A LIBERDADE É AMORAL

Local de discussão livre sobre todos os temas sociais.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 SÓCRATES - O INGENHERO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, ... 10, 11, 12  Seguinte
AutorMensagem
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qua Jul 22, 2009 10:12 pm

Défice sobe para 40 milhões/dia

Derrapagem nas contas públicas quadruplicou

Portugal "bateu no fundo". Foi com estas palavras que o ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, descreveu ontem o agravamento do défice do subsector Estado, que atingiu os 7,3 mil milhões de euros no primeiro semestre do ano. Isto significa um défice de 40,5 milhões de euros por dia.

De acordo com a Direcção-Geral do Orçamento, o défice quase quadruplicou nos primeiros seis meses do ano, com um agravamento de 5,4 mil milhões de euros, face ao mesmo período do ano passado. Situação que se deveu à quebra acentuada das receitas fiscais (ver quadro) e ao aumento da despesa.

Só as receitas fiscais, que ascenderam a 13,8 mil milhões de euros, registaram uma quebra de 21,6%, influenciada pelo aumento dos reembolsos do IVA e do IRS e pela redução do IVA de 21% para 20%.

A despesa, que se situou nos 23,4 mil milhões, aumentou 5,4%, devido aos programas de apoio ao emprego e investimento e ao pagamento de dívidas de organismos públicos aos credores. No caso das despesas da Segurança Social, que aumentaram 10,6%, há que sublinhar os custos com os subsídios de desemprego, que dispararam 24%.

O ministro Teixeira dos Santos assegurou que as contas públicas estão controladas e apontou uma recuperação já a partir deste mês.

O ministro rejeitou ainda um aumento de impostos ou um orçamento rectificativo para corrigir o aumento do défice.

(Diário Económico)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qui Jul 23, 2009 6:20 pm

Caros leitores,

Hoje vou falar-vos de duas personagens "brilhantes" no mundo da política.

José Sócrates, o Príncipe Perfeito (Cognome de D. João II).

Em primeiro lugar, porque o segundo é quase insignificante, gostaria de citar uma frase proferida ontem à noite no Porto perante cerca de 150 empresários:

“Ainda está para nascer um primeiro-ministro que faça melhor do que eu”.

Conseguem advinham quem é o autor desta afirmação? Claro que conseguem...José Sócrates que daqui em diante será chamado de Príncipe Perfeito.

Este Príncipe Perfeito (adiante PP) é um verdadeiro exemplar de como se deve governar o país, senão vejamos:

Educação:
- Milhares de professores manifestam-se contra o modelo de avaliação de professores (CM, 31/05/09);
- Alunos apresentam recordes de negativas na língua mãe (DN, 14/07/09);
- Média de 50 mil professores sem colocação durante 4 anos de governação (Público, 06/07/09);
- Computador Magalhães é tudo menos português (Expresso, 6-7-2009);
- Com a entrada em vigor do Processo de Bolonha, mais de 60 mil estudantes perdem direito a bolsas de estudo no 2º ciclo de ensino (Público, 24/03/09).
- Continua sem estar implementada a Lei nº 120/99 que prevê educação sexual nas escolas;
- Desresponsabilização do Governo relativamente à escola pública através da transferência de competências para as autarquias sem acompanhamento de verbas (RTP, 12/02/2008);
- Etc..

Saúde:
- Encerramento de centros de saúde (imensas referências; e.g., Camarate, São Martinho do Porto, etc.);
- Encerramento de SAP's (só no Seixal foram 2 - Seixal e Corroios);
- Encerramento de blocos de parto (imensas referências; e.g., Figueira da Foz, Chaves, etc.);
- Encerramentos previstos de Hospitais (imensas referências; e.g., Capuchos, Desterro, S. José);
- Encerramentos de Urgências (imensas referências; e.g., Anadia, Valença, etc.);
- Inexistência de médicos em zona rurais isoladas (RTP, 11/04/2008);
- Empregamos médicos estrangeiros quando, em Portugal, barramos a entrada a alunos nas faculdades de Medicina;
- Etc..

(Des)Emprego:
- A grande aposta do PP na campanha eleitoral de 2005 seria reduzir o desemprego. Temos, hoje em dia, mais 70 mil (!!) desempregados do que em 2005 (de 420 mil em 2005, para 490 mil em 2009), sendo que apenas 262 mil pessoas recebem subsídio de desemprego;
- Centenas de empresas fecham as suas portas, desculpando-se com a crise e o Governo permite que abram com outros nomes e noutros lugares;
- Inconstitucionalidade da existência de um período experimental de trabalho de 6 meses - proposta do PS;
- Etc..

Economia/Finanças:
- Criação da ASAE, que segundo parece é inconstitucional e age de forma repressiva, como está previsto na sua génese;
- Liberalização dos preços da gasolina dão oportunidade às grandes multinacionais de operarem em monopólio. Quando o crude valoriza, os combustíveis aumentam; quando desce o crude, os combustíveis mantêm-se;
- Bancos encerram com provadas dadas de corrupção e má gestão lesando milhares de portugueses. As entidades que deviam fiscalizar este tipo de actividade são consideradas "inocentes" ou "ingénuas";
- Centenas de cortes em nome da valorização da economia e da sustentabilidade das finanças públicas. O défice aumenta para números recorde e ministro das Finanças/Economia diz que "Portugal bateu no fundo" (CM, 22/07/09);
- Etc..

Existem centenas largas de exemplos de medidas fracassadas deste Governo PS. No entanto, Sócrates continua a dizer que a sua governação é imaculada e que o seu único erro foi não ter apostado mais na Cultura.

Tá' bem oh abelha...

(Blog O Flamingo)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Sex Jul 24, 2009 2:28 pm

Se um mentiroso que passou a vida a falsificar documentos, projectos, diplomas, relatórios da OCDE, a arrecadar milhões (que não eram dele) em offshores, etc, nos garante que o défice é 5,9%, temos todas as razões para acreditar que será no mínimo o dobro!

Ainda sobre défices e espertezas de vigaristas,lê-se n'"O Irritado":

A primeira vez que vi Constâncio foi no pavilhão dos desportos, no comício contra a “unicidade” sindical que o PC queria impor. Jovem católico progressista, como me disseram na altura, proveniente, como tantos outros, dos think tanks do marcelismo.

Depois, o homem foi tudo, até líder dessa coisa pavorosa que se chama PS. Acabou no Banco de Portugal, principescamente pago, rodeado de fama de competência e honestidade.

Quando o partido dele voltou ao poder, herdou um défice público de 3%.Como queria aumentar os impostos tendo prometido o contrário, Constâncio tratou de satisfazer uma encomenda do senhor Pinto de Sousa, encomenda essa que se consubstanciou na fabricação de um défice de 6,82%, coisa que não existia nem jamais tinha existido nos anos mais próximos (cf. dados no Site do Eurostat). Com base nessa monstruosa aldrabice, o senhor Pinto de Sousa aumentou caninamente os impostos, engordou paulatinamente a despesa pública e gaba-se, hoje, da sua grande obra: ter baixado o défice. Esta mentira, quotidianamente repetida, é já uma verdade, ou seja, o rei vai nu mas pouco há quem dê por isso.

(Portugal Profundo - Anonymous)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Dom Jul 26, 2009 3:02 pm

O Governo aumenta a promiscuidade entre política e negócios

O Editorial da edição de hoje do jonral "Público" merece ser lido com muita atenção.

No Editorial dá-se conta que o "Compromisso Portugal", - www.compromissoportugal.pt , uma associação constituída essencialmente por empresários e gestores de grandes empresas, elaborou uma análise à governação do PS , de José Sócrates, por áreas e denunciou práticas de enorme gravidade e que nos devem deixar preocupados.

Concluiu que o Governo não resistiu a tirar partido do Estado para intervir na área empresarial e diz que :

"com a sua indisponibilidade para separar o Estado dos
negócios manteve a promiscuidade entre agentes políticos e agentes
económicos".
Depois acrescenta que:

"(...) este Governo nunca se inibiu de fazer represálias ou
utilizar a chantagem para tentar calar posições críticas ou travar acções
privadas que são legitimas mas que contrariam a sua vontade".
Por fim, conta-nos o Editorial do "Público" que o "Compromisso Portugal" entende que

:"Parece cada vez mais generalizada a indignação e o mal
estar provocado pela fraca prática democrática demonstrada por este
Governo".
Ora, se os empresários e gestores têm esta posição é mais fácil perceber que a indignação e censura dos que menos têm é ainda maior, perante um Governo que é seguramente o pior governo desde 1976.

Sem saber ler os sinais externos, sem querer entender que a economia mundial dava sinais preocupantes de recessão desde há cerca de 5 anos, o Governo de José Sócrates não fez o adequado investimento público ,- disse que para "controlar o défice" - não criou emprego, ao mesmo tempo que se sabia que a França e a Alemanha não atendiam aos 3% do défice , apostando em fazer investimento público, criar emprego, dinamizar a economia.

José Sócrates hipotecou , por completa falta de visão estratégica, a economia do País, enrolando-se numa espiral de mera propaganda, de cortes nos beneficios sociais, de encerramento de serviços públicos, numa destruição paulatina do estado social.

Como se sabe , sem produção não pode haver crescimento nem combate ao défice.

Porém, em Portugal a produção não acompanha os ritmos de consumo de produtos e bens essenciais, pelo que tendo de ser importados a situação agrava-se cada vez mais.

O "Compromisso Portugal" passa uma autêntica certidão de chumbo, de incompetênia ao Governo de José Sócrates.

Certidão de óbito a um Governo sem qualidade técnica, sem a cultura democrática que se esperava, sem um laivo de socialismo.

Este Governo é mau demais para ser admissível numa União Europeia, onde a Democracia, a Liberdade , o bem estar e as boas práticas governativas têm de ser uma imagem de marca, um farol para o Mundo.

José Sócrates além de prejudicar Portugal prejudicou o PS que , naturalmente, se movimenta para o substituir.

Falta pouco para o Povo Português votar e castigar o PS e José Sócrates.

(José Maria Martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Seg Jul 27, 2009 7:47 pm

É preciso cuidado

O melhor mesmo é oferecer um espelho ao presidente do Conselho e desejar-lhe um merecido descanso depois de 27 de Setembro.

Está visto que quatro anos e meio de Governo com maioria absoluta provocam danos irreparáveis no sítio, na vidinha das pessoas e, claro, na cuca dos senhores e senhoras que, por mero espírito de missão e sem qualquer outro interesse mesquinho, presente ou futuro, aceitaram o ciclópico desafio de governarem os desgraçados destinos dos indígenas.

Os sinais já tinham aparecido em alguns ministros do Governo do senhor presidente do Conselho. Declarações contraditórias, recuos inesperados em reformas importantes e irritações incompreensíveis perante situações absolutamente normais em democracia, em que, felizmente, há oposição e diferentes pontos de vista sobre as mais diversas matérias. Mas o copo acabou por transbordar com a enorme banhada do partido do senhor presidente do Conselho nas Europeias de 7 de Junho.

Manifestamente ninguém na máquina socialista acreditava que o seu grande líder pudesse ser derrotado por uma senhora que odeia espectáculos, marketing, não usa teleponto, não contrata criancinhas para figurantes em acções de propaganda e detesta mentiras. A partir daí foi a desbunda, com o ministro Jaime Silva a ser desmentido em pleno Parlamento pelo senhor presidente do Conselho e o ministro da Economia a ser despedido em directo no meio de um debate sobre o estado do sítio. Apesar disto, imaginava-se que a cuca do senhor presidente do Conselho ainda estivesse a funcionar com alguma regularidade, dentro dos parâmetros normais. Puro engano. A coisa está mais negra do que se imagina e agora é preciso ter muito cuidado com tudo o que se escreve e o que se diz. É que nestas situações nunca se sabe o que pode acontecer e mais vale prevenir do que remediar.

Quando o presidente do Conselho deste sítio manhoso, pobre, triste, deprimido, cheio de larápios e obviamente cada vez mais mal frequentado afirma que ainda está por nascer um presidente do Conselho como ele em matéria de défice das contas públicas é recomendável recolher aos abrigos e deixar o homem a falar sozinho. É que esta frase só pode ter dois significados. Ou o senhor presidente do Conselho imagina que só daqui a uns quarenta anos haverá alguém capaz de o substituir como presidente do Conselho ou caiu de alguma cadeira sem ninguém dar por isso. Seja como for, o melhor mesmo é oferecer um enorme espelho ao senhor presidente do Conselho e desejar-lhe um merecido descanso depois de 27 de Setembro. Bem precisa.

(António Ribeiro Ferreira)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Ter Jul 28, 2009 1:04 am

Julho de 2009 - José Sócrates foi à LXFactory, em Alcântara, Lisboa, para se encontrar com vários bloggers portugueses...

Junho de 2007 - Autor de blogue responde a José Sócrates com uma queixa-crime por difamação e denúncia caluniosa

António Balbino Caldeira, o autor do blogue Do Portugal Profundo, vai processar José Sócrates por difamação e denúncia caluniosa. A acção constitui a primeira resposta daquele professor do Instituto Politécnico de Santarém ao processo que o primeiro-ministro lhe moveu por causa das notícias que tem publicado, desde Fevereiro de 2005, acerca do percurso académico de Sócrates.

António Caldeira será ouvido na quinta-feira no Departamento Central de Investigação e Acção Penal numa dupla qualidade: como testemunha no inquérito aberto com base numa denúncia do advogado José Maria Martins, relativo à obtenção do diploma de licenciatura e do uso do título de engenheiro por parte do primeiro-ministro; e como arguido no processo que resulta da queixa por difamação que Sócrates apresentou contra ele, por via dos escritos que, antes de mais alguém o fazer, publicou no seu blogue sobre o mesmo tema.

De acordo com José Maria Martins, que foi mandatado por Caldeira para o representar, o seu cliente, quando for ouvido, “apresentará de imediato uma queixa-crime por difamação e denúncia caluniosa contra Sócrates”. Numa segunda fase, a concretizar a breve prazo, Caldeira desencadeará uma acção cível, na qual vai pedir uma indemnização ao primeiro-ministro, por via dos danos que lhe causou com a acusação de difamação.

No âmbito desse processo, pretende que seja avaliada a licitude do percurso académico de Sócrates, com o objectivo de demonstrar o fundamento e a legitimidade da sua intervenção, enquanto cidadão, no blogue que anima. Por via da prova a fazer em tribunal, Caldeira deseja evidenciar a falta de bases da queixa de Sócrates, o consequente prejuízo que ela lhe causou e a razão de ser da indemnização que lhe vai pedir.

Segundo José Maria Martins, o seu cliente “está muito tranquilo” e decidiu avançar judicialmente contra o primeiro-ministro apenas depois de este o ter acusado a ele. Na semana passada, quando ainda não tinha a confirmação da origem da queixa apresentada contra si, António Caldeira escreveu no seu blogue que não queria acreditar que “o primeiro-ministro, por vingança, processe quem levantou dúvidas legítimas e publicou a verdade sobre o seu percurso académico”.

(Público)


Última edição por Anarca em Qui Set 17, 2009 9:30 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qua Jul 29, 2009 8:55 pm

O PS está a destruir Portugal

Caros amigos, vou a transcrever um artigo de jornal, de um jornal britânico, que é o seguinte:

"Corruption is rife say Portuguese

A study by a university professor has found that Portuguese believe corruption to be increase. A total of 51.9 percent of respondents said the period between 2000 and now is when most corruption existed in the country. This period is followed by 1974-1979 , elected by 19.8 percent as having been most corrupt time in Portugal."

In The Portugal News, de 23/6/2007.

É tempo de gritar basta!

Basta!

O PS começou com Mário Soares a destruir Portugal. Portugal com Mário Soares permaneceu o País miserável, provincioano, atrasado que sempre foi.

Nem o negócio do marfim com a Unita nos safou! Nem as comendas aos torcionários do regime anterior alteraram qualquer coisa.

Mario Soares foi o pior Primeiro Ministro da Europa.

Um Primeiro Ministro que permite que o seu país seja a vergonha da Europa não merece consideração.

A "Europa Está Connosco não passou não passa de um eufemismo.

Mário Soares é um dos carrasco de Portugal.

Isto não tem nada a ver com a descolonização.

Portugal devia ter descolonizado em 1961 e não em 1975 - rectius em 1974, ectius em 1973 tendo em atenção Medina do Boé - para acertarmos os passos com a História.

Estamos a bater no fundo.

A mesmo tempo que o Estado financia a Fundação Màrio Soares o povo está com fome.

Basta ver a primeira página daquele jornal para vermos que Portugal está no lodo. Assentou no fundo do oceano!

Veja-se a noticia com título " Portugal Excluded in child sex raid

A vergonha total.

Corrupção galopante, descré4dito na nossa policia ,a ponto de a grande operação de combate à pedófilia ter sido levada a cabo sem a colaboração da nossa policia.

José Sócrates vai Presidir ao quê?

Haja vergonha!

O PS português podee estar a pensar que o Partido Socialista Europeu vai ajudar. Mas não vai.

A Europa tem de saber e investigar a porcaria que grassa entre nós.

Ita missa est.

Como disse o Almirante Pinheiro de Azevedo barda.... .

Já agora onde é que José Sócrates faz jogging em Portugal? Alguém o viu a fazer?

Às armas!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

(José Maria Martins)

PS: Este comentário é de 2007, mas está tudo na mesma...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qui Jul 30, 2009 6:45 pm

José Sócrates não tem prestígio internacional nem é conhecido

José Sócrates é um "político" sem qualquer prestigio internacional e não é sequer conhecido em Espanha por uma percentagem significativa de espanhóis.

O jornal "Público" noticia hoje que só 1,2 % de espanhóis sabe quem é José Sócrates.

Se em Espanha o País mais próximo, naquele onde Sócrates até teve intervenção num comício do PSOE, ao lado de Zapatero, a conclusão só pode ser uma: José Sócrates é um político insignificante a nível internacional, não tendo qualquer prestígio internacional.
Percebe-se. Os espanhóis não perceberam o "castelhano" de Sócrates e ficaram sem saber quem estava a falar e o que dizia.

As poucas centenas de milhares de espanhóis que sabem quem é José Sócrates são uma gota no oceâno.

Em França ninguém sabe quem é José Sócrates.

Na Alemanha ninguém sabe quem é José Sócrates.

No Reino Unido muita gente sabe quem é José Sócrates , mas isso deve-se ao caso Freeport, o que não é bom cartão de visita.

Bem ponderados os dados, os portugueses têm um Primeiro Ministro que é um desconhecido na Europa. Não conta para nada.

Só em Portugal José Sócrates tem público.

Logo, José Sócrates é um perigo para Portugal, que necessita de um grande estadista, de um homem de cultura e de política para afirmar Portugal.

Creio que José Sócrates se tornará mais conhecido em Espanha se for constituído arguido em qualquer processo.

Aí sim!

O PS está a destruir Portugal. Os portugueses têm de se erguer contra isto.

O Presidente da República se tivesse sido firme quando era necessário tinha evitado esta miséria, pois a má moeda está no mercado... e o PR sempre a assobiar para o ar!

Um presidente destes não faz falta. Os portugueses não precisam de um monarca na Presidência da República.

É dinheiro gasto inutilmente.

(José Maria Martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Dom Ago 02, 2009 1:15 pm

Olha lá, pá.
O PS está nas lonas. O Sócrates é um cadáver político, além de mentiroso por tendência.
O PS de Sócrates parece um cadastrado perseguido pela PJ.
O Bloco de Esquerda morde-lhe o flanco mais esquerdista. O Manuel Alegre morde-lhe o rabo.
Os maçóns do GOL estão descontenes com tamanho incompetente.
Sócratas é já um grande probema interno para o PS.
Os jogos de interesses económicos do PS já perceberam que com ele não vão lá.
Os Bilderbergs deixaram cair Sócrates.
Esta dos blogues, mais a da Joana Amaral Dias, mais a da Liscont, mais os doentes cegos do Stª Maria, mais os desempregdos todos os dias, os patrões, os professores, mais os processos crime a correr contra Sócrates, tornaram o "inginheireiro" domingueiro um grande problema.
Depois, o facto de Sócrates ser homossexual torna insustentável o apoio da classe média, conservadora, pouco dada aos interesses dos gays e lésbicas.

(Portugal Profundo - Baltazar)


Última edição por Anarca em Qui Set 17, 2009 9:31 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Seg Ago 03, 2009 1:23 pm

Um órgão bizarro

A Entidade Reguladora da Comunicação Social é um órgão bizarro que a maioria dos indígenas deste sítio manhoso, pobre, deprimido, cheio de larápios e cada vez mais mal frequentado desconhece, mas que consome imenso dinheiro de quem paga impostos a um Estado cada vez mais despesista e sem qualquer respeito pelos contribuintes.

De uma vez por outra o órgão bizarro dá sinais de vida. Normalmente pelas piores razões. Desta feita, decidiram dar um ar da sua desgraça e aprovaram uma interessante directiva em vésperas das eleições. As cabecinhas iluminadas do órgão bizarro acham que têm o direito de se imiscuir nos critérios editoriais de jornais, rádios e televisões privadas que não dependem do Estado para nada e que ainda contribuem com muito dinheiro para sustentar as excelências que adoram regular e controlar a Comunicação Social.

A directiva, que obviamente não é vinculativa, mostra até que ponto a liberdade é um conceito vago para os senhores e senhoras deste órgão bizarro. Em primeiro lugar, o órgão bizarro acha que os jornais, rádios e televisões devem censurar as opiniões dos candidatos às Legislativas de 27 de Setembro e às Autárquicas de 11 de Outubro. Isto é, o órgão bizarro acha que os eleitores que compram jornais, ouvem rádios e vêem televisões são uns verdadeiros atrasados mentais, pouco preparados para viver em Democracia e que não conseguem perceber quem é quem no mundo da política. Assim, para evitar influências nefastas, o órgão bizarro sugere que os candidatos sejam varridos da Comunicação Social.

Mas a directiva vai mais longe. As cabecinhas do órgão bizarro acham que todos os candidatos a todas as eleições têm direito a participar em debates, a ser entrevistados e por aí adiante. Em nome de conceitos vagos que não dizem coisa alguma mas que servem para encher a boca a muita gente, o órgão bizarro acha inadmissível e pouco democrático que haja debates exclusivamente entre os líderes dos partidos que efectivamente podem ganhar as eleições.

O órgão acha que pode andar por aí a sugerir a forma como os jornais, rádios e televisões vão organizar a cobertura das eleições. E o órgão acha, obviamente, que os espaços e tempos de antena devem ser cuidadosamente medidos para preservar o tal pluralismo. É evidente que a culpa disto tudo não é do órgão bizarro. A culpa disto tudo é dos partidos políticos que aprovaram na Assembleia da República a criação desta enorme aberração chamada ERC.

(António Ribeiro Ferreira)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Sab Ago 08, 2009 1:17 pm

Oswald Le Winter


Oswald Le Winter é um austríaco, ex-agente da CIA, já viveu em Portugal, onde tem livros publicados, e agora reside na Alemanha.

Está proibido de entrar nos EUA.

É considerado incómodo.

Na edição de Março da revista "Magazine - Grande Informação" dá uma entrevista excelente e bizarra a Pedro Pizarro.

Sobre a II Guerra Mundial e o ataque a Pearl Harbor, que poderia ter sido evitado.

Sobre a Guerra Fria e os filipinos que disfarçou de vietnamitas, obrigando-os a matar pessoas.

Sobre a sua entrada para a CIA e a sua primeira missão na Bolívia.

Sobre Che Guevara e o envolvimento de George Bush pai na morte do ícone comunista.

Sobre o Vietname e o tráfico de droga.

Sobre a Alemanha e os seu contributo para a queda do Governo de Helmut Schmidt.

Sobre Bin Laden e a facilidade de entrar em contacto com o terrorista quando George Bush filho o considera em parte impossível de identificar.


E sobre Portugal...

Sobre o maquinado fim do império africano;

Sobre Frank Carlucci "presidente da República e primeiro-ministro português";

Sobre a ligação de Mário Soares à CIA;

Sobre o caso Camarate e a auspiciosa ascenção de Pinto Balsemão depois da morte de Sá Carneiro;

Sobre a curiosa venda de armas ao Irão, até então proibida, no dia a seguir à sua morte.


E a apoteose...

"Então já percebeu porque tiveram como candidatos a Presidente da República um antigo homem da CIA, Mário Soares, e uma pessoa que conhece bem esses negócios de vendas de armas, Cavaco Silva;

Cavaco Silva era o primeiro-ministro e, segundo sei, foi o último ministro a reunir, precisamente com Sá Carneiro e Amaro da Costa...

PS - Uma entrevista de revelações em 12 páginas absolutamente imperdível.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Seg Ago 10, 2009 5:27 pm

Mentira e verdade

Importa dizer, aqui e agora, sem papas na língua, que Cavaco e Sócrates são sinónimos de verdade e mentira. Respectivamente.

Primeiro foi o lamentável caso do Estatuto dos Açores. As palavras indignadas do Presidente da República não tiveram apenas a ver com aspectos constitucionais e de perda de poderes. Nas duas comunicações que fez ao País e em outras ocasiões, nomeadamente quando o Tribunal Constitucional mandou para o lixo o lamentável diploma, Cavaco Silva deu claramente a entender que no decorrer do processo alguém tinha faltado aos compromissos assumidos, isto é, dito por outras palavras, alguém mentiu ao Chefe de Estado. Agora, com a não-nomeação do neurocirurgião João Lobo Antunes para o Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida, as coisas ficaram mais claras.

Rompendo com uma postura institucional que o impede de revelar em público conversas privadas com o senhor presidente do Conselho, Cavaco Silva, mais uma vez indignado, veio dizer aos portugueses que o afastamento do seu ex--mandatário e conselheiro de Estado por parte do Governo tinha sido um acto hostil e que a Presidência da República estava estupefacta com essa atitude. Mais do que isso, Belém fez saber que, a exemplo do que tinha acontecido com o lamentável Estatuto dos Açores, também neste caso houve compromissos que não foram respeitados pelo Governo. Como não estamos a falar de pessoas vulgares, mas sim do Presidente da República e do senhor presidente do Conselho deste sítio manhoso, pobre, triste, deprimido, cheio de larápios e obviamente cada vez mais mal frequentado, a situação é grave e exige um esclarecimento público urgente.

O gabinete do senhor presidente do Conselho reduz o incidente a uma intriga palaciana para entreter os indígenas em tempo de Verão. Mas evidentemente que esta explicação simplória não colhe pela simples razão de que Cavaco Silva é uma figura que, goste-se ou não tanto do ponto de vista pessoal como político, prima pela correcção, pela honestidade, pela frontalidade e, claro, pela verdade, uma palavra que incomoda muita gente do sítio, entre os quais os apaniguados socialistas do senhor presidente do Conselho. Acontece que nesta história é indiscutível que alguém anda a faltar à verdade. E como os portugueses conhecem bastante bem os personagens desta triste e lamentável novela entre dois titulares de órgãos de soberania, importa dizer, aqui e agora, sem papas na língua, que Cavaco Silva e José Sócrates são, hoje em dia, sinónimos de verdade e mentira. Respectivamente.

(António Ribeiro Ferreira)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qui Ago 13, 2009 1:19 pm

“Portugal está transformado num BPN”

Medina Carreira, antigo ministro das Finanças, afirma que “Portugal está transformado num BPN (Banco Português de Negócios”, criticando a classe política portuguesa e a incapacidade do País para captar investimento estrangeiro.

Entrevistado, quarta-feira à noite, no programa ‘Negócios da Semana’, da SIC Notícias, o antigo responsável pela pasta das Finanças no período entre 1976 e 1978 não escondeu o desencanto perante a classe política portuguesa.

“Sempre que um partido em Portugal tem maioria absoluta, os deputados ficam reduzidos a zero. Se tem maioria relativa, ocorrem estas contendas brutais em que o PSD está metido porque sabem que sem ir para o Governo, não têm lugares para tratar da vida e dos negócios”, argumentou.

É, por isso, sublinhou Medina Carreira, que os políticos lutam para “ver se têm acesso aos lugarzitos que restam, para empregar os primos, os tios, para fazer negócios de auto-estradas e outras coisas do género”. E concluiu: “Portugal hoje é um grande BPN”.

Medina Carreira lamentou também a falta de capacidade para captar o investimento estrangeiro, o que, na sua opinião, deveria constituir uma das prioridades da governação.

Alegando que tem de se apurar se a falta de investimento fica a dever-se aos ordenados, às leis laborais, à burocracia, à forma de funcionar dos tribunais ou à corrupção, o antigo ministro das Finanças defende que o Governo deveria fazer um inquérito para saber o porquê disto acontecer e depois propor medidas.

(Correio da Manhã)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qui Ago 13, 2009 10:31 pm

A Ditadura da Maçonaria

Portugal está nas mãos da mafia maçónica.

A Maçonaria está a estrangular Portugal.

Portugal está num beco sem saída. Vivemos na miséria. Económica, social , política.

Somos os últimos na União Europeia e a mim tão situação causa-me naúseas.

Destesto ser o último e não admito que Portugal, o País que eu amo ,seja a cloaca da Europa.

Hoje em Portugal para se ter um emprego é necessário ser da maçonaria.

A Maçonaria e o seu ritual - ridículo - do avental , de homens com avental a agirem como se vivessemos na idade das trevas, é hoje o maior centro de emprego político que há. De tráfico de influências .

A Maçonaria domina tudo, tudo protege.

Meia dúzia de espertos dominam 10 milhões!!!

Mas a maçonaria é o contrário da espiritualidade. Mesmo a maçonaria que não é ateia , não passa de centro de tráfico de influências.

Os portugueses não podem ser governados por intrujas que usam a maçonaria para traficarem influências, para fazerem negociatas de todo o tipo.

Uma cambada de incompetentes e corruptos.

Hoje os lugares politicos, os lugares de topo da administração pública, das Empresas Públicas, são reservados a maçons.

Uma ditadura.

Mas esta gente, impia, não temente a Deus, não pode triunfar.

Levantemo-nos contra esta vigarice, contra esta gentalha que é sumamente minoritária mas que domina o Pais, que faz todo o tipo de vigarice, que se serve do Estado, suga o Estado.

Denunciemo-los, sem temor!!!

Portugal é um Estado cristão. Vamos caçar essa gente interesseira e que abafa Portugal.

A corrupção, o tráfico de influências, as mafias, estão todas cobertas pelas maçonarias

A porcaria em que vivemos está relacionada com os tráficos de influências, as negociatas, os esquemas, o amiguismo, a vigarice, está relacionada com a maçonaria.

Esta gente tem de ser posta no lugar.

Os portugueses , cristãos, católicos na esmagadra maioria ,não podem ser esmifrados, vigarizados , pelas sociedades secretas.

Imagino juízes - que estão obrigados a julgar com imparcialidade e isenção, vestidos com aventais maçónicos, a fazerem juras de apoio a irmãos - a jurararem defender os irmãos, sabendo que por via disso não podem depois ser isentos e imparciais.

E há vários juízes em Portugal que pertencem à maçonaria.

Não admira que a Justiça Portuguesa seja a mais fraca , a menos eficiente, a que menos respeita os direitos liberdades e garantias.

Vamos denunciar isto, vamos combater isto. Sem medo, porque o Poder reside no Povo.

Portugal só avança se mudarmos a magistratura, até agora servil do Poder Político e económico.

Sei que me vão perseguir, mas quero que eles vão para o Inferno.

Quem não acredita em Deus não me merece consideração.

Hoje é o dinheiro que manda , o esquema, a cunha, a vigarice.


Que me processem , o que não é demais num Estado medieval como é Portugal.

Vamos combater a maçonaria, sem medo, em todos os dominios, em Portugal e no estrangeiro.

E eu estou disposto a tal porque para mim dinheiro não me importa, não me vendo.

Os aventais metem-me asco, nojo , não aceito sociedades secretas em Portugal, num País da Uniao Europeia, num Estado que deve ser moderno, igualitário fraternal.

Não sou fundamentalista, aceito e respeito todas as religiões, mas não quero a maçonaria, porque não passa de um esquema, de uma agência de empregos, de cargos, de tráfico de influências.

Porque hoje deram à maçonaria um fim diferente. Antes, no Século XVIII e XIX a maçonaria era uma coisa diferente. Era a oposição ao "ancient regime", lutava pela liberdade, igualdade, fraternidade.

Hoje a maçonaria não passa de uma seita que domina o Estado, mata a democracia, uma agência de empregos , de tráfico de influências.

Perdeu os valores como parâmetro de actuação.


Contém comigo para essa missão.

Por Portugal e pelos Portugueses.

Contra a mafia .

(José Maria Martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Sex Ago 14, 2009 12:43 pm

O director da Penitenciária, com a ajuda de um megafone, diz aos presos no pátio:

- Atenção!!! Chega de preguiça!!! Chega de bandalheira!!! Quero todos a varrer e a limpar toda esta bagunça!!! Amanhã chega o Primeiro-ministro José Sócrates.

Um dos presos comenta com outro:

- Caramba!!! Custou, mas prenderam o gajo!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Sab Ago 15, 2009 10:12 pm

Taxa de desemprego nos 9,1% é a mais elevada dos últimos 23 anos

Portugal tem mais de meio milhão de desempregados. São 507 mil pessoas que, segundo revelou ontem o Instituto Nacional de Estatística (INE), não têm trabalho, particularmente os jovens. A taxa de desemprego do segundo trimestre de 2009 fixou-se nos 9,1%, sendo preciso recuar até 1986 para encontrar uma percentagem tão elevada no desemprego. E mesmo assim nunca tinha sido ultrapassada a barreira dos 500 mil, o valor mais alto desde há 30 anos.

Com este cenário a pairar sobre os portugueses, as misericórdias não têm tido mãos a medir com os pedidos de ajuda. Ir à cozinha social, atrasar o pagamento da creche ou tentar deixar o idoso junto destas casas de ajuda são situações cada vez mais frequentes.

Comparando com o mesmo trimestre de 2008, são mais 98 mil de-sempregados, o que significa variação homóloga de 23,9%. Olhando para os três primeiros meses de 2009, foram mais 11 900 pessoas a engrossar as fileiras do desemprego.

A juntar às filas de cem metros às portas dos Centros de Emprego que se verificam todas as manhãs nos grandes centros urbanos, são agora as misericórdias que têm dado o apoio necessário a quem não tem como pagar as contas por falta de salário. "Pedem-nos para ficar com os idosos, para não pagar as creches e infantários. Temos também muita gente à procura de comida nas cozinhas sociais", afirmou ao CM Manuel Lemos, presidente da União das Misericórdias, que avança ainda que "quando o desemprego aumenta cresce a procura, isso é fatal".

O responsável recorda que desde o início da crise que as misericórdias têm notado um aumento na procura de ajuda. "É o espelho da crise. E estamos sempre a esticar a nossa ajuda", salienta. "Dá sempre para mais um. Vamos ver até quando", alerta, contudo, Manuel Lemos, que considera que o Governo poderia apoiar mais "quem ajuda os outros".

Os números do desemprego surgem um dia depois de o INE ter revelado uma ligeira retoma, de três décimos, na economia nacional. Nesse momento, José Sócrates tinha referido que se tratava do princípio do fim da crise mas, como refere Manuel Lemos, "o que dá lucro aos bancos não quer dizer que crie emprego".

A taxa de 9,1% ultrapassa as previsões do Governo para o conjunto do ano, de 8,8%, e está acima das próprias estimativas dos analistas. Para a CGTP, 507 700 desempregados é o pior número "desde o 25 de Abril".

(Correio da Manhã)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Dom Ago 16, 2009 8:29 pm

Há, de facto, gente no PSD que está ligada a negócios com gente do PS, e que vive dias amargos com a Manuela Ferreira Leite.
Esses individuos do PSD são os mesmos que foram contactados pelo Ferro Rodrigues, pelo cadáver do Manuel Alegre, pelo monhé do António Costa, pelo homo do Sócrates, para criarem uma pole de protecção , prejudicando as crianças vitimas da Casa Pia e a descoberta da verdade.
São o Prof. Marcelo Rebelo de Sousa,o ex-drogado Dr. Morais Sarmento, o Dias Loureiro, e outros.
Esta gente faz parte do iner circle of the power ligado ao PS e ao CDS mais corrupto.
Isto está a mudar e essa gente não vê com bons olhos a MFL.
O Morais Sarmento mais o grupo do José MIguel Judice têm em atenção as milionárias avenças que conseguem do Estado,nas negociatas dos pareceres jurídios, sem os quais não vivem, porque na litigância processo a processo esses escritórios são uma nódoa.
Precisam do PS e não têm o mínimo pejo em prejudicar a liderança.
Não ouvimos essa gente a denunciar o escândalo que é, e o avilte, o PM de Portugal ser suspeito numa investigação no Reino Unido, por corrupção!
Que nteressa lá o palerma do António Preto!
Este nada manda nem mandará.
Mas Sócrates está a humilhar Portugal sendo candidato a deputado e a PM.
Onde já se viu que um PM suspeito de corrupção num processo no estrangeiro seja de novo candidato a PM?
Só no Chile antes, no Zimbabwe ou na actual Venezuela.

(Portugal Profundo - Ribatejo Alto)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qui Ago 20, 2009 1:27 pm

No seguimento do programa da entrega de Kit's aos toxicodependentes o governo prepara o lançamento de mais kit’s inovadores, direccionados a outro tipo de vícios e comportamentos compulsivos...

Kit Bêbado

(Este kit consta de uma caixa de papelão contendo um copo de vidro, um maço de guardanapos, 2 caixas de Gurosan, 2 caixas de Compensan e 2 caixas de sais de fruta e um garrafão de pinga. Este kit vem em 4 versões, Bêbado Rasca, tinto carrascão ou branco, Bêbado Fingido, ginga e abafado, Bêbado Sujo, bagaço e macieira e versão elite onde o garrafão é substituído por uma garrafa maxi de champanhola e uma de vodca.)

Kit Fumador

(Este kit consta de uma caixa, tipo caixa de sapatos, contendo, um volume de maços de cigarros de marca variada, 2 caixas de fósforos e um isqueiro, traz também um lenço para os escarros matinais.)

Kit Depravado

(Este kit consta de uma caixa de papelão de tamanho médio, contendo 10 revistas pornográficas, uma boneca insuflável, 2 caixas de toalhetes, 50 fichas para o peep-show, uns binóculos para espreitar casais de namorados e um massajador facial para os casos mais complicados.)

Kit Jogador

(Este kit consta de uma caixa de papelão, com dois baralhos de cartas, um par de dados viciados, 20 cheques pré-datados sem cobertura, 10 raspadinhas, 20 boletins de totoloto e euromilhões por preencher, 10 notas de dívida, um contrato promessa de venda da sogra.)

Kit Beato

(Este kit consta de uma caixa de papelão, contendo uma bíblia em papel couché, dois rosários, uma miniatura em escala 1/72 do novo santuário de Fátima, um crucifixo de ponta e mola, duas imagens benzidas pela santa da ladeira do papa Leão III e dois Euros em moedas de um cêntimo para as esmolas.)

Kit Glutão

(Este kit consta de uma caixa de papelão, contendo, duas doses de Rojões à Minhota, duas sopas da Pedra, um ensopado de borrego e quatro pães caseiros, um frango de cabidela e duas doses de Tripas à moda do Porto, mais uma malga de litro de Papas de Serrabulho.)

Kit Malta Fashion

(Este kit consta de uma caixa de papelão, contendo, um cérebro em conserva, 4 jerricans de botox, dezoito revistas de sociedade, bijutaria barata a passar por jóias finas, convites para milhentas festarolas idiotas, roupa de marca fabricada em Shishuan e no Vale do Ave.)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Dom Ago 23, 2009 9:00 pm

Grande vitória do Governo - MAIS 400 DESEMPREGADOS !

Mais 400 desempregados na Ground Force!

José Sócrates passeia agora pelo Portugal , demagogo ao extremo, a dizer que afinal Portugal é um exemplo e um paraíso!

Aqui D´El Rei que a economia portuguesa está a crescer!!!

Mas não é verdade. É um embuste enorme, uma manipulação de números, de dados, qual ilusionista d efeira.

Bom, a Ground Force , uma empresa que trabalha para a TAP tem estado a despedir trabalhadores e agora vão mais 400 trabalhadores para o desemprego!

Por certo Sócrates ou não conhece isto, que todos os portugueses conhecem porque foi noticidao nos telejornais de ontem, em todas as televisões, ou então finge não conhecer; não quer conhecer.!
José Sócrates vive num outro País.
Sócrates não domina a economia, destroçou durante 4 anos Portugal , com políticas económicas e socais erradas.
Sócrates no início do mandato de Primeiro Ministro apostou no cavalo errado. Qual aprendiz de economia apostou em conseguir um défice de 3%, ou menos. Não olhou a meios.
Só que paralisou o Páis, deixou-o sem capacidade de competir com os outros.
A reforma da Admnistração Pública para José Sócrates consistiu em despedir, retirar garantias e direitos, prejudicar os trabalhadores.
José Sócrates ao mesmo tempo que aumentava - de forma até vergonhosa - impostos, não fez investimento público, prejudicou as empresas e sobretudo as PMEs.
O Governo andou a brincar aos computadores - o Magalhães é um embuste e eu digo-o porque conheço-o, já que tive de comprar um para o meu filho , de forma a ele não ficar prejudicado face aos outros alunos do ensino público - e à Quimonda!!!
Enquanto Sócrates paralisou o Pais não investindo o Estado, com a obsessão o défice, a França e a Alemanha tinham um défice superior a 3%, porque entenderam que era necessário estimular a economia com uma política de investimento público.
Portugal nada investiu, secando o Governo a economia, estagnando-a e impedindo o crescimento económico.
Agora, a um mês de eleições Sócrates anda a louvar-se a si próprio pelo investimento público, que é em escolas!!! Uma mera manobra eleitoralista, mais uma vez sem apoio à economia real, à produção para a exportação. Um paliativo para tentar empregar algumas pessoas, umas miseras centenas de trabalhadores, ao longo de vários anos!
Este investimento aparece mais com uma mera manobra demagógica eleitoralista, que o resultado de políticas consistentes de investimento público sustentado, em sectores industriais, na agricultura, nos serviços, no comércio.
O Governo de José Sócrates está gasto, é incompetente, estagnou a Justiça, dominou os bancos através do Processo Operação Furacão, e não conduziu a nenhuma condenação seja no processo Casa Pia, seja nos processos das fraudes bancárias, desde o BPN, ao Portucale, à Operação Furacão, à Cova da Beira, ao Freeport.
Um manto de demagogia, de incompetência, de baixa política cobre Portugal.

Por tudo isto ser inteligente é não votar PS.
Ser inteligente é votar contra o PS de José Sócrates, cheio de ex-comunistas e dominado pelos sociólogos do ISCTE e pelo Lobby Espanhol, que desenvolveu uma política do bota-abaixo da nossa economia, dos nossos valores culturais .
Aliás Sócrates teve a pretensão de ser "moderno" dizendo que não gosta de fado!
Só falta dizer que não gosta de D. Afonso Henriques. Que não gosta de Nuno Álvares Pereira, que não gosta da Marisa, do Benfica, do Sporting, do Porto, que o que gosta é do Real Madrid.
Ventos sopram a favor de Espanha, quando na televisão quando falam em castelhano já nem há tradução para português!

Por isso em 27 de Setembro os portugueses têm uma oportunidade enorme de derrotar este PS Socratino/neo-comunista/maçónico/espanholado/ultradireitista.

Derrotar o PS é renovar Portugal.

(José Maria Martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qua Ago 26, 2009 6:35 pm

Serviços públicos vão ter espiões

Os serviços secretos estão a celebrar protocolos com os organismos públicos com vista à colocação de agentes do Serviço de Informações da República (SIS) e do Serviço de Informações Estratégicas de Defesa (SIED) com identidade codificada em instituições do Estado. A iniciativa está mesmo a ser acompanhada pelo Conselho de Fiscalização do SIRP (CFSIRP), como consta do parecer daquele órgão onde são apresentados os objectivos a que “dará especial atenção” em 2009.

Ontem, fonte conhecedora do processo deixou claro ao CM que 'alguns protocolos [com organismos públicos] já estão feitos, outros estão a avançar devagarinho e outros estão mais difíceis de conseguir', um sinal de que esta iniciativa, apesar de prevista na lei orgânica do SIRP, do SIS e do SIED, está a suscitar resistência entre alguns responsáveis da Administração Pública. Mesmo assim, até ao final deste ano, 'é possível que haja um incremento nesses protocolos', admite a mesma fonte.

Com a concretização destes protocolos, 'os Serviços [SIS e SIED] podem colocar, eventualmente, agentes em ministérios como a Administração Interna, os Negócios Estrangeiros e as Finanças, estratégicos para o combate à criminalidade organizada e crime financeiro', precisa um outro responsável conhecedor do meio. Que remata: 'Faz todo o sentido, isso é feito em todo o sítio, nós não descobrimos a pólvora'.

Para já, o CFSIRP, presidido pelo deputado socialista Marques Júnior, promete prestar 'especial atenção' à celebração destes protocolos, para evitar eventuais abusos.

(Correio da Manhã)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qui Ago 27, 2009 9:15 pm

Relatório do TC arrasa contas dos últimos três governos...

Executivo de José Sócrates baixou despesas de funcionamento dos gabinetes ministeriais, mas aumentou número de admissões.

Uma trapalhada.

A primeira auditoria realizada pelo Tribunal de Contas (TC) aos gabinetes ministeriais e dos primeiros-ministros dos últimos três governos revela falta de transparência nos processos de admissão, total discricionaridade na tabela salarial e mesmo situações ilegais.

Todos diferentes, todos iguais.

Ilegalidades a rodos.

Discricionariedades incontáveis.

Ao que se junta “falta de rigor”, “reduzida fiabilidade” dos dados, etc., etc.

E ninguém escapa: nem Sócrates, nem Santana, nem Durão.

As palavras “corrupção”, “ilegalidades”, “falta de transparência” chegam-nos todos os dias aos ouvidos.

E no entretanto o ditador Salazar é considerado o “maior português de sempre” (seguido de Cunhal, o tal outro que desejava sê-lo).

E parece que há por Lisboa um cartaz a mandar os imigrantes embora (curiosamente um cartaz colocado por um filho de emigrantes e ex-emigrante ele próprio).

Eles (os políticos actuais) admiram-se, e mostram-se chocados.

Mas nem têm razão para isso – é que isto anda tudo ligado, portanto não se percebe o espanto.

(In Público, Secção Nacional)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Sex Ago 28, 2009 12:43 pm

Arribas do Algarve: seis anos de incúria dos Governos

Costa ameaçada

O programa Finisterra foi anunciado com pompa e circunstância, em 2003, tinha um orçamento previsto de 150 milhões de euros e identificou todas as zonas em risco de erosão ao longo da costa portuguesa. Mas não chegou a sair do papel, avança a edição do SOL desta sexta-feira

«Nunca recebemos um cêntimo», explicou ao SOL o antigo coordenador do programa, Carlos Reis, preocupado com a possibilidade de se repetirem acidentes como o que matou cinco pessoas na praia Maria Luísa, em Albufeira, na passada sexta-feira.

Segundo Carlos Reis, o Finisterra – que acabou em 2006 – «não fez mais do que tapar buracos». O investigador assegura que «existem largas dezenas de situações idênticas à da praia Maria Luísa», mas que pouco tem sido feito pelas autoridades para atrasar o processo de erosão da costa. «Há o Plano de Acção para o Litoral 2007/2013, mas não há dinheiro para tudo».

(Sol)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Sex Ago 28, 2009 12:45 pm

Cá para mim o problema maior é que na supervisão regular das zonas costeiras Algarvias segundo as autoridades se fazem;os tipos que estão a ganhar massa para o fazer;não fizeram nem fizeram nada de geito...senão vejamos a quantidade de arribas que se identificaram agora como propenças a caír;e a colocação de fitas porque poderão caír em cima dos veraneantes...isto era o mínimo que se podia fazer anteriormente...só uma cambada de imcompetentes que ocupam lugares que nunca deveriam ocupar a fazer inspeções às prais é que isto poderia acontecer...logo o ministro do ambiente é culpado por esta falta de competência porque não supervisionou os trabalhos nas praias(Inspecções)basta observar as arribas da Nazaré bem resguardadas com fitas de forma a ninguém se colocar nas imediações...aqui também houve mortos...(trancas na porta após casa arrombada)com este exemplo era mais que suficiente as inspeções serem rigorosas e colocarem-se obstáculos para não se estar à mercê do deslisamento de terras e pedras...(somos obrigados a conduzir com cintos de segurança)também o estado deve ser obrigado a colocar cintas nas zonas onde podem desmonorar-se...assim concluo que deve haver negligência em sectores chave nas inspeções que fazem regularmente nessas praias...

(Sol - nelito, em 2009-08-28 10:39:19)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Sab Ago 29, 2009 12:35 pm

José Sócrates em directo...

Numa excelente iniciativa, a SIC Notícias repetiu a entrevista de José Sócrates, transmitida ontem, em directo, na SIC.

O cordeiro
”Eu fiquei tão chocado com os casos das juntas médicas como a opinião pública“

O salazarista
”Estamos a fazer um trabalho sério de consolidação orçamental“

O cómico
”Não quero dar esse sinal de facilidade. Veremos. É cedo para falar nisso. Nunca baixarei os impostos por motivos eleitorais“

O aprendiz
”A despesa de investimento é muito importante para fazer crescer a economia“

O publicitário
”O nosso programa é rigor, crescimento e qualificação“

O habilidoso
”A criação de 150 mil postos de trabalho é uma meta. Não foi uma promessa“

O dinamarquês
”Não queremos um modelo pronto-a-vestir“

O demagogo
”A decisão de construir um novo aeroporto não se faz com leviandade“

O cineasta
”A Saúde é um dos casos exemplares da diferença entre a percepção e a realidade“

O estatístico
”Há mais 100 mil portugueses com médico de família“

O porta-estandarte
”A Governo Regional da Madeira tem de aplicar a lei do aborto“

O educador
”Não é o Governo que faz os exames. Todos os exames têm erros“

O ingénuo
”Fiquei espantado. Não me passava pela cabeça. Não foi o Governo que contratou as crianças para participar na apresentação do Plano Tecnológico“

O sinaleiro
”O estatuto dos jornalistas não é importante só para os jornalistas. Também é para a sociedade“

O clássico
”Há três anos, Manuel Alegra já dizia que havia medo no PS“

O descarado
”Não percebo como jornalistas, que têm uma consciência histórica, dizem que este é o maior ataque à liberdade de imprensa“

O leitor
”O caso do professor Charrua foi daqueles com que convivi com maior dificuldade. Soube pelos Jornais“

O deslize
”Não me sinto insultado por quem me insulta“

O pragmático
”Quem confunde vaias com estados de popularidade comete um erro“

O licenciado
”Foi uma tentativa de me diminuir“

O verdadeiro
”Isto não é para os fracos de espírito. É para quem tem ânimo, vontade e determinação“

(posted by RCP)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   Qui Set 03, 2009 11:34 am

Como diria Gil Vicente: Um Governo de merda ou a merda de um Governo

O PM esteve na inauguraçãodo troço do Metro de Lisboa, entre o Saldanha e a Alameda.

Uma obra que foi concluida com cerca de 3 anos de atraso!

Com milhões de euros a mais, relativamente ao preço designado.

Estas são o tipo de obras do Partido Socialista.

Hoje há comentadores em jornais que lembram que se o Metro de Paris fosse como o de Lisboa levava 600 anos a construir!

Um Partido Socialista e um Governo fora do tempo da União Europeia.

Um Governo de José Sócrates incompetente.

UM PS e um Governo nos braços da maçonaria!! Nojo!

PS: Não tenho medo de nada, nem de ninguém! Capito?

Metam isto nos neurónios , aí no Largo do Rato!

(José Maria Martins)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: SÓCRATES - O INGENHERO   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
SÓCRATES - O INGENHERO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 12Ir à página : Anterior  1, 2, 3, ... 10, 11, 12  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A LIBERDADE É AMORAL :: GRANDES PORTUGUESES-
Ir para: