A LIBERDADE É AMORAL

Local de discussão livre sobre todos os temas sociais.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Sex Ago 14, 2009 4:14 pm

“Sinto-me melhor como ser humano”

Peregrinação: Apresentador de televisão Jorge Gabriel fez 200 quilómetros a pé até à cova da iria.

Emocionado, Jorge Gabriel entra na Capelinha das Aparições e pede privacidade. O apresentador de televisão está no Santuário de Fátima como peregrino e reza aos pés da Virgem. Pelas 17h40 de ontem terminou a sua primeira peregrinação a pé, de mais de 200 quilómetros, iniciada em Santo Ovídeo, Gaia, quatro dias antes.

"Sinto uma comoção normal. Aquilo que se sente num lugar de tanta importância para aqueles que acreditam que a bondade ainda é o melhor dos sentimentos para com os outros, próximos ou mesmo os que não simpatizam connosco", explicou ao CM Jorge Gabriel, 41 anos, também treinador de futebol.

No final da peregrinação, organizada pela Associação Obra de Bem Fazer e que envolveu onze pessoas, o apresentador – que optou sempre pela discrição – sentia-se "mais completo como ser humano, como respeitador de um lugar [o Santuário] que está para além dos compêndios científicos".

Quase três horas antes de chegar ao Altar do Mundo – quando os 80 mil fiéis participantes na Peregrinação do Migrante e do Refugiado abandonavam Fátima –, Jorge Gabriel partia para a última etapa da jornada, iniciada pelas 16h00 de domingo, sob um sol abrasador. Próximo de Santa Catarina da Serra, explicou as razões da sua peregrinação: "Venho agradecer a Nossa Senhora o modo de vida que tenho. Entre o deve e o haver, tenho sido muito beneficiado."

As maiores dificuldades que sentiu "foram as dores físicas, musculares e nos pés". O apresentador de televisão, que faz exercício três vezes por semana, não se preparou para a peregrinação, mas aconselha o contrário: "É bom fazer umas caminhadas de preparação, porque envolvem músculos que não são usados noutros exercícios."

Quanto a repetir esta experiência, que envolveu "muita amizade e solidariedade", Jorge Gabriel afirma, sem hesitar: "Penso voltar a fazer uma peregrinação a pé."

(Correio da Manhã)


Última edição por Anarca em Ter Nov 16, 2010 6:47 pm, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Seg Ago 24, 2009 9:03 pm

O NOSSO CARIZ INTERNACIONALISTA...

Quando um português tem um grande problema pela frente costuma dizer que se vê grego.

Se uma coisa é extremamente difícil de compreender, ele afirma que isso é chinês.

Quem trabalha de manhã à noite é um mouro de trabalho.

Uma invenção moderna e mais ou menos inútil, é uma americanice.

Quem se gaba em excesso é amigo de espanholadas.

Quem vive com luxo e ostentação vive à grande e à francesa.

Se se faz algo para causar boa impressão aos outros é só para inglês ver...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qua Set 02, 2009 11:18 am

Portugal visto por um emigrante Português - I

Portugal de merda

Leio jornais de Portugal. Notícias sobre o Canadá, onde vivo parte do ano, e a cada parágrafo, um disparate. Como não sei se a ignorância desculpa tudo, prefiro esta sensação de desmazelo que vai dos jornalistas ao Estado(?). Aponte-se, no entanto, uma histeria patética, demagógica, habitual em líderes das comunidades que vivem em guetos (como parte da comunidade portuguesa da América do Norte). Curiosamente ninguém fala da razão pela qual decidiram sair de Portugal.

Vejamos: dizem que o novo governo do Canadá (Conservador mas em minoria no parlamento) está a cumprir a lei de forma mais rigorosa que o anterior (Liberal, também de minoria). Não é verdade. Os processos que dão lugar à expulsão do Canadá duram, em média, mais de 5 anos...

Apenas se verifica, neste momento, a aplicação de uma sanção, a parte final de um processo, depois de esgotados dezenas de recursos administrativos e judiciais. As pessoas que alegadamente irão ser deportadas «perderam» as respectivas «acções»; tiveram, pois, todas as hipóteses de defesa.

Mais de 90% destes casos são efectivamente ridículos, pois nos últimos 15 anos, o Canadá ofereceu diversas amnistias, sempre com uma base clara: os candidatos devem seguir a lei canadiana (basicamente terão de voltar a Portugal e esperar pelo deferimento do processo).

O que aconteceu? Na glória da ignorância, medo e miséria cultural vergonhosa que ainda dominam o povo lusitano, decidiram alegar que eram perseguidos politicamente em Portugal ou vítimas de intolerância religiosa. Tentaram, assim, na melhor tradição lusa, o «expediente», a «porta do cavalo». Andaram nisto durante anos e anos. Hoje queixam-se (?) e querem um tratamento «à portuguesa» num Estado de Direito, como é a confederação canadiana...

No entanto, a maior parte destes deportados apenas terá de voltar a Portugal durante alguns meses e se não tiverem cadastro criminal poderão requerer, sem artifícios, a legalização do processo.

No entanto, as pessoas que irão ser deportadas são vítimas não só da sua própria ignorância mas também do desmazelo das autoridades portuguesas que tiveram conhecimento destes factos durante anos e, como sempre, deixaram tudo para o último minuto.

Disse-o dezenas de vezes: os serviços diplomáticos de Portugal na América do Norte são medíocres e miseráveis. Também por isso, Portugal é visto como um liliputiano sem influência, atrasado e vaidoso na América do Norte. Um amigo diplomata canadiano dizia-me outro dia que nunca vira diplomatas tão mal preparados e...ricos.

A ironia é que o Canadá precisa destes emigrantes, pois na sua maioria são honrados trabalhadores que apenas desejam, legitimamente, sair de um Portugal de merda.

(AJC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qui Set 03, 2009 7:40 pm

Portugal visto por um emigrante Português - II

Definição de Portugal (algo negativa)
Poema, talvez.
Hoje fui ver o Benfica, na televisão de satélite, junto a uma associação portuguesa da diáspora, que não recebe subsídios e também não beija o ânus de ninguém.
Gosto de gente solitária e orgulhosa.
Lemos poemas.
Serviam Cozido à Portuguesa. Pedi uma versão vegetariana para as minhas amigas.
O Benfica ganhou e estou feliz.
Portugal é um catarro e não gosto desta gente grotesca que tomou conta das coisas.
Deixam a unha do dedo mindinho crescer
Tiram cera dos ouvidos com um canivete
Desconhecem o desodorizante, nunca vi tanta gente com caspa
Camões emigrou. Mário de Sá Carneiro aqui ao lado morreu
Eles não têm maneiras à mesa e cospem para o chão.
Batem nas mulheres e ejaculam nos filhos, desde que sejam políticos, ricos, do futebol ou médicos, estão perdoados (o meu partido não fode menores, o teu sim)
Votas? Votas em nós?
Comem com as mãos e não se lavam sempre.
Uns roubam o Estado, outros violam crianças. Crianças violam brasileiros pobres, que queriam mudar de sexo.
Gente tão pobre, miserável, nunca vi, roubam tudo
Um Bispo vai investigar. Como se fosse o Estado.
Gostas?
Lucros da droga assustam jornais, jornalistas são baratos, como os cidadãos,
Uns bebem, outros vão para as putas enquanto as mulheres engordam e fazem renda nuns carros parados ao sol e à chuva.
Golo. Servos e Senhores
Vejo centros comerciais, artistas de merda, mau gosto e nem sei se tenho espaço para este
Ressentimento:
Pátria de cobardes, onde estás Afonso de Albuquerque?
Jogas golfe no esgoto?
Poema, talvez
Existe um cheiro a desespero, alimento de gerações, são pequenos, têm falta de proteína.
Tirem-me esta nacionalidade já, tenho outras três.
A língua não é Vossa.
Poema, talvez.
Existe quem resiste, eu sei.

(AJC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Sex Set 04, 2009 9:15 pm

Portugal visto por um emigrante Português - III

Patéticos provincianos.

Portugal é um país provinciano, ainda muito atrasado, uma paróquia.

Até na forma como comentam as desgraças que julgam alheias – o terrorismo – percebe-se que a falta de preparação nem poupa os jornalistas, inclusive as novas gerações já com acesso a outro tipo de oportunidades e educação.

Estão, tantos e tantos, «comprados» desde sempre, que já nem sabem fazer a notícia pela notícia. Com pudor, respeito pela morte, sofrimento.

Veja-se, como exemplo tonto, a forma como os políticos, até de âmbito regional, se colocaram em bicos dos pés para tornarem públicas, muito públicas, as «suas» condolências. Quem quer saber disso, a não ser um povo de patéticos provincianos?

(AJC)

PS - O autor é um emigrante Açoriano
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Sab Set 05, 2009 10:19 pm

Portugal visto por um emigrante Português - IV

Sondagens não científicas / visões da América

Como habitualmente aqui fica mais uma «sondagem» feita «sobre» Portugal, junto de amigos turistas:

- Leite: não se percebe a razão pela qual o leite em Portugal, em 90% dos casos, está nuns pacotes que duram 3-5 meses. Pior, ninguém sabe que químicos são utilizados. Na América do Norte 99% do leite consumido é «leite do dia». O leite que se consome em Portugal tem um sabor muito estranho para quem não está habituado ao «pacote químico»...

- Higiene: as pessoas nem sempre cheiram muito bem. Especialmente no Verão existe um sério problema de higiene. Tema tabu, mas está lá. Percebe-se, cheira-se.

- Almoços e jantares sempre com álcool. Bebe-se muito. Ao nível profissional e político é uma questão cultural. Menores a beber é o dia a dia.

- Fumar: quem não fuma está sujeito a cancro do pulmão mesmo que não queira. Neste aspecto Portugal é o terceiro-mundo em estado puro (a minha terra açoriana, tem, aliás, as maiores taxas de cancro do pulmão da Europa comunitária!)

- Código de estrada: estamos na presença da mais inqualificável barbárie.

- Corrupção: «é preciso um papel/declaração de uma Câmara Municipal “regional”. A funcionária disse que iria demorar um mês. No mesmo dia, o senhor da imobiliária conseguiu o papel mediante uma oferta, um presente».

- Falta de civismo. Falta cidadania. Vejam como os deficientes são tratados. Repare-se nos passeios e acessos a edifícios públicos.

- Os idosos com dificuldades económicas são sujeitos a privações terríveis. A segurança social parece injusta, miserável e dominada pelo favor político, expediente.

- Crueldade contra animais. É comum, quase banal, sem consequências, ver animais, habitualmente cães, cavalos e burros sujeitos a maus-tratos.

- O voluntariado tem níveis de participação ridículos. A ajuda voluntária mete quase sempre a igreja católica como intermediário ou ambições de visibilidade política (vejam-se os bancos alimentares de nível regional).

(AJC)

PS - Ainda bem que no Canadá, onde este nosso emigrante vive, é tudo melhor...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qua Set 09, 2009 10:43 am

Portugal visto por um emigrante Português - V

Esta é a ditosa pátria minha amada. Não.
Nem é ditosa, porque o não merece.
Nem minha amada, porque é só madrasta.
Nem pátria minha, porque eu não mereço
A pouca sorte de nascido nela.

Nada me prende ou liga a uma baixeza tanta
quanto esse arroto de passadas glórias.
Amigos meus mais caros tenho nela,
saudosamente nela, mas amigos são
por serem meus amigos, e mais nada.

Torpe dejecto de romano império;
babugem de invasões; salsugem porca
de esgoto atlântico; irrisória face
de lama, de cobiça, e de vileza,
de mesquinhez, de fatua ignorância;
terra de escravos, cu pró ar ouvindo
ranger no nevoeiro a nau do Encoberto;
terra de funcionários e de prostitutas,
devotos todos do milagre, castos
nas horas vagas de doença oculta;
terra de heróis a peso de ouro e sangue,
e santos com balcão de secos e molhados
no fundo da virtude; terra triste
à luz do sol calada, arrebicada, pulha,
cheia de afáveis para os estrangeiros
que deixam moedas e transportam pulgas,
oh pulgas lusitanas, pela Europa;
terra de monumentos em que o povo
assina a merda o seu anonimato;
terra-museu em que se vive ainda,
com porcos pela rua, em casas celtiberas;
terra de poetas tão sentimentais
que o cheiro de um sovaco os põe em transe;
terra de pedras esburgadas, secas
como esses sentimentos de oito séculos
de roubos e patrões, barões ou condes;
ó terra de ninguém, ninguém, ninguém:
eu te pertenço. ƒÉs cabra, és badalhoca,
és mais que cachorra pelo cio,
és peste e fome e guerra e dor de coração.
Eu te pertenço mas seres minha, não

(Jorge de Sena, um emigrante destas Américas)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qua Set 09, 2009 10:59 am

Portugal visto por um emigrante Português - VI

O pior de Portugal / “Top 10”

É a ideia que faço de parte do povo português que nada faz para alterar uma certa sina. Injusta, cruel, irrelevante, mas é a ideia que eu faço;

Não tenho solução, mas parece-me que a educação ajudaria muito. Verifica-se ao longo dos anos a derrota do civismo, de uma responsabilidade na assunção dos deveres da cidadania. Talvez com um povo mais educado o fenómeno fosse contrariado. Talvez.

Sem rigor científico notório, através de uma sondagem caseira feita aos amigos «estrangeirados» mais doentes com a pátria, publico o pior de «algum» Portugal:

10º As pessoas cospem para o chão, especialmente nas ruas e passeios;

9º Uma aberrante ganância de plástico das classes que frequentam centros comerciais como antes iam à missa;

8º Grande parte dos gestores são capatazes de expedientes com o Estado;

7º Ninguém paga impostos, a não ser uma minoria silenciosa;

6º Excesso de políticos profissionais que nunca tiveram um horário de trabalho;

5º Falta de sentido de humor;

4º Preguiça;

3º Pouco cultos;

2º Invejosos;

1º Pouco educados (lato sensu)

(AJC)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Dom Set 27, 2009 1:50 pm

(O Serviço Nacional de Saúde Português)

Brincar aos médicos...

Onde é que tu estavas? - pergunta a mãe à filha.

- No quarto, a brincar aos médicos com o Joãozinho. Ele era o médico e eu a doente.

A mãe dá um grito e um salto da cadeira .

- Aos médicos!?!

- Médicos da Caixa, mãe... Ele nem me atendeu! Daaahhh!!!....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qui Out 15, 2009 12:01 am

Em Portugal é assim...

Um cidadão português, que sempre desejou ter uma casa com vista para o Tejo, descobriu finalmente umas águas-furtadas algures numa das colinas de Lisboa que cumpria essa condição. No entanto, uma das assoalhadas não tinha janela.
Falou então com um arquitecto amigo para que ele fizesse o projecto e o entregasse à câmara de Lisboa, para obter a respectiva autorização para a obra.
O amigo dissuadiu-o logo, disse-lhe que demoraria bastantes meses ou mesmo anos a obter uma resposta e que, no final, ela seria negativa. No entanto, acrescentou, que ele lhe resolveria o problema.
Assim, numa sexta-feira ao fim da tarde, uma equipa de pedreiros entrou na referida casa, abriu a janela, colocou os vidros e pintou a fachada. O arquitecto tirou então fotos do exterior, onde se via a nova janela e endereçou um pedido à CML, solicitando que fosse permitido ao proprietário fechar a dita cuja janela.
Passado alguns meses, a resposta chegou e era avassaladora. Invocando um extenso número de artigos dos mais diversos códigos, os serviços da câmara davam um rotundo não à pretensão do proprietário de fechar a dita cuja janela.
E assim, o dono da casa não só ganhou uma janela nova, como ficou com toda a argumentação jurídica para rebater alguém que, algum dia, se atreva a vir dizer-lhe que tem de fechar a janela!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qui Out 22, 2009 9:02 pm

UMA FAMÍLIA TÍPICA...

Tuga que é Tuga entra num stand para comprar um Clio e sai de lá com um Megane.

Chega a casa e fica furioso quando percebe que o carro não anda a água e que a gasolina está pela hora da morte.

Só depois de ter estacionado o carro é que resolve finalmente fazer contas, e percebe que já tem dívidas 20% acima dos rendimentos familiares...

Liga para uma empresa de crédito pelo telefone e resolve juntar os 100 créditos que tem, onde se incluem, casa, carro, férias, roupa dos miúdos e a operação às mamas da mulher, num único crédito.

Fica todo feliz porque conseguiu reduzir para 2/3 os encargos mensais que tem, apesar de ir pagar mais 5% de taxa de juro em mais 20 anos de empréstimo, mas como o Tuga é burro só lhe interessa o que vai pagar naquele momento.

A pagar menos 1/3 da mensalidade vai poder dar o Civic ao puto que este nunca mais pára de o chatear com a porcaria dum carro.

Entretanto o chavalo vai trabalhar para o McDonalds para poder comprar bonés e brincos e meter umas "bufadeiras" potentes no Honda...

O velho ficou de lhe pagar o seguro mas como entretanto a Euribor subiu, já está a pagar outra vez o mesmo que estava a pagar antes de consolidar o crédito.

Assim sendo, acaba com o seguro, até porque se a bófia vier atrás de nós o Civic sempre anda mais que o Tempra da moina.

Para azar da família, porque os Tugas são todos muito azarados, a miúda engravidou e em vez de 4 vão passar a ser 5...

De qualquer forma nem tudo é mau, até porque com 5 sempre se podem candidatar ao rendimento mínimo garantido.

Só é preciso que a mulher continue a fazer limpezas nos vizinhos sem passar facturas.

Pena é que o puto acabou de estourar o carro e de limpar o sebo a um outro automobilista ali na recta do Cabo.

Vai dentro e os velhos ainda têm de pagar as despesas de um advogado para o safar da cadeia, coisa que, obviamente, vem a acontecer...

Entretanto os chineses resolvem investir em força nos tomates enlatados e a fábrica de conservas ali de Benavente fecha e com ela 200 trabalhadores vêm para a rua.

O pobre do Tuga, ao fim de 20 anos a trabalhar no mesmo sítio sem nunca se preocupar em fazer formações ou alargar os seus conhecimentos, vê-se no desemprego e sem qualquer qualificação a não ser enlatar tomates.

O Renault Megane continua à porta e só ele suporta o orgulho de uma típica família Tuga.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Sex Out 23, 2009 5:28 pm

O Ensino em Portugal...

Respostas de alunos do 12º ano:

"A respiração anaeróbia é a respiração sem ar que não deve passar de três minutos"

"As plantas distinguem-se dos animais por só respirarem à noite"

"Os crustáceos fora de água respiram como podem"

"Carácter sexual secundário são as modificações morfológicas sofridas por um indivíduo após manter relações sexuais"

"A insónia consiste em dormir ao contrário"

"Quando um animal irracional não tem água para beber, só sobrevive se for empalhado"

"O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por dia"

"Os ruminantes distinguem-se dos outros animais porque o que comem, comem duas vezes"

"As aves têm na boca um dente chamado bico"

"O Sol dá-nos luz, calor e turistas"

"A principal função da raiz é enterrar-se"

"O vento é uma imensa quantidade de ar"

"O objectivo de uma Sociedade Anónima é ter muitas fabricas desconhecidas"

"Na Grécia a democracia funcionava muito bem porque os que não estavam de acordo envenenavam-se"

"As múmias tinham um profundo conhecimento de anatomia"

"A arquitectura gótica notabilizou-se por fazer edifícios verticais"

"A harpa é uma asa que toca"

"Péricles foi o principal ditador da democracia Grega"

"Os Egípcios antigos desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor"

"O problema fundamental do terceiro mundo é a superabundância de necessidades"

"Terramoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Ter Out 27, 2009 12:12 am


- Existe um país onde um cidadão de 81 anos depois de ter cumprido 10 anos de mandato como Presidente da República e de ter estado 10 anos de molho decide candidatar-se novamente para salvar o país de um fantasma, passando por cima de um amigo de longa data.

- Existe um país onde três candidatos autárquicos com fortes probabilidades de vencer estão indiciados por processos fraudulentos e uma outra candidata a candidata, com mandato de prisão emitido e foragida no Brasil, tem toda a cidade a aguarda-la tal qual D.Sebastião.

- Existe um país onde o único escritor galardoado com o prémio Nobel da Literatura vive no país vizinho.

- Existe um país de onde é oriundo aquele que é considerado o melhor treinador de futebol da actualidade, cujo seleccionador nacional é estrangeiro.

- Existe um país onde o maior sucesso nacional do ano é um disco de originais de um músico que morreu há quinze anos.

- Existe um país onde os dois guarda-redes da selecção nacional são suplentes de dois guarda-redes da mesma nacionalidade nos respectivos clubes.

- Existe um país onde o nome da mascote do principal evento desportivo alguma vez organizado começa por uma letra (k) que não faz parte do seu alfabeto.

Esse país só gosta dele próprio e da sua bandeira quando vem alguém de fora jurar a pés juntos que somos bons.

Vocês serão capazes de adivinhar de que país estamos a falar?...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Sex Out 30, 2009 1:29 pm

Ao volante...

Admirador das estradas portuguesas, um Holandês que viveu por cá, descreveu com humor os condutores portugueses como "Conductoris lusitanum insanii sunt ".

Eis alguns dos "dez mandamentos do condutor português":

- Avisarás com sinais de luzes os outros condutores da proximidade da polícia, mesmo que um deles tenha roubado um banco ou possa ser um perigoso terrorista da Al-Qaeda.

- Estacionarás no passeio sempre que necessário, mesmo que obrigues os peões a andar no meio da estrada. Se um se queixar, responderás indignado: “Também é má vontade! Então não vê que tem imenso espaço para passar?”

- Farás sinais de luzes e buzinarás se alguém ousar ultrapassar-te e seguir à tua frente no limite máximo de velocidade permitida. Se o outro condutor persistir, colar-te-ás à traseira do carro transgressor, até que este desista e te deixe passar a ti, o verdadeiro dono da estrada.

Perfil do Condutor Português:

Vidro esquerdo – serve para olhar de maneira desdenhosa para os ocupantes do carro que estás a ultrapassar pela direita

Vidro traseiro – serve para os condutores inimigos observarem os teus gestos obscenos depois de terem sido ultrapassados

A Bíblia do Bom Condutor:

- Mostra aos teus companheiros de viagem como és corajoso, fazendo manobras perigosas e andando a altas velocidades. Se eles não gostarem, pior para eles; terás sempre a possibilidade de andar sozinho, sem precisar de aturar passageiros maçadores.

- De noite, se ficares encadeado pelos faróis de um carro vindo na direcção contrária, faz o mesmo. A vantagem deste tipo de acidente é que, como não vês o outro carro, nem tens tempo de ter medo dele.(...)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qua Nov 11, 2009 12:05 am

Ser português é:

- Levar o arroz de frango para a praia
- Guardar aquelas cuecas velhas para polir o carro
- Enfeitar as estantes da sala com as prendas do casamento
- Guiar como um maníaco e ninguém se importar com isso
- Viajar "pró quinto do caralho" e encontrar outro Tuga no restaurante
- Ter "folclore" estudantil anual por causa das propinas
- Ninguém saber nada do nosso país excepto os Brasileiros e os Espanhóis que gozam com ele
- Levar a vida mais relaxada da Europa, mesmo sendo os últimos de todas as listas
- Ter sempre marisco, tremoços e álcool anualmente a preços de saldo
- Receber visitas e ir logo mostrar a casa toda
- Dar os máximos durante 10 km para avisar os outros condutores da polícia adiante
- Ter o resto do mundo a pensar que Portugal é uma província espanhola
- Exigir que lhe chamem "Doutor" mesmo sendo um Zé Ninguém
- Exigir que o tratem por Sr. Engenheiro mas não tratar ninguém com outras profissões por Sr.Pintor, Sr.Economista, Sr.Contabilista, Sra.Secretária, Sr.Canalizador, Sra.Cabeleireira
- Passar o domingo no shopping
- Tirar a cera dos ouvidos com a chave do carro ou a tampa da esferográfica
- Axaxinar o Portuguex ao eskrever
- Gastar 10 mil contos no Mercedes C220 cdi, mas não comprar o kit mãos-livres porque "é caro"
- Ir à aldeia todos os fins-de-semana visitar os pais ou avós
- Ter diariamente pelo menos 8 telenovelas brasileiras e 2 imitações rascas da TVI na televisão
- Já ter "ido à bruxa"
- Filhos baptizados e de catecismo na mão mas nunca pôr os pés na igreja
- Ir de carro para todo o lado, aconteça o que acontecer, a pelo menos a 500 metros de casa
- Lavar o carro na fonte ao domingo
- Não ser racista mas abrir uma excepção com os ciganos
- Levar com as piadas dos brasileiros, mas só saber fazer piadas dos alentejanos e dos pretos
- Ainda ter uma mãe ou avó que se veste de luto
- Ser mal atendido num serviço, ficar fodido da vida mas não reclamar por escrito "porque não se quer aborrecer"
- Viver em casa dos pais até aos 30 anos
- Na terceira idade, pendurar o guarda-chuva nas costas
- Acender o cigarro a qualquer hora e em qualquer lugar sem quaisquer preocupações
- Ter pelo menos 2 camisas traficadas da Lacoste e 1 da Tommy (de cor amarelo canário e azul cueca)
- No restaurante largar o puto de 4 anos aos berros e a correr como um louco a incomodar os restantes tugas
- Ter bigode e ser baixinho
- Conduzir sempre pela faixa da esquerda da auto-estrada (a da direita é para os camiões)
- Ter o colete reflector no banco do passageiro
- Pendurar o cd no retrovisor para "enganar o radar"
- Ter três telemóveis
- Jurar não comprar azeite Espanhol nem morto, apesar da maioria do azeite vendido em Portugal ser Espanhol
- Organizar jogos de futebol de solteiros contra casados
- Ir à bola, comprar "geral" e saltar prá "central"
- Gastar uma fortuna no telemovel mas pensar duas vezes antes de ir ao dentista
- Cometer 3 infracções ao código da estrada por quilometro percorrido
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Ter Dez 29, 2009 10:44 pm

O NOVO HINO NACIONAL...

Heróis do Bar, Pobre Povo
Raça Indolente, Internacional.
Levantai hoje de novo,
à horinha do Telejornal.
Entre as tostas e a coca cola,
Ó Pátria, sente-se a voz
de cada vez mais totós
que "hadem" levar-te à chicória.
Às Docas, às Docas!
Alcân'tra Terra, Alcân'tra Mar!...
Às Docas, às Docas!...
C'os traficantes, marchar, marchar!...
C'os traficantes, marchar, marchar!...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qua Dez 30, 2009 10:02 pm

A Educação em Portugal:

1. Ensino da matemática em 1950:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por €100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda.
Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por €100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é igual a 4/5 do preço de venda ou €80,00.
Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por €100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é € 80,00.
Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por € 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é €80,00.
Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )€ 20,00 ( )€40,00 ( )€60,00 ( )€80,00 ( )€100,00

5. Ensino de matemática em 2000:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por € 100,00.
O custo de produção desse carro de lenha é € 80,00.
O lucro é de € 20,00.
Está certo?
( )SIM ( )NÃO

6. Ensino de matemática em 2008:
Um cortador de lenha vende um carro de lenha por €100,00.
O custo de produção é € 80,00.
Se você souber ler coloque um X no € 20,00.
( )€ 20,00 ( )€40,00 ( )€60,00 ( )€80,00 ( )€100,00
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qui Dez 31, 2009 3:06 pm

O Trabalho...

O RUSSO
Levanta-se às 5 da manhã, come um bife de veado, põe uma garrafa de vodka debaixo do braço e vai trabalhar até às 6 da tarde.

O ALEMÃO
Levanta-se às 6 da manhã, come um bife e duas salsichas, põe uma garrafa de cerveja debaixo do braço e vai trabalhar até às 8 da tarde.

O FRANCÊS
Levanta-se às 7 da manhã, come um bife com dois ovos a cavalo, põe uma garrafa de Rosé debaixo do braço e vai trabalhar até às 6 da tarde.

O PORTUGUÊS
Levanta-se às 10 da manhã, toma um galão e um bolo, põe uma garrafa de mijo debaixo do braço e vai à Segurança Social pedir baixa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qui Jan 07, 2010 8:23 pm

Os Bombeiros Portugueses de Alijó...

Um fogo começou a deflagrar numa zona densamente povoada...

Os populares não conseguiam dominar as chamas...

O fogo estava cada vez mais forte, e os bombeiros não chegavam...

A situação já estava a ficar fora de controlo, quando chegou apenas um carro dos bombeiros....

Apesar de alguma dúvida quanto às capacidades e equipamento de apenas uma viatura, a esperança renasceu...

Os bombeiros vinham num camião velho, desgastado pelo fogo.

Passaram em grande velocidade e dirigiram-se em linha recta para o fogo!

Foram mesmo até ao meio das chamas e pararam.

Os voluntários saltaram todos para fora do camião e começaram a pulverizar freneticamente em todos os sentidos.

Como estavam mesmo no meio do fogo, as chamas dividiram-me, e restaram duas porções facilmente controláveis.

A ver tudo isto, o Presidente da Junta estava impressionado com o trabalho dos voluntários e respirou de alívio quando viu as casas serem poupadas.

Na hora pôs as mãos na algibeira e passou imediatamente um cheque de 5000 euros à corporação voluntária.

Um repórter do jornal local perguntou logo ao capitão:

- "5000 euros! Já pensou o que vai fazer ao dinheiro?"

- "Penso que é obvio!" - responde o capitão a sacudir a cinza do capacete.

- "A primeira coisa que vamos fazer é arranjar a porra dos travões do nosso camião!"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Sex Jan 08, 2010 6:42 pm

Estavam um inglês, um alemão e um português num café quando o inglês diz aos outros:

- Esse que aí entrou é igualzinho ao Jesus Cristo.

- Pois, pois - dizem os outros.

- Estou-vos a dizer. A barba, a túnica...

O inglês levanta-se, dirige-se ao homem e pergunta:

- Tu és Jesus Cristo, não é verdade?

- Eu? Que ideia!

- Eu acho que sim. Tu és Jesus Cristo.

- Já disse que não. Mas fala mais baixo.

- Eu sei que tu és Jesus Cristo.

Tanto insiste que o homem lhe diz baixinho:

- Sou efectivamente Jesus Cristo, mas fala baixo e não digas a ninguém senão isto fica aqui um pandemónio.

- Fiz uma lesão no joelho em pequeno. Cura-me.

- Milagres não. Tu vais contar aos teus amigos e eu passo a tarde a fazer milagres.
O inglês tanto insiste que Jesus Cristo põe-lhe a mão sobre o joelho e cura-o.

- Obrigado. Ficarei eternamente grato - agradece, emocionado, o inglês.

- Sim, sim. Não grites e vai-te embora. Não contes a ninguém.

O inglês, mal chegou à mesa, contou aos amigos.

O alemão levantou-se logo e dirigiu-se a ele.

- O meu amigo disse-me que eras Jesus Cristo e que o curaste. Tenho um olho de vidro. Cura-me.

- Não sou nada Jesus Cristo. Fala baixo.

O alemão tanto insistiu que Jesus Cristo passou-lhe a mão pelos olhos e curou-o.

- Vai-te agora embora e não contes a ninguém.

Mas Jesus Cristo bem o viu a contar a história aos amigos e ficou à espera de ver o português ir ter com ele.

O tempo foi passando e nada.

Mordido pela curiosidade dirigiu-se à mesa dos três amigos e, pondo a mão sobre o ombro do português, e perguntou:

- E tu, não queres que...

O português levanta-se de um salto, afastando-se dele:

- Eh, tira lá as mãozinhas de cima que eu estou de baixa!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Seg Jan 11, 2010 11:05 pm

Respostas em exames de futuros "Doutores" e "Engenheiros"...

"A respiração anaeróbia é a respiração sem ar que não deve passar de três minutos"

"As plantas distinguem-se dos animais por só respirarem à noite"

"Os crustáceos fora de água respiram como podem"

"Carácter sexual secundário são as modificações morfológicas sofridas por um indivíduo após manter relações sexuais"

"A insónia consiste em dormir ao contrário"

"Quando um animal irracional não tem água para beber, só sobrevive se for empalhado"

"O coração é o único órgão que não deixa de funcionar 24 horas por dia"

"Os ruminantes distinguem-se dos outros animais porque o que comem, comem duas vezes"

"As aves têm na boca um dente chamado bico"

"O Sol dá-nos luz, calor e turistas"

"A principal função da raiz é enterrar-se"

"O vento é uma imensa quantidade de ar"

"O objectivo de uma Sociedade Anónima é ter muitas fabricas desconhecidas"

"Na Grécia a democracia funcionava muito bem porque os que não estavam de acordo envenenavam-se"

"As múmias tinham um profundo conhecimento de anatomia"

"A arquitectura gótica notabilizou-se por fazer edifícios verticais"

"A harpa é uma asa que toca"

"Péricles foi o principal ditador da democracia Grega"

"Os Egípcios antigos desenvolveram a arte funerária para que os mortos pudessem viver melhor"

"O problema fundamental do terceiro mundo é a superabundância de necessidades"

"Terramoto é um pequeno movimento de terras não cultivadas"
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Qui Jan 21, 2010 2:34 pm

As maravilhosas selecções Readers Digest...

Quem nunca folheou a maravilhosa revista Readers Digest presente nos lares portugueses desde 1900 e tal?

Pois este grandes senhores decidiram fazer um estudo inovador sobre perdidos e achados.

Quem não gosta de um belo artigo sobre perdidos e achados mesmo ao lado da crónica do Pacheco Pereira?

A revista fez um estudo nos 32 países onde publicam a sua revista.

Portugal foi um dos países escolhidos...

Para fazer o estudo, deixaram 30 telemóveis perdidos pela cidade (em Lisboa) com um observador escondido.

Quando alguém achava o telemóvel, o observador ligava-lhe inventando uma história de como o tinha perdido e pedindo para o devolver.

Os Portugueses classificaram-se em 28º de entre os 32 países.

Afinal somos um país hospitaleiro mas também de ladrões...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Sab Jan 23, 2010 7:00 pm

Perfil de um Português Típico

- NOME: Carlos Manuel (Camané)

- PROFISSÃO: Funcionário Público

- IDADE: 43 anos

- ALTURA: 1,62 m (sem sapatos, porque com sapatos, que é o que interessa: 1,66 m)

- PESO: 83,4 Kg

- OLHOS: Castanhos (verdes no verão)

- SINAIS PARTICULARES: Bigode

- NOME DA MULHER: A minha esposa chama-se Ivone e é uma senhora que se dá ao respeito, por isso nada de porcarias ao pé dela...

-SINAIS PARTICULARES DA MULHER: 123-96-148 (mas era cá um avião quando era nova...!)

- FILHOS: 1,5 (0,5 a dividir com o marido da amante)

- CLUBE: Benfica

- ÍDOLO: Luis Filipe Vieira (se o homem fosse desonesto, já o tinham prendido... vocês é que têm dôr de corno!!!)

- ÓDIO: RTP1 (não a vejo, porque é dos 'gajos'. Só vejo a SIC e a TVI que são nossas!)

- DESPORTO PREFERIDO: Morfar

- PRATO FAVORITO: Pezinhos de coentrada e pudim Molotof

- RECORD PESSOAL: Cuspidela de 4,4 m (vento regular)

- SITUAÇÃO IDEAL PARA FAZER AMOR: O que é isso?

- FRASE PREFERIDA PARA A COMPANHEIRA: Mas a conversa já chegou à cozinha?!

- PERFORMANCE SEXUAL: 3,84 minutos no acto (record alcançado duas vezes, a primeira em 3-07-1975 e a segunda no dia 4-05-1996, e não precisei para nada dessa porcaria do Viagra!...)

- DIMINUTIVO DA SOGRA: Cabra

- PENSAMENTO SOBRE O SOGRO: Até que era um gajo porreiro

- PENSAMENTO SOBRE A VIDA: Desde que haja comidinha na mesa e que o Benfica não perca, estou-me a cagar para o resto...

- POSIÇÃO SOBRE OS BOMBARDEAMENTOS: Rebentem as fronhas aos monhés!

- MUSEU FAVORITO: O Trombinhas (vou lá para ver as estátuas... não sei se 'tás a ver?!)

- HOBBY PREFERIDO: Adoro encontrar-me com uns amigos para podermos conversar sobre gajas e futebol

- O QUE MAIS GOSTA EM PORTUGAL: Amália (sempre), Salazar (se o homem cá tivesse andavam todos na linha), Bárbara Guimarães (Viste-me aquela tranca pá!?...)

- O QUE MENOS GOSTA EM PORTUGAL: Esta merda tá a ficar cheia de pretos, pá... deviam mas é mandar os gajos pra terra deles...

- JORNAL PREFERIDO: A Bola (Ao Sábado, na casa de banho... enquanto cago)

- LOCAL DE FÉRIAS IDEAL: O Correia foi a Cuba de férias, sem a patroa e diz que aquilo é à fartazana...

- LOCAL DE FÉRIAS: Havias de ver a roulote que tenho no parque da Costa, aquilo é um luxo, e no Verão com o adiantado para as sardinhadas fica um mimo!...

- GRANDES ASPIRAÇÕES NA VIDA: Benfica campeão (que saudades!), um Jipe , uma mota-de-água e um telemóvel dos que tiram fotografias
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Seg Jan 25, 2010 12:03 am

Em 100 anos nada mudou...

Poeta do protesto social, expresso numa mistura de grandiloquência e de sátira, Guerra Junqueiro [1850-1923] foi o poeta por excelência da revolução de 1910. Estreou-se como escritor em 1864 e em 1896 escreveu Pátria, um texto de sátira violenta ao regime da dinastia de Bragança:

"Um povo imbecilizado e resignado, humilde e macambúzio, fatalista e sonâmbulo, burro de carga, besta de nora, aguentando pauladas, [...] em catalepsia ambulante, não se lembrando nem donde vem, nem onde está, nem para onde vai [...].

Uma burguesia, cívica e politicamente corrupta até à medula, não descriminando já o bem do mal, sem palavras, sem vergonha, sem carácter, havendo homens que, honrados (?) na vida íntima, descambam na vida pública em pantomineiros e sevandijas, capazes de toda a veniaga e toda a infâmia, da mentira à falsificação [...].
Um poder legislativo, esfregão de cozinha do executivo; este criado de quarto do moderador; e estes, finalmente, tornado absoluto pela abdicação unânime do país [...].

Dois partidos [...], sem ideias, sem planos, sem convicções, incapazes [...] vivendo ambos do mesmo utilitarismo céptico e pervertido, análogos nas palavras, idênticos nos actos, iguais um ao outro como duas metades do mesmo zero [...]."

Mais de cem anos depois, vira o disco e toca o mesmo...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca



Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Seg Jan 25, 2010 9:42 pm

Capitão América morreu porque estava em Portugal à espera de um rim.

O Capitão América estava a viver em Portugal devido a uma sedutora proposta do MIT/Ministério da Administração Interna.
Enquanto esperava pelos fundos da União Europeia para iniciar o projecto, o Capitão América ocupou o tempo lutando contra o crime sem quaisquer apoios.
Um dia foi erradamente notificado pelas Finanças, que lhe levaram o escudo como garantia de pagamento das dívidas.
Sem o seu escudo, teve mais dificuldade em lutar contra o crime.
Um dia, lesionou-se na perna direita e, depois de esperar dois dias pela ambulância, foi operado à perna esquerda.
Três meses antes de falecer, a sua carta condução angolana é apreendida, dificultando ainda mais a sua vida, que se agravou de forma crónica depois de saber que o seu maior inimigo tinha adquirido o seu escudo por cinco euros numa hasta pública.

(João Henrique)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA   Hoje à(s) 6:55 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PORTUGAL - O FIM DA III REPÚBLICA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 3Ir à página : 1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Os 10 países que tratam as mulheres como lixo
» Vigília: Doutrina Bíblica ou Invenção?
» Tópicos de ensinamento CCP Congregação Cristã em Portugal
» História da Congregação Cristã em Portugal
» pizzaiolo para PORTUGAL

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A LIBERDADE É AMORAL :: NOTICIAS E ACTUALIDADES-
Ir para: