A LIBERDADE É AMORAL

Local de discussão livre sobre todos os temas sociais.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Dom Out 11, 2009 2:58 pm

Só mudam algumas moscas no novo Governo PS...

Não posso no entanto de ficar enojado com a nova táctica do PS, que os lambe botas se apressam a repetir até á exaustão:

"Os Partidos devem viabilizar um Governo PS pois a situação do País exige que a Oposição seja responsável"

Vamos lá chamar as coisas pelos nomes e desmontar o sofisma com a seguinte comparação:

Alguns membros de uma família que habitam uma casa comum, chamam a si a gestão da Habitação...

Durante este período, vendem os móveis, esvaziam a dispensa, roubam as pratas, alojam malfeitores, deixam o lixo e a porcaria inundar a casa, etc...

Será justo que os outros familiares deixem os mesmos "gestores" continuar a obra e sejam chamados a pagar as despesas de recuperação da habitação?

É uma questão que vos deixo...


Última edição por Anarca em Qui Maio 27, 2010 12:05 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Seg Out 12, 2009 2:24 pm

Cavaco Silva indigitou José Sócrates como primeiro-ministro

O Presidente da República indigitou hoje o secretário-geral do PS, José Sócrates, como primeiro-ministro, indica uma nota da Presidência da República

(Sol)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qui Out 22, 2009 10:31 pm

Sócrates apresenta o "novo" Governo PS

Parece uma remodelação Salazarista, conhecida como "A MUDANÇA DE CADEIRAS"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Sab Out 24, 2009 4:10 pm

A Procissão

Tocam os sinos da torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Vai passando a procissão.

Mesmo na frente, marchando a compasso,
De fardas novas, vem o solidó.
Quando o regente lhe acena com o braço,
Logo o trombone faz popó, popó.

Olha os bombeiros, tão bem alinhados!
Que se houver fogo vai tudo num fole.
Trazem ao ombro brilhantes machados,
E os capacetes rebrilham ao sol.

Tocam os sinos na torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Vai passando a procissão.

Olha os irmãos da nossa confraria!
Muito solenes nas opas vermelhas!
Ninguém supôs que nesta aldeia havia
Tantos bigodes e tais sobrancelhas!

Ai, que bonitos que vão os anjinhos!
Com que cuidado os vestiram em casa!
Um deles leva a coroa de espinhos.
E o mais pequeno perdeu uma asa!

Tocam os sinos na torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Vai passando a procissão.

Pelas janelas, as mães e as filhas,
As colchas ricas, formando troféu.
E os lindos rostos, por trás das mantilhas,
Parecem anjos que vieram do Céu!

Com o calor, o Prior aflito.
E o povo ajoelha ao passar o andor.
Não há na aldeia nada mais bonito
Que estes passeios de Nosso Senhor!

Tocam os sinos na torre da igreja,
Há rosmaninho e alecrim pelo chão.
Na nossa aldeia que Deus a proteja!
Já passou a procissão.

(António Lopes Ribeiro)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Ter Out 27, 2009 2:57 pm

Cavaco Silva: "O carácter dos homens é duradouro"

O discurso directo do Presidente da República ao dar posse ao XVIII Governo Constitucional, encabeçado pelo senhor José Sócrates em 26-10-2009, é preferível à exegese ou teleologia de opinadores que interpretam sem respeitar as palavras pronunciadas. Disse o Prof. Cavaco Silva:

"Nunca faltei à palavra dada e aos compromissos que assumi, em público ou em privado"

"Os cargos públicos são efémeros, mas o carácter dos homens é duradouro."


PS: Para bom entendedor...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qua Nov 04, 2009 1:10 pm

O Ministro da Defesa, Santos Silva fugiu ao Serviço Militar

O ministro da Defesa, Augusto Santos Silva, não cumpriu o serviço militar obrigatório, apurou o Correio da Manhã.

De acordo com fonte do gabinete do titular da pasta, o governante passou à reserva territorial. Santos Silva, que na anterior legislatura detinha os Assuntos Parlamentares, assumiu agora a Defesa.

(Correio da Manhã)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qui Maio 27, 2010 4:29 pm

PS - Francisco Assis rejeita redução do número de deputados

O líder parlamentar do PS, Francisco Assis, rejeitou hoje que o número de deputados à Assembleia da República, 230, seja excessivo, considerando que essa discussão «é oportunista» e não é uma prioridade

«Não é sério num momento de crise estar a fazer uma discussão dessa natureza. Isso não é uma prioridade do país nem isso é um problema do país», afirmou Francisco Assis, em declarações aos jornalistas no final da reunião da bancada do PS.

Francisco Assis defendeu que o país «não tem um excesso de número de deputados» e disse que o PS «não está disponível» para discutir a sua eventual redução, criticando os que usam o tema «de forma oportunista e demagógica».

«É muito fácil denegrir a Assembleia da República ou qualquer Parlamento do mundo porque há sempre alguns demagogos que estão sempre disponíveis para participar nessas cruzadas», criticou.

Sobre a petição pública que recolheu 20 mil assinaturas em defesa da redução do número de deputados de 230 para 180, Assis frisou que «há uma diferença entre a rua e o Parlamento».

«Compreendo que as pessoas que assinam não têm o mesmo grau de responsabilidade. Há uma certa diferença entre o Parlamento e a rua. No dia em que desaparecer a diferença entre o Parlamento e a rua, o Parlamento deixa de ser necessário. E no dia em que o Parlamento deixar de ser necessário a democracia está em perigo», disse.

Para o líder parlamentar socialista, a única questão que se poderia colocar é «saber se o modelo de representação eleitoral é o mais adequado».

Francisco Assis ressalvou no entanto que «também esse tema perdeu actualidade face à crise com que o país está confrontado».

«Não é preciso uma revolução no sistema eleitoral mas alguma mudança no sentido de tornar mais visível a relação de representação política porque grande parte dos portugueses não conhecem os seus deputados, sobretudo nos principais círculos eleitorais do país», disse.

De qualquer forma, acrescentou, uma iniciativa no sentido de alterar o modelo eleitoral deve «reunir consenso prévio» dos partidos.

«É preciso consenso, não vamos fazer nenhuma reforma eleitoral para eliminar os pequenos partidos da Assembleia da República ou que não assegure a correcta representação de todo o território do país», disse.

(Lusa/SOL)


PS: Mamar é preciso...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qui Maio 27, 2010 4:32 pm

É politica da terra queimada...

Estes BANDIDOS... vão fazer essa politica até serem corridos...

Todos os meses Emitem 1000 milhoes em divida publica , é contractos com Lisconts , é Parcerias Publico-Privadas , é TGV , é 3ª Ponte , é contractos de Advogadas que por serem Boazonas vão ganhar o dobro ... Não se sabendo que favores fizeram... ele é acessores de Ministros que não estão sujeitos a normas em vigor etc etc etc etc...

Bom ainda faltam 3 anos para eles queimarem tudo o que RESTA DO PAIS

Quando o Passinhos entrar para o governo irá ficar com uma boa HERANÇA

Fica com os ossos porque já não terá mais nada para roubar visto que os XUXAS Roubaram tudo o que havia para roubar...

O Passinhos Coelho irá ficar a DANÇAR O TANGO DE TANGA E SOZINHO MESMO...

(Sol - ultimo, em 2010-05-27)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Dom Jun 27, 2010 8:48 pm

O PS não é de esquerda. É um partido de interesses e cada vez mais anti-trabalhadores e classe média.

27.06.2010

O PS é o principal responsável pela situação caótica a que Portugal chegou.
Salários muitos baixos , caos na Saúde, desertificação do interior, caos na Justiça, encerramento de escolas no interior, Desemprego estrutural e galopante, não produtividade, uma Educação sem qualidade e sem capacidade de competir no exterior, falta de formação profissional.
No extremo oposto salários escandalosos no Banco de Portugal, nas Empresas Públicas, nos cargos directivos da Administração Pública.
Corrupção sem fim.
A política de grandes centros comerciais matou o comércio tradicional e a vida nas ruas e avenidas das cidades e vilas.
A emigração vai levando os mais jovens para fora do País e aqui ficam os mais velhos, os reformados, os funcionários públicos.
Nada se produz.
Portugal vive das remessas dos emigrantes, dos apoios da União Europeia e dos empréstimos contraídos no estrangeiro.
Só o sector do Turismo resiste.
Todos os sectores estão em mãos estrangeiras, com especial relevo para Espanha.
Tem de haver responsabilização por esta tragédia.
Derrubar o governo de José Sócrates é um imperativo.
Está na hora de uma moção de censura terminar com o poder do PS e impedir a morte súbita de Portugal.

(Publicada por José Maria Martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qui Jul 01, 2010 8:25 pm

O Socratismo

Começo por uma explicação sumária do socratismo. O socratismo consiste num sistema político de poder análogo àquele que vigora na Rússia: é um putinismo brando. A sua versão socratina tem um esquema teórico-prático simples: uma super-estrutura política, um nível intermédio da Maçonaria, dos media, da finança e das cúpulas judiciais, e uma infra-estrutura de informações. A superestrutura tem um círculo interior, ramificações de fidelidade e lóbi, e convivas aliados nos agrupamentos adversários (CDS-PP, PSD, Bloco de Esquerda e PC). A Maçonaria (a irregular e a regular) no seu culto do poder, comércio de favores e agenda radical, providencia uma rede subterrânea de protecção e atenuação de tensões. Os media são controlados directa e indirectamente, através de financiamento, administradores e editores de confiança. A finança troca o seu patrocínio e dependência política pelo saque. E das cúpulas judiciais espera-se que contenham ataques e exerçam a acção punitiva sobre os adversários. Mas na base do poder socratino estão as informações. É este o segredo do socratismo, que se procura esconder com o máximo esforço e cuidado, «por questões de segurança» : as informações são a força de suporte e projecção do seu feixe de poder.

(Portugal Profundo)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Sex Jul 09, 2010 5:03 pm

Ricardo Rodrigues - do PS - perdeu , foi derrotado em Tribunal no caso do furto dos gravadores.

8.7.2010

O Tribunal Cível de Lisboa mandou o deputado Ricardo Rodrigues dar uma volta, indeferindo a providência caurtelar.
Ricardo Rodrigues pensou que aqui no Continente as coisas eram como são nos Açores.
Vai daí tirou - o termo técnico é furtou - os gravadores aos jornalistas, na maior, na melhor, na mais mediática acção de violação de direitos ocorrida na Assembleia da República, às descaradas .
Depois Ricardo Rodrigues pensou "legitimar" a sua conduta metendo uma providência cautelar e entregou os gravadores no tribunal!
Este tipo de comportamento é típico de uma certo tipo de pessoas que pensa que com manobras de diversão legitima comportamentos anti-sociais.
O Tribunal mandou Ricardo Rodrigues para o "Nordeste", dar de comer aos priolos, para não dizer mandou-o dar uma curva, ou dar de comer aos cagarros!
Veja-se aqui: http://diario.iol.pt/politica/sabado-entrevista-ricardo-rodrigues-tvi24-ultimas-noticias-gravadores/1176200-4072.html
É este tipo de gente que temos nos centros do Poder!
Quero ver Ricardo Rodrigues julgado e condenado!
Para ele aprender!
Quando se viu entalado pensou que metendo uma providência cautelar se safava!
Nos Açores concerteza, aqui no Continente nas coisas piam mais fino.
Para voltar lá para a Associação Agrícola., que aqui no Continente não tem espaço!
Sócrates vai arrepender-se de ter estes individuos no seu " inner circle".
Quando Sócrates for corrido do Governo vai levar Ricardo Rodrigues como assessor para qualquer espaço de recuo!
Que vivam os dois felizes no estrangeiro!
Mesmo agora foi noticiado que o juiz mandou entregar os gravadores aos jornalistas. Veja-se aqui:http://diario.iol.pt/politica/ricardo-rodrigues-gravadores-sabado-jornalistas-tvi24-ultimas-noticias/1176309-4072.html

E é Ricardo Rodrigues deputado!

(Publicada por josé maria martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qui Jul 15, 2010 1:31 pm

Quem são os parasitas ?

16.02.2009

Este é o governo socialista que temos, o governo que se diz de esquerda, mas que revela no seu congresso, número não sei quantos, que o seu verdadeiro pavor é ter medo que o eleitorado de esquerda, decida de vez, votar mesmo na esquerda.

Contradições que só se podem explicar, pelas políticas anti-populares do seu governo, que aproveita a crise para se vitimizar, bem como o seu e infelizmente nosso "chefe", que igualmente agradece a "campanha negra", para se fazer de vítima quando os indícios, mesmo que venham a ser arquivados, como se espera, o chamusquem politicamente, como as mentiras que já se provaram ter dito.

As políticas "socialistas" são reveladas pela forma como trata os seus próprios contratados, substituindo as suas obrigações de empregador directo, pela de contratador de serviços a empresas alugadoras de mão de obra.

Empresas de trabalho temporário, que no fundo constituem mais uma deriva, por forma que empresas parasitárias, explorem e ganhem dinheiro agenciado trabalhadores eventuais.

Empresas essas, que brincam com quem não tem forma de se defender, a quem pagam salários miseráveis, quando lhes apetece, não respeitando os encargos que esses mesmo assalariados têm com terceiros, para já não falar no estômago próprio os dos seus filhos.

Miserável este governo, que só tem olhos para defesa dos interesses dum tal Manuel Fino e restantes parasitas, na mira de eventual futuro emprego.

Os favores pagam-se dentro das famílias, quando acabarem a governação.

(Claras o Contestatário)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qua Ago 11, 2010 8:46 pm

Narciso Miranda e mais de uma centena de militantes com ordem de expulsão do PS

11.08.2010

Ordem de expulsão. Ao fim de 30 anos de militância, Narciso Miranda terá de abandonar as fileiras do PS, assim como mais de cem militantes que nas últimas eleições autárquicas encabeçaram ou integraram listas opositoras às do partido para assembleias de freguesia ou órgãos das câmaras municipais.

A deliberação foi votada pela Comissão Nacional de Jurisdição do PS, numa reunião que decorreu na quinta-feira da semana passada e que deu por concluídos os processos disciplinares instaurados pelas estruturas de jurisdição distrital do Porto, Coimbra e Bragança.

"Se isso aconteceu, é uma atitude kafkiana, para não dizer estalinista", reagiu Narciso Miranda, garantindo nunca "ter sido ouvido nem notificado para nada". E promete luta: "Se isso aconteceu, o passo seguinte é o recurso para os tribunais civis. Mas eu não acredito que seja verdade", declarou o ex-presidente da Câmara de Matosinhos. Ao que o PÚBLICO apurou, durante o processo de inquérito todos os militantes abrangidos por esta decisão receberam nota de culpa com prazos para apresentarem a sua defesa. As notificações foram sempre remetidas para as moradas constantes dos ficheiros do partido, mas Narciso alega que nunca as recebeu.

Em rota de colisão com o PS, que não acolheu a sua pretensão de se candidatar à presidência da autarquia matosinhense após o interregno de um mandato, Narciso Miranda decidiu desafiar obediências e candidatou-se à frente do movimento Matosinhos Sempre, acompanhado de dezenas de militantes socialistas. Perdeu para o militante socialista Guilherme Pinto, que ganhou um segundo mandato com maioria relativa. Narciso passou à oposição. O PÚBLICO apurou que, destes cem casos de expulsão, cerca de 80 são relativos a militantes da concelhia de Matosinhos.

Perante as notícias de que os órgãos jurisdicionais do PS-Porto iriam actuar para sancionar a rebeldia, Narciso Miranda insurgiu-se contra "purgas", exigia ser ouvido pelo presidente da Jurisdição Nacional e avisava que levaria o caso até às últimas consequências. Invocando o exemplo de Manuel Alegre, que se candidatou nas últimas presidenciais quando Mário Soares já tinha recebido o apoio oficial do PS, resumia a ameaça de sanções disciplinares a um "ajuste de contas" por parte do actual líder distrital do PS-Porto, Renato Sampaio. Confrontado ontem com a decisão da Comissão de Jurisdição, Sampaio não quis fazer qualquer comentário.

De acordo com os estatutos do PS, a pena de expulsão é a sanção disciplinar máxima, que só pode ser aplicada "por falta grave". Uma das situações previstas é "a que consiste em integrar ou apoiar expressamente listas contrárias à orientação definida pelos órgãos competentes do partido, inclusive nos actos eleitorais em que o PS não se faça representar". Foi o que aconteceu com Narciso Miranda e todos os outros militantes socialistas que integraram as várias listas (câmara e freguesias) que se candidataram pelo movimento Matosinhos Sempre. Além de Matosinhos, no distrito do Porto foram também expulsos militantes que se candidataram em listas independentes em Valongo e Marco de Canaveses.

Este tipo de situação não é, no entanto, novidade nas hostes do PS. Nos últimos anos, foram também expulsos vários militantes de Felgueiras que se candidataram nas listas do movimento Sempre Presente, de Fátima Felgueiras, que promoveu uma candidatura independente à Câmara de Felgueiras na sequência do processo Saco Azul e da sua fuga para o Brasil. Uns anos antes, também dezenas de militantes do PS de Vila Nova de Famalicão foram igualmente expulsos por idênticos motivos.

(Público)


Comentários:

pmafilosofo . 11.08.2010 15:22
"Se fosse o PC, era o fim do mundo em cuecas"
O PC expulsa por opiniões divergentes. Aqui a questão é outra: militantes de um partido que concorreram em listas contra ele.

Marcos Souza . 11.08.2010 13:13
Chavescos
O cerco aperta. Quem é que hoje não tem MEDO?

Norma Lobo . 11.08.2010 12:48
E O MANUEL ALEGRE?
Então o poeta não cabe nos pressupostos que levam à expulsão do pê-eche?....não se candidatou contra o xuxa-mor ?? ehehe..lá se vai o "home "das "sondages"...

nibiru . 11.08.2010 12:46
Todos podres,todos parasitas
A classe politica é parasitaria! A classe politica é podre! A classe politica mente! A classe politica não presta! A classe politica faz mal aos Portugueses! Acordem seus carneiros formatados!

elcid . 11.08.2010 12:33
grande argolada
O sr. Narciso e os outros deram um tiro no pé.....deviam já saber k o PS de hoje tem um regime de pastoreio:o grande pastor fala e a manada acéfala acena que sim;como recompensa são distribuidos «jobs«,tachos e nomeações para toda a carneirada.Nada disto implicava esforço ou trabalho,era só dar o amen ao chefe e as carreiras iam progredindo tanto mais depressa quantos os amen dados.Agora temo por vosso futuro,sem experiencia,com alguma idade.......,podem sempre ir filiar-se noutro partido!!

clinical . 11.08.2010 11:04
Que vergonha !
Sou militante, ou melhor, era militante, porque vou entregar o cartão e deixar de ser, e considero esta decisão uma vergonha nacional. Então o PS não se rege por uma conduta democrática onde se aceita democraticamente as diferença de opinião ? Mas em que partido se está tornar o PS ? Castiga-se por divergir ? Está mais que comprovado que com estes dirigentes, o PS só será um partido de esquerda democrática se estiver na oposição, porque quando governa se transforma num partido neo-liberal com tendencias ditaduriais.

João de Lima . 11.08.2010 10:36
Último acto
É o último acto de todas as ditaduras; a purga dos melhores.

Poeta num Pais de Liricos . 11.08.2010 09:47
"atitude kafkiana, para não dizer estalinista"?
O Narciso transformou-se numa barata, vai ser julgado sem 'merecer' e ainda por cima cumprir a pena num gulag? Dava um filme!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Ter Ago 17, 2010 1:44 pm

PS - Sócrates vai a Matosinhos por ‘provocação’

A rentrée do PS está a ser marcada por guerras internas. Narciso Miranda acusa o líder de dar prioridade a questões ‘mesquinhas’ e de ‘mercearia’

O PS já conseguiu o feito de transformar a sua rentrée numa feia discussão doméstica. A pesar de Sócrates ir discursar a Mangualde no próximo fim-de-semana, o arranque do seu ano político é só daqui a três semanas em Matosinhos. Mas a escola desta cidade, um lugar maldito em 2004, e a expulsão de vários militantes locais, entre os quais Narciso Miranda, está a abrir feridas no PS.

O ex-autarca de Matosinhos considera que a escolha da sua terra para o comício da rentrée socialista, dia 4 de Setembro, é «uma provocação indecorosa». Em declarações ao SOL, acusa mesmo José Sócrates de ter tomado essa decisão para «ajudar» a recandidatura de Renato Sampaio à federação do Porto.

«Vejo esta escolha por razões de mercearia e razões mesquinhas. É uma interferência do secretário-geral nas eleições para a federação», afirma. Esta leitura é, aliás, partilhada por dirigentes do PS mais próximos de Sócrates, que estranham o desejo do líder em abrir uma nova frente de polémica que estava adormecida.

Por causa da marcação da rentrée, o Conselho de Jurisdição do PS reuniu-se na semana passada para concluir o processo de expulsão de cerca de 100 militantes de Matosinhos por terem integrado uma lista às últimas eleições autárquicas, liderada por Narciso, contra o candidato oficial do PS.

O antigo autarca, que vai recorrer da decisão quando for notificado, queixa-se de nunca ter sido ouvido e de o processo estar cheio de erros processuais, cometidos por «gente com a ambição do poder».

Recorde-se que Narciso Miranda caiu em desgraça no PS com o caso da lota de Matosinhos, na campanhas das europeias, em 2004. O então cabeça-de-lista Sousa Franco morreu depois da visita à lota em que militantes do PS afectos a Narciso entraram em confronto com os de outra facção, de Manuel Seabra. Depois de alguns anos na sombra, Seabra foi reabilitado politicamente por Sócrates, que o promoveu à Comissão Nacional e lhe deu um lugar de deputado.

Guerra no Porto

Grande parte dos militantes de Matosinhos agora expulsos são apoiantes do adversário de Renato Sampaio, José Luís Carneiro (próximo de figuras como Francisco Assis e António José Seguro). Daí que o ambiente esteja a aquecer.

Esta semana, Carneiro recebeu o apoio de mais duas figuras do PS, Manuel dos Santos e Vera Jardim, e o outro lado reagiu de imediato. A governadora civil do Porto, Isabel Santos, apoiante de Renato Sampaio, disse ao SOL que «estranha» o apoio de Vera, um militante de Lisboa, e lança a farpa: «Surpreende-nos que, sendo provedor do Consumidor, no caso recente da agência de viagens Marsans não se tenha revelado tão preocupado e tão afoito quanto com esta candidatura que nem sequer é da sua federação». «São factos que registamos e relevamos face à sua provecta idade», acrescenta.

A importância das eleições para as federações que ocorrerão a partir de Outubro é maior do que em anos anteriores, pois joga-se aí o futuro do PS. Numa altura em que os socialistas não sabem se vai haver ou não eleições antecipadas, cabe aos dirigentes eleitos fazer as novas listas de deputados e jogar com os alinhamentos em torno do actual líder e dos seus possíveis sucessores. Renato Sampaio, por exemplo, é um socrático da primeira fila e uma eventual derrota poderia significar um sinal do isolamento do socratismo.

‘Purga’ em Coimbra

Em Coimbra, José Sócrates e André Figueiredo, secretário-nacional para a Organização, estão no centro de outra polémica.

«Não quero crer que o camarada André Figueiredo esteja a tomar parte de uma purga eleitoral interna no PS. O camarada não repete em Coimbra aquilo que fez na Guarda. Não o permitirei. Este é um primeiro aviso», afirmou ao SOL o actual presidente da federação socialista, Victor Baptista, que se candidata de novo ao cargo. Em causa, o facto de não ter tido acesso aos cadernos eleitorais até dia 9 de Agosto. Baptista escreveu dois ofícios a Sócrates, alertando-o para a situação, mas não obteve resposta.

Em resposta ao SOL, o gabinete de imprensa do PS comentou que «os cadernos eleitorais devem ser enviados até 9 de Agosto» e que «enviados não é o mesmo que disponibilizados».

(helena.pereira@sol.pt)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qui Ago 19, 2010 1:05 pm

Uma corja de parasitas dá... parasitarismo! - Portugal nada produz

18.08.2010

A corja socialista e maçónica está a destruir Portugal.
Portugal hoje é um território e não já um Estado.
A nível da agricultura nada se produz em função das necessidades.
Os agricultores engordam com subsidios e à sombra da bananeira!
Cada vez se produz menos nos campos.
Veja-se a notícia aqui: http://diario.iol.pt/economia/cereais-agricultura-ine-agencia-financeira/1185381-4058.html
Esta gente do Governo e os donos das terras pensam que o trabalho é para os outros!!!
Como quer José Sócrates diminuir o défice se há horror ao trabalho,se não há planeamento estratégico?
Esta gente está habituada a "comer" os fundos comunitários, ao negócio dos pareceres, ao negócio da corrupção, ao tráfico de influências.
O que interessa aos parasitas é coutadas de caça; campos de golfe, subsidios para não produzir, alcavalas nos negócios, grandes obras públicas para os grupos económicos engordarem. E descanso, calanzice, muita calanzice!
Sem polícia independente, com um Ministério Público amordaçado, com juízes com medo do Poder dos Partidos e da maçonaria nos órgãos disciplinares,tudo se encaminha para uma guerra civil, nos próximos tempos.
Cambada de vigaristas!
É necessária nova Revolução, a sério!
O Povo não pode ser mula de carga, nem parvos amestrados!
Revolta civica, já!

(Publicada por josé maria martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Sex Ago 27, 2010 1:35 pm

PS deve estar preparado para eleições antecipadas

4.08.2010

O deputado socialista Ricardo Rodrigues afirma que «mais vale estar preparado para ir a eleições antecipadas do que ter um Governo que não tem estabilidade», em resposta às «ameaças» do PSD de um eventual chumbo do Orçamento do Estado para 2011

O Partido Socialista não deseja eleições antecipadas, mas deve estar preparado para o cenário. Em declarações à TSF, Ricardo Rodrigues afirma que se o Partido Social Democrata «insistir na tecla» do chumbo do Orçamento, o PS deve mobilizar-se para ir às urnas.

«Se o doutor Passos Coelho faz ameaças, se acha que pode ser um factor de instabilidade para o país... Nós não podemos estar de oito em oito dias na expectativa de que o principal partido da oposição quer criar eleições antecipadas, estando apenas à procura do melhor momento para que isso aconteça», afirmou o deputado socialista.

«Mais vale estarmos preparados para ir eleições do que ter um Governo que não tem estabilidade», reforçou.

SOL
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Sex Ago 27, 2010 1:38 pm

Um partido que tem nas suas fileiras um mãozinhas de veludo como Ricardo Rodrigues - que roubou gravadores aos jornalistas - está sempre preparado para eleições.
Um partido que tem nas suas fileiras o Provedor dos Trabalhadores Temporários, nomeado pelas empresas de trabalho temporário, Vitalino Canas, está sempre preparado para eleições.
Um partido que tem nas suas fileiras um tipo que se diz engenheiro sem o ser, José Sócrates, está sempre preparado para eleições.
Um partido que tem nas suas fileiras alguém que afirma que o BPN e o BPP não vão custar um cêntimo ao contribuinte, - Teixeira dos Santos (que recebe ajudas de custo por estar em Lisboa à 30 anos dando como morada oficial o Porto) - para depois verificarmos que a factura ficará em mais de 5 mil milhões de euros dos nossos bolsos, está sempre preparado para eleições.
Um partido que conta nas suas fileiras... com tantos outros grandes homens, que tanto têm feito por nós e nós ingratos que apenas refilamos no entretanto, mas chegado o momento votamos neles, porque esperamos que já tenham o suficiente para fazerem sobrar alguma coisa para nós, claro que está sempre preparado para eleições.
Nós é que não estamos. Por isso governem ou desgovernem, tanto se me dá, que eu meto sempre 5 euros de gasolina.

(Sol - bateferro, em 2010-08-26)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Sex Ago 27, 2010 6:17 pm

Gentalha socialista

26.08.2010

"Por mais quilómetros de estrada que façamos, por onde ele passa, o afecto, o carinho, a admiração e reconhecimento estão sempre presentes na atitude das pessoas."

Esta frase imbecil podia ter sido escrita por um reles propagandista de Estaline, Hitler ou de qualquer outro bandido que ainda anda por aí a infernizar a vida de muita gente.

Podia, mas não foi. As palavras são de um senhor que é do Secretariado do PS e chefe de gabinete do secretário-geral. É evidente que valem o que valem. Mas dizem muito do estado a que chegou o partido fundado por Mário Soares. O culto da personalidade, o medo e a subserviência são marcas óbvias da liderança do engenheiro relativo.

Acompanhadas, obviamente, de uma enorme tacanhez e pobreza de espírito. Pobre povo que tem de aturar gentalha desta.

(António Ribeiro Ferreira)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qua Set 01, 2010 4:23 pm

O Partido Socialista deve ser escorraçado do Poder - Para salvação de Portugal - Um novo Partido é necessário em Portugal

01.09.2010

Portugal vive há séculos nas mãos dos mesmos.
Os monarquicos eram iguais aos republicanos. Os republicanos têm os mesmos tiques dos que sempre destruiram Portugal.
Portugal afundou com a Inquisição.
A maçonaria Portuguesa nada mais é que um grupo de Poder e de manutenção no Poder.
A cartilha que é usada em Portugal vem desde Viriato.
As descobertas, o crescimento de Portugal, a Colonizaçao, só aconteceram porque o Mestre de Avis, D. João I, casou com D. Filipa de Lencastre, britânica, filha do futuro Rei de Inglaterra.
O periodo de ouro da nossa Historia - depois de 1383/1385 - tem uma razao: A cultura Inglesa em Portugal.
Quando chegou D. João III , religioso, fomentador da Inquisição, Portugal cristalizou.
Cristalizou não quer dizer cristianizou!
Depois veio o louco D. Sebastião, a Dominação Castelhana, D. Joao V e a sua loucura, a submissão aos interesses ingleses, franceses, espanhois.
Chegámos a 2010!
Socrates e o PS são a expressão da incompetência politica, do carreirismo maçónico e iberista.
Do dinheiro sobre os valores.
O Povo Portugues sabe que enquanto não mudar radicalmente esta politica, e esta gente do poder politica ,só caminha para a perdição.
Por isso é necessario um novo Partido, um partido que consiga romper com este estado de coisas.
Com gente diferente, que faça a diferença.
O PS e Mario Soares, o PS e Sócrates, são a expressao da Maçonaria americana, gasta e ultrapassada.
Os EUA, o Canada, a Europa serao cilindrados nos proximos 10 anos, pela China, pela Russia, pela India, pela Indonésia, pela Malásia, pelo Irão, pelo Pasquistão.
Os impérios são sempre ultrapassados.
Para Portugal é necessario uma Força Emergente, radicalmente diferente do PS e do PSD.
Os EUA nao podem já com um gato pelo rabo. A Europa está dependente da energia que nao tem, e foi ultrapassada pela Ásia.
Na América o Brasil e a Argentina ganharão o lugar aos EUA e ao Canada.
A Austrália será entalada pela Indonésia, sem ter o apoio dos EUA.
O Reino Unido e a França passarão a potenciazinhas!
Aliás, o Reino Unido e a França sabem que já nos anos 1960 a ex-Uniao Sovietica os ameçou de destruiçao aquando da crise do Canal do Suez!
Bom Povo Português, a Prisão do Tarrafal espera pela gente cobarde que tem destruido Portugal!
Peniche será a prisão dos maçons que tem destruído Portugal.
Um novo Partido, uma nova politica, um Novo Portugal.
Por Portugal!

(Publicada por josé maria martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Ter Set 21, 2010 6:32 pm

Economista do PS defende redução de salários na Função Pública

21.09.2010

Joel Hasse Ferreira, membro da comissão política do PS, diz não compreender a lentidão do Estado na redução da despesa.

"A redução das despesas na Administração Pública, em meu entender, deve passar pela redução dos salários", diz Hasse Ferreira, em entrevista à Renascença, sublinhando que o corte que tem sido feito "tem sido muito lento".

O economista do PS dá como exemplo as despesas do corpo central da administração pública, que "têm subido e não tenho uma explicação cabal para isso. Admito que haja, mas não a tenho", acrescentando que é precisamente aqui que "poderia haver um corte mais significativo".

Segundo Hasse ferreira, se a redução da despesa não for célere, Portugal poderá ter de recorrer aos mecanismos de apoio da União Europeia para corrigir as contas públicas.

"Se dentro de algumas semanas não houver alguma situação que evidencie maior controlo, julgo que é provável que [Portugal] tenha de recorrer aos mecanismos de apoio da União Europeia, que eu acho que são sempre mais compatíveis com manter um certo nível de crescimento do que uma intervenção do Fundo Monetário Internacional", alerta o socialista.

Segundo dados divulgados ontem pela Direcção-geral do Orçamento (DGO), o défice do subsector Estado cresceu 445 milhões de euros entre Janeiro e Agosto. Contas feitas, o défice atingiu 9,19 mil milhões de euros.

(Diário Económico)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Qua Set 22, 2010 7:04 pm

O Governo dos " boies" socialistas devoram tudo! Um Governo incompetente, de rastos, uma vergonha para a União Europeia

22.09.2010

Não tenho a menor dúvida que o FMI virá a Portugal intervir nos próximos meses, ou mesmo dias.

José Sócrates é o PIOR PRIMEIRO MINISTRO DA HISTÓRIA DE PORTUGAL.

Pior mesmo que João Franco, na Monarquia.

José Sócrates é só conversa, e beneficia de uma Oposição amorfa e sedenta de tachos, envolvida nos negócios do Estado, os únicos que lhe podem dar prebendas, pois sem eles definhava.

Hoje foi publicada no DR a Resolução do Conselho de Ministros sobre as taxas nas ex-SCUTS.

O Governo, fraco, incompetente, de José Sócrates devora tudo. Não há dinheiro que os portugueses paguem que cheguem para alimentar a maquinaria dos PSs nos tachos que os alimentam.

Gente sem preparação, que chega aos lugares pelo cartão do partido, pela pertença às lojas maçónicas, pelas funções nas fundações e associações - que depois sustentam o PS - vai comendo tudo.

Os portugueses podem pagar até o ar que respiram que o Governo é insaciável.

Um governo "Socialista" que mata o estado social, que nada mais faz que propaganda, está a destruir Portugal, perante um Cavaco Silva , sem poder real e sem vontade de enfrentar o Dinossauro socialista!!!

Portugal está sem Governo e sem Presidente da Republica.

Cavaco Silva deve esclarecer os portugueses em que medidas concretas gasta o enorme orçamento da Presidência da Republica, para ai umas 3 vezes o Orçamento da Casa Real Espanhola!

Cavaco Silva não pode desconhecer que o PS se prepara para diminuir os vencimentos dos trabalhadores, taxando-os, TUDO PARA ALIMENTAR A MAQUINA SOCIALISTA/MAÇONICA.

Que tritura os portugueses e engorda Espanha.

É necessário uma reacção.

Temos de levantar a cabeça!

Publicada por josé maria martins
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Seg Out 04, 2010 12:49 pm

RAPAR O ESTADO ATÉ AO FIM

03.10.2010

«Os socialistas do «aparelho» ainda não lhe tiraram o tapete, mais por calculismo e oportunismo. Enquanto os que puderem mamar com as duas mãos na teta pública a coberto do socratismo, vão continuar a «apoiá-lo», pois sabem que o futuro vai ser muito negro para o Partido dito socialista e é preciso aproveitar enquanto há tempo. Provavelmente, o Partido Socialista desintegrar-se-á ou então devia ser extinto pelo Tribunal Constituicional. O que não pode é ficar impune por todas as malfeitorias que fez a Portugal e aos portugueses.»

(Publicada por joshua)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Sex Out 15, 2010 6:25 pm

Braço direito de Sócrates acusado de tráfico de influências

15.10.2010

O deputado do PS diz que André Figueiredo, chefe de gabinete no Largo do Rato, o aliciou com promessa de cargo numa empresa pública a troco da sua não recandidatura ao PS de Coimbra.

Vítor Baptista, deputado e recandidato derrotado à liderança da federação distrital do PS de Coimbra, promete vender cara a derrota. Ontem escreveu uma carta (ver link relacionado) aos seus camaradas na bancada parlamentar, intitulada "Na calada da noite", onde volta a lançar graves acusações sobre o chefe de gabinete de José Sócrates no PS, André Figueiredo (também secretário nacional adjunto).

Segundo escreveu, Figueiredo tentou aliciá-lo a não se recandidatar oferecendo-lhe em troca "um qualquer lugar de gestor público, desde o Metro em Lisboa, à CP ou Refer, até acenavam com uma cenoura de 15 mil euros mensais".
André Figueiredo é acusado de, em conjunto com elementos da candidatura dada como oficialmente vencedora (liderada por Mário Ruivo, dirigente em Coimbra da Segurança Social), ter providenciado pelo "pagamento colectivo" de centenas de quotas de militantes, algo que o seu regulamento "não prevê".

(Diário de Notícias)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Ter Out 19, 2010 11:59 am

A "Al queda" do Partido Socialista

Irmãos, oremos!

O PS está sem bússola. Perdeu o norte.

Agora para justificar a porcaria que faz no Governo não tem o mínimo rebuço em se encostar à "Al queda"!

Isto se não fosse verdade era uma anedota total.

O "Engenheiro Civil" e inscrito na Ordem dos Engenheiros - como ele teve oportunidade de "piadar" , sem que lhe tenha sido imposto processo disciplinar - Sua Excelência o Ministro Lino, mais espanhol que os espanhóis "Soi iberista", veio descobrir o "Deserto do Calaari" ali para o lado do Freeport!

Imagino o que terá pensado o José Sócrates, de quem disseram que gostava muito de Alcochete!

Um deserto aqui ao lado e eu sem saber! Terá bosquimanos? E suricatas?

Tão engraçado!

Já por sua vez , o Dr. Almeida Santos, com aquela proveta idade que nos merece já um desconto intelectual, veio defender o Mário Lino, invocando como fundo da causa, os ataques bombistas às pontes!

Lá no fundo não sei se tão lídimas pessoas queriam referir -se à "Al Qaida", ou se tudo não passou de mais uma manifestação da grande "AL Queda" do PS, um trambolhão total.

Lá no fundo o PS está em pânico!

José Sócrates está velho - com a devida vénia o digo - e creio que na próxima viagem ao exterior já nem vai fazer jogging.

Está velho.

E o PS é uma gruta paleolitica.

Morreu!

Grande "Al queda".

Nao há pachora para esta incompetência.

Quero ir-me embora deste Portugal, já não aguento esta gaita, ou mudam o condutor ou eu mudo de autocarro!

Estou farto destes ministros , destes políticos, desta incompetência.

(José Maria Martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Ter Out 26, 2010 8:50 pm

Ex-deputado do PS acusado de 19 crimes de corrupção

26.10.2010

O Ministério Público acusou um ex-deputado do PS de 23 crimes, dos quais 19 são de corrupção passiva. Carlos Lopes é suspeito de prometer obras a troco de dinheiro para o partido.

Carlos Lopes, ex-deputado do PS pelo círculo de Leiria, foi acusado pelo Ministério Público de 23 crimes, dos quais 19 são de corrupção passiva. Em causa está uma investigação à campanha eleitoral para as eleições autárquicas de 2005 no concelho de Figueiró dos Vinhos. O antigo deputado é acusado pelo Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) de ter invocado aquela qualidade de forma a angariar dinheiro para a campanha eleitoral junto de construtores civis.

Na investigação levada a cabo pela Unidade Nacional Contra a Corrupção da Polícia Judiciária (UNCC) foi apreendida a Carlos Lopes uma lista, escrita em papel timbrado da Assembleia da República, que discriminava os "doadores" e os "não doadores" para a campanha. Isto num esquema, segundo o Ministério Público, de pagamentos "por fora".

De acordo com informações recolhidas pelo DN, o Ministério Público acusa Carlos Lopes - que era dirigente local do PS - de se ter aproveitado do facto de ser deputado para, nos contactos com os construtores civis a quem pediria dinheiro, aludir futuras obras públicas e concursos que iriam ser abertos, como forma de aliciar os empreiteiros.

A investigação apurou ainda que, no final da campanha, os arguidos aperceberam-se de que as contas não batiam certo.
O PS perdeu a autarquia e nos últimos dias de mandato do socialista Fernando Manata, os arguidos terão levado a cabo um esquema que levou a que fosse a autarquia a pagar algumas despesas partidárias. Terá sido assim com despesas de tipografia e com a contratação de um grupo musical. Esta despesa, segundo a acusação, entrou nas contas da Câmara de Figueiró dos Vinho na rubrica "Festas do Concelho".

Contactado pelo DN, o ex-deputado Carlos Lopes, actualmente chefe de gabinete do governador civil de Leira, rejeitou "por inteiro" a acusação do Ministério Público. "Em 2005, não tinha qualquer responsabilidade que me permitisse prometer obras em troca de favores", justificou ainda o Carlos Lopes, manifestando-se "completamente tranquilo e sereno" com a situação. "Quando fui ouvido na Polícia Judiciária, garantiram-me que não havia nenhuma suspeita de que eu tivesse obtido qualquer vantagem pessoal e isso convém sublinhar", declarou, ontem, ao DN o ex-deputado.

(Diário de Notícias)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO   Hoje à(s) 6:51 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PS - OS COVEIROS DA NAÇÃO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A LIBERDADE É AMORAL :: POLÍTICA-
Ir para: