A LIBERDADE É AMORAL

Local de discussão livre sobre todos os temas sociais.
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Sab Jul 25, 2009 6:39 pm

Em entrevista hoje publicada, Pedro Santana Lopes afirma: «De mim nunca disseram que não era licenciado, ou que fiz quatro cadeiras com o mesmo professor, ou que me licenciei num domingo».

Na conferência de imprensa de apresentação do programa eleitoral do PS, que se seguiu a uma reunião da Comissão Nacional deste partido, Sócrates foi confrontado com esta declaração do seu antecessor no lugar de primeiro-ministro.

«Este não é o momento para responder a insultos», reagiu o secretário-geral.

José Sócrates considerou depois que a afirmação de Pedro Santana Lopes «faz parte da baixa política e da maledicência, em relação às quais o PS sempre respondeu, assim como eu próprio, com a superioridade de quem quer fazer uma campanha dirigindo-se aos portugueses, mobilizando-os para vencer a crise e fazer avançar o país».

(SOL)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Sab Jul 25, 2009 6:46 pm

Citações de Santana Lopes:

«Lisboa não pode prescindir do aeroporto da Portela»
CM 1.Julho.2009

«Não há partido mais amigo dos capitalistas e da alta finança do que o PS»
Sic Notícias 15.Jan.2008

«O actual primeiro-ministro [José Sócrates] é fraco com os fortes e arma-se em forte com os fracos»
Sic Notícias 15.Jan.2008

«Fico contente por ela ter decidido vir comigo [gala do Rock in Rio], apesar de ficar muito nervosa, porque não gosta desta exposição mediática»
(falando sobre a nova namorada, Celia Gomes da Silva)
Lux 19.Nov.2007

«A mim não me interrompem com a chegada de um treinador de futebol. Acho que há regras, a SIC tem regras diferentes das minhas. Tenho que ser respeitado»
(a propósito do que aconteceu na Sic Notícias em que a entrevista a Pedro Santana Lopres foi interrompida por um directo do aeroporto da Portela para ver José Mourinho... chegar a Lisboa. Refira-se que Santana Lopes abandonou os estúdios da SIC a meio da entrevista em protesto contra o facto)
JN, 28.Set.2007

«Dizem que tenho memória de elefante.»
JN, 19.Agosto.2007

«Eu não preciso de quotas... escreva [alertando o jornalista] é com 'q' e 'u'! A maior parte da minha equipa de vereação na câmara eram senhoras»
CORREIO DA MANHÃ online, 8.Abril.2007

«Não tenho casa própria nem carro nem sou um bom partido».
Num almoço de campanha em Famalicão - "Público"

Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Dom Jul 26, 2009 1:05 pm

A voz da razão

Li a entrevista de Santana Lopes ao ‘i’ e diverti-me com o personagem. Só mesmo Santana para lembrar à plebe que ele, pelo menos, não sacou uma licenciatura a um domingo. Compreensivelmente, o eng. Sócrates não gostou da piada.

E tratou logo de acusar Santana de ‘baixa política’. O eng. Sócrates está errado. Duplamente. Primeiro, porque a história da licenciatura e as dezenas de pequenas histórias que polvilham o seu delicioso passado são questões políticas sérias: elas oferecem a medida de um carácter. E, segundo, porque ao recusar tratá-las como questões políticas sérias, Sócrates limitou-se sempre a enxotá-las para debaixo do tapete, na esperança de que elas acabariam por desaparecer. Triste engano. Com legislativas à porta, a piada de Santana é apenas um aperitivo ligeiro para os pratos pesados que estarão para vir.

(João Pereira Coutinho, Colunista)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Dom Jul 26, 2009 10:38 pm

Parece que o Santana pode ser avaliado em três meses de governo.
Mas teve azar,foi avaliado pelas quadrilhas de Sócrates,Louçã e Gerónimo.
Depois o anão político Sampaio apenas fez o que a sua falta de princípios mandava.

Mais tarde,com três anos de mentiras e da demolição sistemática da economia,todos os vassalos da podridão afirmavam à boca cheia que ainda era cedo para se avaliar a acção do governo.

Santana não tem Freeportes,Covas da Beira,mais de trinta milhões de contos num offshore,diplomas falsos,projectos alheios assinados para ludibriar a lei,não perseguiu jornalistas,não vigarizou o Fisco comprando casas em nome da mãe,abaixo do valor real,não dorme com o Diogo (foi criticado por gostar de mulheres,defeito de que padeço também,felizmente!),não tem uma famiglia a negociar terrenos do Estado,roubando os contribuintes,não apresentou falsos relatórios da OCDE,não mentiu todos os dias,não subiu os impostos depois de afirmar o contrário,etc.
Vai-te entretendo com estas miudezas,verdadeiro anormal.
Deves estar a receber dinheiro dos contribuintes pago pelos mafiosos do PS para vires conspurcar com o teu vómito o espaço de comentários.

(Portugal Profundo - Anonymous)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Dom Jul 26, 2009 10:40 pm

O verdadeiro problema que detecto, enquanto professora, é que cada vez se nota mais claramente a estupidificação tentada e frequentemente conseguida de sucessivas gerações de portugueses.A lavagem ao cérebro tem sido tenebrosa através do eduquês e do politicamente correcto.A propaganda marxista é descarada nos textos escolhidos para leitura obrigatória (veja, quem quiser verificar estes aspectos, a regularidade com que surge nos exames nacionais de 12ªano a obra "Felizmente Há Luar", considerada menor pelo próprio autor, mas autêntico compêndio de luta de classes).Também não esqueço os tempos do Prec, nos quais me vi forçada a utilizar um manual escolar de Português do qual constavam unicamente textos de autores assumidamente marxistas, com realce para os neo-realistas. Mandei então fotocopiar textos do proscrito Júlio Dinis, bem como o "Suave Milagre" do Eça. Os alunos saudaram a mudança, mas eu vi-me em sarilhos pelo atrevimento. Nem quero pensar no que teria acontecido se a ousadia fosse de agora!
Do atrás referido se depreende que não é por acaso que temos uma opinião pública pouco esclarecida que confunde um senhor como Pedro Santana Lopes com qualquer pessoa dotada de uma retórica de feira, só faltando os cobertores e o " leve dois pelo preço de um".

(Portugal Profundo - Isabel de Deus)


Última edição por Anarca em Sex Jul 16, 2010 12:23 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anónimo,
Convidado



MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Seg Set 14, 2009 6:38 pm

Isto fede a fascistas...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Seg Set 14, 2009 7:26 pm

Anónimo, escreveu:
Isto fede a fascistas...


Meu caro amigo,

Confesso que fico intrigado com a sua conclusão...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Sex Jul 09, 2010 4:52 pm

PT: Santana Lopes vetaria mesmo com oferta 10 vezes maior

6.7.2010

Social-democrata aplaude decisão de José Sócrates de accionar a «golden-share», admitindo que faria o mesmo «nem que a Telefónica oferecesse dez vezes mais»

O ex-primeiro-ministro Pedro Santana Lopes disse esta terça-feira à Lusa que se estivesse no Governo accionaria a «golden-share» do Estado na Portugal Telecom (PT) para impedir a venda da Vivo «nem que a Telefónica oferecesse dez vezes mais».

O ex-presidente do PSD disse ser «absolutamente favorável à decisão do Governo» e acrescentou que ficou «muito satisfeito de ver a convergência institucional entre Governo e Presidente da República nesta matéria».

Pelo contrário, na semana passada, o presidente do PSD, Pedro Passos Coelho, manifestou-se contra a utilização da «golden-share», por entender que o Estado não deveria dispor destes poderes especiais em nenhuma empresa.

Já para Pedro Santana Lopes, «aqueles que defendem que o Estado não deve ter interesses estratégicos, então que defendam o fim do Estado».

«Se não é na área das telecomunicações e na energia que o Estado tem interesses estratégicos, em que área é?», questionou.

Referindo que «algumas pessoas têm tanta dificuldade em perceber o interesse estratégico da PT na Vivo», Santana Lopes apontou: «Espanha sabe muito bem o interesse estratégico da Vivo».

«Pelas funções que eu, como outros, já desempenhei, talvez tivesse mais condições para avaliar o quão importante é exercer aqueles direitos», considerou, em seguida.

Pedro Santana Lopes concluiu que se estivesse no lugar de José Sócrates, «nem hesitaria» em accionar a «golden-share» do Estado na PT: «Nem que a Telefónica oferecesse dez vezes mais. É uma questão de interesse vital do Estado».

(Agência Financeira)

Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Sex Jul 16, 2010 12:23 pm

Santana Lopes defende segunda candidatura à direita

O ex-primeiro ministro social democrata Pedro Santana Lopes defendeu quinta-feira uma segunda candidatura na direita central (PSD), sublinhando que isso até poderia beneficiar Cavaco Silva

«Acho que era útil haver uma candidatura no espaço liberal, mais conservador, social democrata, que tivesse outra maneira de ver o sistema de Governo, o sistema político», afirmou Santana Lopes à agência Lusa à margem de uma tertúlia realizada na noite de quinta feira subordinada ao tema «O papel do Presidente da República no sistema político português».

O ex-governante sublinhou que uma segunda candidatura social democrata «não prejudicava em nada o professor Cavaco Silva, até pelo contrário».

Santana Lopes considerou ainda que na primeira volta das eleições presidenciais deve candidatar-se quem entender, defendendo que «não deve haver condicionamentos na democracia para a liberdade de candidatura».

Contudo, durante a tertúlia, Santana Lopes afirmou convictamente que «ainda que haja um segundo candidato à direita, Cavaco Silva ganhará, e na primeira volta».

Sobre as candidaturas de Fernando Nobre e Manuel Alegre, Pedro Santana Lopes disse que o primeiro candidato «ainda não chegou a ser forte».

Quanto a Manuel Alegre considerou que «há cinco anos tinha, sim, uma candidatura forte, mas que agora está enfraquecida».

«Penso que desta vez, na minha apreciação, é que está com menos força política. Pode ser que ainda mude, mas não acho provável. Acho que aquela hesitação toda na relação com o Partido Socialista lhe fez perder força de afirmação», sustentou.

Lusa / SOL
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Dom Out 10, 2010 7:45 pm

CONVERGÊNCIA EM OVNI

10.10.2010

Santana, o grande cristo dos governos, célebre bode expiatório de tudo, refugia-se agora no Presidente da República, Cavaco Silva. Cavaco crismou-o de 'má moeda'. Cavaco co-tramou-o, mas passado é passado. Para PSL, agora é «um referencial de segurança política» o que o leva a recusar falar em candidaturas presidenciais alternativas à direita porque a situação do país «exige convergência e não divergência». Mas que convergência será essa que por estes dias não permite passe uma pevide pelo ânus a comentadores, apoiadores?! Há um OVNI-Orçamento e um Presidente-OVNI, decorativo, refém, calado.

Publicada por joshua
Voltar ao Topo Ir em baixo
Anarca

avatar

Mensagens : 13405
Data de inscrição : 02/06/2009

MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   Qua Nov 03, 2010 10:40 pm

Jantar da Anacom foi promovido por "girl" nomeada por Santana Lopes

02.11.2010

Teixeira dos Santos afirmou hoje que um jantar de 150 mil euros realizado pela Anacom foi promovido por uma "girl" nomeada por Santana Lopes.

O ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, afirmou hoje, em resposta ao PSD, que um jantar de 150 mil euros realizado pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) foi promovido por uma "girl" nomeada por Santana Lopes.

Durante o debate na generalidade do Orçamento do Estado para 2011, no Parlamento, o deputado do PSD Luís Menezes criticou gastos da Anacom, da empresa Estradas de Portugal (EP), da Administração da Região Hidrográfica do Norte (ARHNorte) e da Associação de Turismo dos Açores com jantares, festas e serviços de consultadoria.

"Estas instituições, muitas delas desconhecidas dos portugueses, e a maioria inúteis, estão enxameadas de 'boys socialistas', que as têm usado como um verdadeiro 'bar aberto' de despesas supérfluas e desnecessárias", alegou o social-democrata.

Na resposta, o ministro das Finanças começou por afirmar que partilha essas preocupações e que não aplaude muitas vezes as decisões dos responsáveis por essas empresas.

"Falando em 'boys', o jantar da Anacom foi, de facto, promovido por uma 'girl' nomeada pelo [antigo] primeiro-ministro Santana Lopes", acrescentou Teixeira dos Santos.

Luís Menezes tinha referido que a Anacom gastou 150 mil euros num jantar comemorativo, 100 mil euros em "rebranding" e 20 mil em cadernos da marca Moleskine e que a ARHNorte gastou mais de um milhão de euros com "um único escritório de advogados".

O deputado e vice-presidente do grupo parlamentar do PSD apontou ainda uma verba de 196 mil euros gasta pela Associação de Turismo dos Açores na "organização de uma festa" com "disco party, welcome drink, cocktail dinatoire" e bar aberto e contestou os gastos da EP com consultadoria na área da comunicação e com a divulgação de obras de arte.

"Só estes quatro exemplos totalizam cerca de 2 milhões de euros", disse, perguntando "que tipo de medidas pretende o Governo tomar para acabar com o exagero despesista que ocorreu e continua a ocorrer durante o seu turno".

(Jornal de Negócios)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
PEDRO SANTANA LOPES - O TRAPALHÃO
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» ESTAÇÃO PEDRO NOLASCO
» Pedro = "pedrisco, fragmento de pedra, pedrinha". - Jesus Cristo: "Pedra" = "Rochedo, Rocha"
» Reunião no Brás na ultima segunda feira dia 18 de Julho de 2011.
» CASAMENTO POR CONFIRMAÇÃO
» Será que a Congregação Cristã no Brasil vai, mesmo, mudar de nome?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
A LIBERDADE É AMORAL :: GRANDES PORTUGUESES-
Ir para: