegas deixam-me louco”

“Tenho 26 anos e comecei a trabalhar numa empresa maioritariamente composta por mulheres, que usam uma farda que acentua as linhas do corpo de forma muito sensual. Quando estou no trabalho fico muito atraído por algumas colegas e quando me aproximo mais o cheiro delas deixa-me louco…”

Caro leitor, a aparência física e o odor corporal são, sem dúvida, muito importantes nas relações interpessoais. O facto de ficar perturbado com o corpo e com o cheiro das suas colegas pode dever-se ao facto de que elas demonstram a feminilidade que tanto o atrai numa mulher. Não existe qualquer problema em um homem admirar a beleza de uma mulher, desde que isso não interfira com a sua capacidade de as respeitar e de fazer o seu trabalho de forma eficiente.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:13 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Set 25, 2010 7:32 pm

Eu deixei-o para que ele pudesse ser feliz com outra mulher...

Caro Dr. Coração:

Gostava que me pudesses ajudar a aliviar toda esta minha dor.
Estava a namorar com um homem de quem ainda amo muito,e por amar tanto,fiz o que tinha que ser feito.
Soube que o coraçao dele batia por outra mulher, e que tinha duvidas no que sentia por ela, por a ter amado mais de 10 anos.
Terminei a relação ha 2 dias dizendo k o amava mas k sabia que ele amava outra nulher e que tinha que ir buscar as respostas as duvidas dele, ou seja, entreguei o meu amor as maos de outra mulher, e desde 2 dias atras que não consigo parar de chorar.
Ele ao ouvir tudo o k disse,chorava tambem e so me dizia que eu era a mulher mais linda do mundo,que nunca pensou que eu fosse abdicar do amor dele,para ele ir ter com outra mulher,mesmo sabendo k eu ia sofrer muito,disse que jamais ira esquecer o que fiz, e que agradecia por o acto que fiz.
Doi demais,nao sei descrever o que sinto, o que penso, o que senti ao terminar a relaçao para ele ser feliz com outra pessoa.

Anónima


Cara Anónima:

Tu fizeste um sacrifício pelo teu namorado, pois apesar de o amares, sentias que o coração dele estava dividido por outra mulher. Ele provavelmente gostava tanto de ti, que nunca iria fazer nada para procurar uma mulher que tanto tinha amado no passado. Mas tu sabias no teu íntimo, que ele apesar de gostar de ti, tinha também sentimentos por outra mulher.
Muitas pessoas não fariam o que terias feito. Mas tu gostavas tanto do teu namorado que sentias que ele nunca seria totalmente feliz se estivesse contigo,. pois estaria sempre presente no seu pensamento o antigo amor. Claro que o facto de o teres perdido, faz-te sofrer bastante por alguém que amavas muito. Não existe uma resposta fácil para continuar com a tua vida. Apenas terás de viver dia a dia sem ele e um dia o tempo ajudará a esquecê-lo. Não será fácil nos primeiros tempos, mas às vezes gostamos tanto de uma pessoa que estamos dispostos a fazer sacrifícios por ela, mesmo à nossa custa. E será esse pensamento que nos deverá fazer continuar a nossa vida e esperar encontrar outro homem que nos preencha o coração da mesmo forma que o teu antigo namorado preenchia.
Muita força para ti.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Dom Set 26, 2010 2:08 pm

Manuel : “Não tenho prazer com ela”

“Tenho um relacionamento com uma rapariga de quem gosto muito e com quem me identifico, mas ela não me consegue excitar e não tenho prazer quando temos relações. O que hei-de fazer?”

Caro leitor, tente ter uma conversa e abordar este assunto de uma forma subtil e, depois de iniciada a conversa, tente encaminhá-la no sentido que pretende. Quando ela fizer alguma coisa que o satisfaça sexualmente, demonstre-o através de gestos ou de carinhos para que ela possa perceber bem a mensagem que lhe está a transmitir, se, ao contrário, ela fizer algum gesto que não lhe agrade e que não o satisfaça, comunique isso de forma carinhosa demonstrando como prefere que ela lhe toque.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:13 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Dom Set 26, 2010 9:58 pm

Ele traiu-me mas quero reconquistá-lo...

Caro Dr. Coração:

Namorei 2 anos com um rapaz mais novo do que eu , ele dizia que me amava muito pelo que resolvi namorar c/ ele depois de muita insistencia dele. Ele conquistou-me mas depois traiu-me. Terminei com ele e agora estou a sofrer muito. Quero reconquista-lo o que deverei fazer? Por favor ajuda-me!

Anónima


Cara Anónima:

Tu não consegues deixar de pensar nesse rapaz que te traiu. Mas não podes esquecer que ele te magoou ao trair-te com outra rapariga. Deveria ser ele a tentar voltar para ti e não o contrário. Parece-me que ele não gosta tanto de ti como tu gostas dele, pelo que apesar de estares a sofrer por ele, a longo prazo, talvez o melhor será continuar com a tua vida e esquecê-lo. É complicado, pois tu namoraste com ele durante dois anos, mas mereces alguém que te considere a única mulher da sua vida e que nunca pensasse noutra mulher. Tens de seguir em frente com a tua vida. Caso continues a pensar nele, apenas irás continuar a sofrer por alguém que não merece esse esforço. Mas a decisão é toda tua. Só te peço que reflictas bem no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Set 27, 2010 12:09 pm

Luisa : "Tenho 60 anos e sou virgem…"

"Já tenho 60 anos mas conheci um senhor com quem gosto muito de estar. Os sentimentos dele são recíprocos e estamos a pensar em casar. No entanto, sinto-me receosa, porque ainda sou virgem. Ainda estou a tempo de iniciar a minha vida sexual? Que cuidados devo ter?"

Cara leitora, antes de iniciar a sua vida sexual é aconselhável que consulte um médico ginecologista, para ser examinada, pois um dos problemas que podem surgir será a dificuldade na ruptura do hímen. Outro problema que poderá surgir é o da falta de lubrificação, pois com o passar dos anos a vagina deixa de ser tão lubrificada e, consequentemente, fica mais sensível. Provavelmente, será necessário utilizar um gel lubrificante, ou mesmo, em casos mais extremos, efectuar um tratamento de substituição hormonal, de modo a compensar o seu organismo.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:14 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Set 27, 2010 6:20 pm

Sinto um vazio na minha relação...

Caro Dr. Coração:

Namoro ha 5 anos com um homem de 48 anos. ja terminamos varias vezes mas sempre voltamos. ele nao pensa em casamento. Acho q o relacionamento esta desgastado, da minha parte, agora estou sentindo um enorme vazio dentro de mim! As vezes fico muito nervosa com ele. Por favor ajuda-me!!!

Anónima, 29 anos


Cara Anónima:

Parece-me que a relação que vocês têm não terá um futuro e tu também já percebeste isso. Ele não pensar em casar-se contigo e vocês têm tido diversos problemas e conflitos ao longo destes últimos cinco anos. Por isso, acho que deverias pensar se deverias continuar a esforçar-te para manter uma relação que apenas te faz sofrer. Tu mereces uma relação que te faça sentir completa e que preencha a tua vida, e não o contrário. Tu ainda és uma rapariga nova, com um futuro à tua frente e ainda estás a tempo de encontrar alguém que te faça sentir bem e que queira passar todos os momentos contigo e que acima de tudo, esteja disposto a partilhar o resto da tua vida contigo. E não me parece que consigas isso da tua actual relação. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Set 28, 2010 12:04 pm

Rui : “Penso noutras quando faço amor”

“Estou casado há seis anos e amo a minha mulher. Mas ultimamente dou por mim a fantasiar que estou com outras mulheres quando faço amor com ela. Sinto-me culpado, pois ela não merece…”

Caro leitor, não é o único homem a ter esse tipo de comportamento, pois é bastante comum que os homens pensem noutras mulheres quando têm relações sexuais. De facto, as mulheres também pensam noutros homens quando estão a ter relações sexuais com os seus maridos ou namorados, portanto não deixe que isso afecte a sua vida sexual ou emocional. Procure dinamizar a vossa vida sexual e fugir à rotina que parece ter-se instalado, a qual também contribui para que imagine outras mulheres. Uma vez que continua a amar a sua esposa, volte a vê-la como alguém sensual por quem se apaixonou, faça-lhe uma surpresa, ofereça-lhe uma lingerie ousada e concentre-se exclusivamente nela, apreciando cada pormenor da vossa relação.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:14 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Set 28, 2010 5:57 pm

Ele está a evitar-me..

Caro Dr. Coração:

Conheci um homem, segurança numa discoteca onde costumo ir, ele parecia muito interessado em mim, vive a 100 kilómetros de mim, e veio estar comigo, é lindo, durante 15 dias as coisas andaram bem (até demais) num dia na discoteca eu bebi e abracei-me a um amigo meu. O meu namorado não gostou e ficou a semana toda sem falar comigo, no outro fim-de-semana eu voltei a discoteca, meu namorado me cumprimentou e parecia tudo bem.
No final eu queria estar com ele, mas disse-me que queria ir para casa que estava cansado, quando chegasse me ligava, se realmente estava em casa ou não isso não sei, mas ligou! Um dia na semana marcou para sairmos e não apareceu desligando o telemóvel... deixei mensagem no telemóvel, ligou-me dizendo que teve uma emergência de trabalho...
Eu acreditei mas ficou de vir passar o sabado todo o dia comigo e fez o mesmo não apareceu e desligou o telemóvel, fui a discoteca estava tudo bem, falei com ele na terça e disse-me que era melhor acabar nossa relação, porque precisava dum tempo para estar sozinho. Sozinho sentia-se melhor... Gosto dele mas não sei que fazer.

Madalena


Cara Madalena:

Infelizmente, parece-me que esse rapaz já não está tão interessado em ti como estava no passado. Ele já nâo faz esforços para passar o pouco tempo livre disponível que tem e como não quer magoar os teus sentimentos tenta evitar-te.
Se tu vires bem os sinais que ele está a enviar, chegas à conclusão de que tens de seguir em frente com a tua vida e deitar esta relação para trás. Nem sempre as relações evoluem como nós gostaríamos e foi o que aconteceu neste caso. A atracção inicial acabou por desaparecer e por isso tens de continuar com a tua vida e tentar encontrar alguém que goste tanto de ti como tu gostes dela. A decisão é tua, mas tu no teu íntimo sabes o que tens de fazer.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Set 29, 2010 1:08 pm

Lurdes : “Ele já não quer fazer amor”

“De há uns meses para cá, o meu companheiro não quer ter relações sexuais comigo. Anda a maior parte do tempo fora de casa e muitas noites nem volta, diz que está a trabalhar e a fazer serão, mas quando ligo para o emprego dele dizem-me sempre que ele não está. Será que estou a ser traída?”

Cara leitora, os sinais parecem ser claros... Converse com o seu companheiro sem utilizar um tom acusativo, tente saber se existe alguma razão que faça sentido para que ele evite estar em casa, passar noites fora ou fazer amor consigo. Se continuar a ter suspeitas, faça-lhe uma visita ao emprego e assim saberá se ele diz a verdade.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:14 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Set 29, 2010 5:12 pm

Sou eu que o procuro sempre...

Caro Dr. Coração:

Tenho 18 anos e vivi um amor de 2 anos com um namorado que foi o meu primeiro. Tinha na época 15 anos e agora tenho 18. Ele me fez sofrer muito há uns 8 meses atrás quando ele me procurou... saimos e foi optimo mas agora de vez em quando eu saio com ele. Mas não é a mesma coisa...
O pior de tudo é que me envolvi com um rapaz que é cantor e acabei por me envolver com ele. Quando está comigo demonstra gostar de mim mas desaparece e nem dá sinal... Sou eu que sempre o procuro... estou a sofrer muito pois me sinto usada ... sempre que ele quer estou lá mas ele nunca está quando eu quero... O que faço pra conseguir tirá-lo da minha vida ou colocá-lo de vez?

Anónima, 18 anos


Cara Anónima:

Parece-me que esse rapaz não está interessado numa relação séria contigo... Ele gosta de ti, mas não ao ponto de querer ter um futuro contigo. Ele apenas está contigo quando ele quer e muitas vezes não te dá o apoio quando mais precisas dele. Tu mereces melhor do que isso e por isso devias fazer um esforço para tirá-lo definitivamente da tua vida. Tu um dia irás encontrar alguém que goste a sério de ti e que queria estar contigo todos os os dias e acima de tudo ser alguém em que confies. Por isso, deves não pensar mais nele e acabar tudo. A decisão é tua, mas peço-te que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Set 30, 2010 1:11 pm

Sandra : "Engravidei do meu ex…"

"Namoro com um rapaz há cinco anos mas há um ano atravessámos um período de zangas, e nessa altura estive com um ex-namorado e acabámos por nos envolver sexualmente. O problema é que engravidei, e contei ao meu namorado o que se passava. Apesar de ele ter aceitado a verdade, fico perturbada quando ele olha para o meu filho, pois não sei como se sente na verdade."

Cara leitora, se, apesar de tudo, o seu namorado está ao seu lado é porque ele a ama verdadeiramente e porque o que ambos sentem um pelo outro é tão forte que consegue ultrapassar todas as barreiras. Acredite nos sentimentos do seu namorado e tente não focar tanta energia no passado – e lute pela sua felicidade.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:15 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qui Set 30, 2010 4:28 pm

Ele ama-me como a uma irmã..

Caro Dr. Coração:

olá.. Eu sou a Marcela e namorei durante 1 ano e 1 mês mas o via todos os dias. Praticamente moravamos juntos ele terminou de mim pq disse que não me ama mais e sente por mim uma amizade muito grande... como amor de um irmão ... e não sei o que fazer... Mas mesmo assim nao distanciei dele e às vezes praticamos sexo.. O que devo fazer?

Marcela


Cara Marcela:

Muitas vezes, as pessoas de quem gostamos não sentem o mesmo por nós. E foi o que aconteceu no teu caso. A vossa relação já terminou pois ele sente apenas amizade por ti e nada mais. Enquanto continuares a ter sexo com ele, irás continuar a ter esperanças de que ele volte para ti. Mas isso não irá nunca acontecer e tens de ter noção disso. Tens de seguir em frente com a tua vida e esquecê-lo. Caso o não o faças corres o risco de não encontrar ninguém que te faça feliz pois estás presa ao passado. Tu mereces mais do que isso, mas enquanto pensas nele podes estar a perder oportunidades de conhecer alguém que te ame a sério. Por isso, tens de seguir com a tua vida.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Out 01, 2010 1:39 pm

Sandro : "Ejaculação retardada"

"Já tenho ouvido falar sobre a ejaculação precoce e estou mais ou menos esclarecido sobre o tema. No entanto, sei que também existe a ejaculação retardada e gostava que me explicasse o que é…"

Caro leitor, a ejaculação retardada é o oposto da precoce, a qual se manifesta com menor frequência. Como tal, os homens têm dificuldade em atingir o orgasmo por uma série de causas, que podem ser físicas ou psicológicas. Se o homem estiver sob o efeito de bebidas alcoólicas, drogas ou medicamentos, estas situações podem ocorrer. Outra das causas possíveis é o homem retardar deliberadamente a ejaculação. Por fim, as preocupações que o homem possa sentir no momento da relação sexual também dificultam a própria erecção e a ejaculação.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:15 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sex Out 01, 2010 5:26 pm

Ela dormiu com outros homens depois de termos começado a viver juntos...

Caro Dr. Coração:

Eu conheci uma rapariga que dormia com um amigo meu, através dele. Um dia ela discutiu com a tia com quem morava, que tentou força-la a voltar para a cidade onde moravam os seus pais. Ela ligou desesperada p/ o meu amigo que a convenceu de que ela ñ precisava ir pq tinha um amigo que morava só e que podia aceitá-la lá, e esse amigo era eu.
Na mesma noite ele me ligou e explicou a situação dela, e eu disse a ele que ñ tinha problemas de ela ir morar comigo, mesmo pq eu sempre achei-a uma gatinha, e eu acabei concordando. (...) Uma dia ele levou-a para a minha casa, mas já era noite e eu eu já estava de saída p/ uma festa... então eu disse a ela p/ ficar a vontade p/ arrumar suas coisas, pq eu já estava saindo (...) só que como eles já tinham curtido antes, acabaram aproveitando o momento e dormiram mais uma vez e na minha cama, depois ele me contou e nem fiquei zangado pois eu não gostava dela na altura.
Acontece que nós dormíamos juntos na mesma cama depois de uns 2 dias eu tb dormi com ela e comecei a gostar dela, mas eu percebí que eu ñ conseguia confiar nela e ainda ñ consigo, pq ela sempre estava com a agenda dela cheia de nº de telemóveis de homens e eu comecei a sentir fortes ciúmes. Então começaram as nossas 1º discussões e conforme os dias íam se passando eu ficava mais desconfiado ainda, pq ela ia muito p/ o sítio onde morava antes.
Nós já estamos juntos ha 3 meses e ha 4 dias atrás eu pedí p/ me casar com ela e ela aceitou. Há 2 dois dias depois descobrí no meio das coisas dela uma lista dos homens com quem ela já tinha dormido (...) e o que mais me partiu o coração foi que depois de mim, tinha mais homens na lista.
Esperando que ela chegasse do trabalho impaciente (...) quando ela chegou, eu a encostei na parede e perguntei de quem eram os nº que eu encontrei na agenda dela e ela disse que eram só os amigos dela, então eu perguntei se ela tinha dormido com alguns daqueles homens(...) ela mentiu-me.
Eu sou muito romantico e carinhoso talvez seja esse meu maior erro, por ser assim gosto de ser retribuído e ela só faz o mesmo quando eu a encosto na parede, quando eu pergunto dela se ela gosta de mim, mas eu queria que ela fizesse isso por vontade própria o que ñ acontece. A verdade é que ela ñ gosta de mim eu percebo isso e sabendo disso ñ consigo me conformar em saber que ela ñ gosta de mim e assim confesso que a sufoco com isso, o problema é que eu ñ sei viver sem ela e estou completamente apaixonado.(...)
No outro dia, sem que ela me pedisse desculpas pelo que fez, como sempre ñ pede mesmo, aconteceu que eu mesmo voltei a falar com ela, pq eu ñ aguentei ficar mais um dia sem fazer amor com ela e ao invés de ela aproveitar o momento e me pedir desculpas pelo que fez, ela simplesmente dormiu mais uma vez comigo como se nada tivesse acontecido. eu esperava mais dela, mas infelizmente estou apaixonado por ela.(...)
Se eu tivesse forças pediria a ela que fosse embora e me deixasse viver sem ela que assim seria mais feliz, pois viveria sem sofrer. Essa é minha intenção mas eu não consigo tomar nem uma atitude em relação a isso, estou cego e aqui peço ajuda. Será que posso fazer com que ela deixe de ser assim e continuo com ela ou será que é melhor esquecer-la e tentar a sorte com outra?(...)
Eu penso: se ela já faz isso agora que o relacionamento é intenso, ainda estamos nos conhecendo,imagine quando nos casarmos, ela fará pior, já que vai estar acostumada a saber que quando ela erra eu perdoo.
Como eu disse: se eu pudesse ñ me arriscaria a casar-se com ela, ñ posso pq ñ tenho forças, pois estou completamente cego por ela e já que eu a quero tanto e ñ consigo tomar uma atitude de manda-la embora da minha vida por estar apaixonado. Quero que diga-me o que fazer p/ ela gostar de mim, é tudo o que eu mais quero nessa vida.
O que devo fazer? Acabar tudo ou tentar fazer com que ela mude.. Não sei mais o que dizer...

Roger


Caro Roger:

Por mais difícil que te custe, acho que só tens uma solução. Acabar a relação com essa rapariga e continuar em frente com a tua vida. Tu no íntimo, sabes que ela não gosta tanto de ti como tu a amas. Ela já te traiu várias vezes e tenho a certeza de que ela o continuará a fazer, mesmo que case contigo.
Se tu não queres sofrer mais, então tens de acabar tudo. Ela vai tentar aproveitar os sentimentos que tens por ela e o facto de quereres ter sexo com ela para tentar convencer-te do contrário. Mas tens de ser forte e pensar se queres viver uma vida infeliz, numa relação onde não confies na tua mulher e passarás os dias todos a pensar se ela te continua a enganar.
Mais vale acabar já com a relação. Mas a decisão é tua. Só te peço que penses nas minhas palavras e que reflictas mais com a razão do que com o coração.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Sab Out 02, 2010 9:19 pm

Manuela : “Engolir o esperma…”

“Quando faço sexo oral com o meu namorado, não gosto de engolir o esperma. No entanto, uma amiga disse-me que o esperma traz alguns benefícios para a saúde – mas não acreditei, e gostava de saber se isso é verdade...”

Cara leitora, alguns livros sugerem que o esperma é benéfico para o organismo, contribuindo, principalmente, para hidratar e manter a beleza da pele, devido à gordura que possui. Contudo, os benefícios do esperma são bastante relativos, isto é, dependem do estado de saúde em que se encontra o homem portador do esperma. Se este estiver doente, o esperma funciona como um transmissor de microrganismos e não acarreta qualquer tipo de benefícios. Se o homem estiver de perfeita saúde, o esperma não tem qualquer tipo de malefícios porque é uma matéria limpa, apesar de ser viscosa.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:16 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Dom Out 03, 2010 1:34 pm

Sinto um vazio na minha relação...

Caro Dr. Coração:

Namoro ha 5 anos com um homem de 48 anos. ja terminamos varias vezes mas sempre voltamos. ele nao pensa em casamento. Acho q o relacionamento esta desgastado, da minha parte, agora estou sentindo um enorme vazio dentro de mim! As vezes fico muito nervosa com ele.por favor ajuda-me!!!

Anónima, 29 anos


Cara Anónima:

Parece-me que a relação que vocês têm não terá um futuro e tu também já percebeste isso. Ele não pensar em casar-se contigo e vocês têm tido diversos problemas e conflitos ao longo destes últimos cinco anos. Por isso, acho que deverias pensar se deverias continuar a esforçar-te para manter uma relação que apenas te faz sofrer. Tu mereces uma relação que te faça sentir completa e que preencha a tua vida, e não o contrário. Tu ainda és uma rapariga nova, com um futuro à tua frente e ainda estás a tempo de encontrar alguém que te faça sentir bem e que queira passar todos os momentos contigo e que acima de tudo, esteja disposto a partilhar o resto da tua vida contigo. E não me parece que consigas isso da tua actual relação. Espero que penses no que te disse.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Out 04, 2010 12:20 am

Carina : “Masturbei-me no elevador do prédio”

“Após ter estado com o meu namorado e de ele me ter levado até à porta do prédio onde vivo, tive um súbito acesso de loucura e não resisti a masturbar-me no elevador. Serei normal?”

Cara leitora, o facto de se ter masturbado num local de passagem como o elevador do prédio onde vive, e onde pode ser surpreendida pelos seus vizinhos, acarreta alguns riscos que deve ter em atenção. No entanto, se o acto da masturbação for realizado de forma equilibrada, é algo altamente saudável pois permite a satisfação e o bem-estar pessoal. Deste modo, se este acto for realizado de maneira ponderada, a masturbação não deve ser encarada como algo de anormal. Alguns teóricos são da opinião de que a satisfação ao nível sexual se reflecte inevitavelmente na vida emocional, profissional e social. Desta forma, se a masturbação for encarada de um modo positivo e responsável poderá trazer repercussões positivas para o indivíduo.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:16 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Seg Out 04, 2010 12:40 pm

Mariana : “Quais os efeitos dos afrodisíacos?”

“As minhas amigas dizem que vão com os namorados às sex-shops comprar afrodisíacos. Mas eu não entendo bem como podem ter assim um efeito tão grande na vida sexual.”

Cara leitora, os afrodisíacos são produtos que, quando ingeridos, têm como finalidade o estímulo e aumento do desejo sexual, e têm, de facto, efeitos práticos. São agentes químicos ou naturais e podemos encontrá-los em vários alimentos. Por ser uma técnica usada há séculos e por variados povos, é utilizada uma grande selecção de condimentos, aromas e incensos para estimular o apetite sexual. Os alimentos e condimentos afrodisíacos mais comuns são a pimenta, os morangos, a canela e as ostras. Com estes e outros ingredientes, podemos preparar receitas que despertam os sentidos e aumentam o prazer e o desejo sexual. Também existem agentes químicos, prescritos por especialistas, que despertam a vida sexual, ajudando na obtenção da erecção. Porém, há que ter cuidado ao ingerir este tipo de produtos afrodisíacos pois alguns, quando em excesso, podem causar efeitos secundários muito perigosos.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:16 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Ter Out 05, 2010 2:34 pm

Ele só está com a namorada por pena...

Caro Dr. Coração:

Tenho algumas duvidas. Estou saindo com um rapaz e ele e eu somos grandes amigos ha muito tempo. Dormimos juntos no ano passado mas agora eu e ele demos um tempo... mas agora ele esta namorando. Por eu e ele semos bons amigos conversamos muito e eu sei que o namoro dele so nao acabou ha muito tempo por pena.
Ele me deu o telemóvel dele e pediu-me para ligar , contudo ja se passou uma semana e eu nao sei se devo ligar ou nao. Uma parte de me diz para ligar e lutar por nos dois. A outra parte de mim nao quer ligar porque tem medo de se magoar. Gostaria que me desses um conselho.

Anónima


Cara Anónima:

Tu estás dividida, pois tens medo de sofrer. Mas tens de pensar se gostas dele o suficiente para arriscar. Vocês os dois são amigos muito próximos e sabem o que cada um sente pelo outro. Alguém tem de dar o primeiro passo. E não me parece que seja ele, pois ele tem medo de magoar a namorada. Por isso, devias ligar-lhe a combinar um encontro para falarem do que sentem um pelo outro e saber se ele estava disposta a deixar a namorada para ficar contigo. Mas só deverás ligar-lhe se tiveres a certeza de que estás disposta a arriscar a tua amizade e se tiveres indícios de que ele também estará disposto a lutar por vocês os dois. Caso seja esse o caso, não deves ter medo de procurar a felicidade... As coisas podem não correr bem, mas pelo menos saberás que fizeste o possível para estar com ele e ficarás de consciência tranquila para seguir com a tua vida.

Dr. Coração
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Qua Out 06, 2010 1:56 pm

Jorge : “Não sei como dizer-lhe...”

“Tenho um relacionamento de dois anos com a minha namorada, de quem gosto muito, mas há uns meses traí-a. Não significou nada para mim mas agora sinto-me culpado por lhe esconder isso. O que devo fazer?”

Caro leitor, a decisão de contar à sua namorada que a traiu depende da forma como encara esta relação. Se acha que esta é a relação da sua vida, provavelmente o melhor será contar toda a verdade. Todavia, e para que não carregue o fardo do sentimento de culpa, o melhor é esclarecer tudo. Com esta atitude, terá a oportunidade de perceber se os sentimentos que a sua namorada nutre por si são verdadeiros e sinceros e se o aceita com todas as suas qualidades e defeitos, incluindo tudo o que fez no passado. Mas tenha consciência de que perdoar uma traição não é fácil, nem todas as pessoas conseguem fazê-lo.


Última edição por Anarca em Dom Out 10, 2010 8:17 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...   Hoje à(s) 1:08 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
REVISTA MARIA, E NÃO SÓ - PODEM ACREDITAR...
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 4 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5 ... 9, 10, 11  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Joquebede mãe de Moisés e Maria mãe de Jesus
» Jardim santa maria - zona leste de são paulo - capital
» Revista CTA - Volume 2 - para todos
» Revista 103 dicas e macetes em eletrônica
» As irmãs já podem tocar na Orquestra da CCB Vitória das mulheres! Gloria Deus!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A LIBERDADE É AMORAL :: E O VERBO SE FEZ PALAVRA...-
Ir para: